Novidades 2009 em 2008 parte 3: Chevrolet

A Chevrolet também está apresentando algumas novidades para dois veteranos e best-sellers de suas categorias: Astra e S10, além da Blazer. Vamos começar pelo hatch. O líder do segmento está com a vida cada vez mais difícil. No ano passado, o Golf foi resstilizado e o Nissan Tiida chegou ao mercado. Neste ano, o Stilo ganhou retoques no visual e câmbio manual automatizado Dualogic. No segundo semestre chegam o novo Ford Focus e o Citroën C4 hatch 4 portas. Ainda existe a possibilidade da estréia do Mégane hatch.

Versão Advantage Plus, principal novidade da linha Astra 2009

Por causa dos concorrentes, a Chevrolet pretendia lançar o Vectra GT como substituto do Astra, e, obviamente, o novo carro ganharia até o nome Astra. O “problema” foi que o hatch médio vendia demais, especialmente depois do lançamento da versão Advantage. A solução então foi manter a dupla Astra e Vectra GT no mesmo segmento, mas para públicos diferentes. O Astra é mais básico e o Vectra GT mais equipado. De acordo com a GM do Brasil, no primeiro trimestre de 2008 foram emplacadas 5.845 unidades do Astra (e 3.028 do GT). No ano passado, a linha acumulou 25.047 veículos vendidos nas versões hatch e sedã.

Para não perder o posto de mais vendido, a Chevrolet preparou algumas (poucas) atrações para a linha 2009 do Astra. Logo de cara, a versão Super Sport (SS) não vai ser mais comercializadas. O preço era alto demais e a procura muito baixa. Em compensação, a versão Advantage Plus, que era uma série limitada, virou versão oficial. Ela se diferencia da Advantage pelas rodas de liga leve aro 16”, iguais às da SS, além de aerofólio, (discretas) saias laterais e faróis de neblina (e um adesivo na porta). Junto com as duas novas cores, bege Artio e cinza Taranis, a GM também passa a oferecer para o Astra Sedan Elegance rodas com aro de 15”.

O motor não muda: é o mesmo 2.0 Flexpower, que desenvolve 121 cv de potência com gasolina e 128 cv com álcool. O torque é de 18,3 mkgf com o combustível fóssil e 19,6 kgfm com o derivado da cana-de-açúcar. Segundo a Chevrolet, o Astra precisa de 9,1 para ser acelerado de 0 a 100 km/h e chega a 201 km/h de velocidade máxima quando abastecido com álcool. Com gasolina, os números são de 9,8 s de 0 a 100 km/h e 198 km/h de velocidade máxima. Ainda de acordo com a Chevrolet, com câmbio manual, o consumo do Astra com gasolina é de 10 km/l na cidade e 15,7 km/l na estrada. Com álcool, o valor cai para 7,2 km/l no perímetro urbano e 10,8 km/l nas estradas. Pena que seja praticamente impossível conseguir bons números como estes.

Confira abaixo como ficam as versões 2009 do Astra, sempre com motor 2.0 Flexpower e carroceria quatro portas:

– Astra Hatch Advantage
– Astra Hatch Advantage Plus
– Astra Hatch Elegance
– Astra Sedã Advantage
– Astra Sedã Elegance

Que o Astra tem umas das melhores relações custo/benefício do mercado, isso é inegável. Mas confesso que fiquei bastante decepcionado com a linha 2009 do modelo. A idéia de tornar permanente a versão Advantage Plus é muito boa, já que, além dos equipamentos, ele tem um bom apelo visual. Mesmo assim, estou temendo pelo futuro da Astra no Brasil. Como eu disse acima, na Europa o nosso Astra é o Vectra GT (só que lá ele é bem mais moderno). Fiquei na expectativa da GM acrescentar alguns itens interessantes no pacote do modelo, tanto na versão Advantage, quando na Elegance, ou de fazer uma ligeira e discreta alteração estética. Vale citar como exemplo para os equipamentos CD Player com MP3 para as duas versões e banco traseiro bi-partido para a Advantage. Não é muita coisa, mas tornaria a oferta e praticidade do carro ainda melhores. Mas quem sabe a GM não mantêm os mesmos preços ou (sonhando um pouco) reduz os valores da linha Astra para 2009. Pegaria todos os concorrentes de surpresa. Na semana que vem saberemos os preços. Só lembrando que o Astra ainda é o mais vendido do segmento. Porém, em março, ele (1.851 unidades) foi seguido de perto pelo Stilo (1.658), que ganhou uma plástica e novo câmbio, e pelo Golf (1.526), que ainda não contava com as novidades da linha 2009 do post abaixo.

Outro aspecto que vital para o Astra, e também para a Zafira, Vectra GT e Vectra, seria a atualização do motor 2.0 Flexpower. Boatos diziam que ele poderia ser modernizado e ganharia o sobrenome Econo.Flex, assim como o propulsor 1.4. De acordo com uma fonte, sua potência ficaria entre 130 cv e 140 cv, mantendo o torque na casa de 20 kgfm. A marca também melhoaria o consumo e o nível de emissão de poluentes.

S10 2009: visual “renovado” e versão Executive 2.4 Flexpower

S10
O Astra praticamente não mudou. A S10 poderia ter seguido o mesmo caminho, pelo menos no quesito visual. A picape ganhou um banho de loja, mas não esconde o peso da idade. Realmente não gostei do “aplique de botox” do visual da picape. Mas, assim como a versão Advantage Plus do Astra, a Chevrolet teve uma boa idéia ao lançar a S10 Executive Cabine Dupla (topo de linha) com motor 2.4 Flexpower por R$ 70.990. Ela tem tração 4×2 e vem equipada de série com ABS, airbag duplo, ar-condicionado, direção hidráulica, alarme, bancos revestidos em couro, trio elétrico, roda de liga leve de 16”, banco dianteiro com ajuste elétrico, entre outros equipamentos. Além disso, o tanque de combustível aumentou de 67 litros para 80 l.

A Executive é a segunda versão da carroceria com cabine dupla a ser equipada com motor flex. A primeira foi a Advantage. Ainda na linha 2009, outro ponto que vale ser destacado é a nova versão cabine simples com motor 2.4 flex, que chega para brigar, principalmente, com a Ranger Sport, da Ford. O preço final ainda não foi definido mas, de acordo com a revista Carro, ele deve ficar entre R$ 47.000 e R$ 48.000 – muito competitivo. Já a Blazer continua com a motorização bicombustível disponível apenas para a versão Advantage.

(Fotos: Chevrolet/Divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *