Novidades 2009 em 2008 parte 2: Renault

Fotos: Renault/Divulgação

A Renault está matando o Clio aos poucos. As versões 1.0 8V e 1.0 16V Authentique do Clio hatch se foram, assim como o Clio com motor 1.6 16V Hi-Flex. Se você gosta do compacto hatch, ele será vendido apenas na versão Campus, pelo preço sugerido de R$ 25.910 (2 portas) e R$ 27.310 (4 portas), com motor 1.0 16V Hi-Flex (76/77 cv de potência). A intenção da montadora francesa é para brigar com os modelos de entrada das outras marcas, como Chevrolet Celta, Volkswagen Gol, Ford Ka e os Fiat Uno (Mille) e Palio.

O Clio Campus vem equipado de série com ar quente, alarme sonoro de luzes acesas, banco traseiro rebatível, barras de proteção lateral nas portas, console central com cinzeiro e acendedor de cigarros, fechadura inviolável e com giro falso, pára-choques dianteiro e traseiro pintados na mesma cor da carroceria, retrovisores com regulagem interna, vidros verdes e volante com novo desenho. Entre os opcionais, destaque para apoios de cabeça traseiros reguláveis em altura, brake light, desembaçador do vidro traseiro, limpador do vidro traseiro, pré-disposição para rádio, ar-condicionado, direção hidráulica, travas elétricas nas portas e no porta-malas com comando por radiofreqüência instalado na chave, alarme perimétrico, vidros elétricos dianteiros e conta giros.

O motivo da mudança foi a chegada do Sandero, que está disponível em seis versões de acabamento e três opções de motor (1.0 16V, 1.6 8V e 1.6 16V). A tendência é que o modelo aumente suas vendas cada vez mais; ao contrário do Clio, que caminha para sua extinção completa no Brasil.

Arte de Paulinho Miranda/EM sobre foto Renault/Divulgação

Ainda sobre o Sandero, de acordo com o caça segredos Marlos Ney Vidal, talvez ele ganhe um irmão que pode ser uma picape ou um utilitário esportivo com ares de EcoSport num futuro não muito distante. Além disso, o Sandero Cross deve dar as caras no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro. A Renault prepara ainda mais um sedã, que ficaria situado no mercado entre o Logan e o Mégane. Seria o golpe de misericórdia no Clio Sedan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *