Novo Volkswagen Gol vai aparecendo aos poucos

A Volkswagen começa a dar sinais de que “agora vai” com o novo Gol. Depois de vários atrasos e adiamentos, o novo modelo, lançamento mais importante dos últimos tempos da Volks no Brasil, deve ser apresentado à imprensa especializada no final de junho, com as vendas marcadas para julho. O atual Gol G4 vai continuar mercado, como a opção de entrada da família, especialmente para brigar com Uno e Celta.

O novo Gol deve chegar ao mercado com duas opções de motor: 1.0 VHT, que desenvolve 72 cv (g) e 76 cv (a) de potência a 5.250 rpm, e 9,7 mkgf (g) e 10,6 mkgf (a) a 3.850 rpm; e o 1.6 VHT, que tem 101(g) e 104 cv (a) a 5.250 rpm e 15,4 mkgf (g) e 15,6 mkgf (a) a 2.500 rpm. Já o inédito 1.4 Total Flex deve ficar para depois, provavelmente ainda em 2008. Para o Salão do Automóvel, em outubro, a Volkswagen deve (re)apresentar o Voyage, sedã derivado do novo Gol.

Quando digo que é o lançamento mais importante dos últimos anos, não estou brincando. Fica a impressão de que a Volkswagen sofreu com a “síndrome do primeiro lugar”. A montadora foi líder do mercado brasileiro durante muitos anos e, como muitas vezes acontece, se acomodou. Então veio aFiat e assumiu a ponta. Quando a Volks acordou, ela estava em terceiro, lutando com a Chevrolet para ficar em segundo. Parte dessa acomudação é visível pelos “erros estratégico de novidades” da marca, ou seja, falta de lançamentos para segmentos específicos. Veja um exemplo: desde a aposentadoria do Voyage, a VW não teve mais um sedã compacto no mercado. Os alemães preferiram apostar nos hatches Gol, Fox, Polo e Golf. Mas você pode perguntar: “e o Polo Sedan?”.

Pois é, ele é um sedã, mas tem preço inicial na casa de R$ 40.000. A Chevrolet, por exemplo, tem o Classic, Prisma e Corsa Sedan disputando praticamente o mesmo comprador com Logan, Clio Sedan, ambos da Renault, Ford Fiesta Sedan e Fiat Siena. Por menos de R$ 30.000, você já leva um sedã compacto para a suagaragem.

Mas veja que interessante. A Volkswagen terá cinco hatches no mercado nacional: Gol G4, novo Gol, Fox, Polo e Golf. A tendência é que o Gol G4 vá perdendo terreno e saia de linha, quando uma versão mais despojada do novo Gol for lançada.

Imagem
As fotos do post foram divulgadas hoje pela Volkswagen. Com os dizeres “Ele está chegando”, a motadora prepara a chegada da novidade. Analisando a imagem, podemos ver que a Quatro Rodas estava correta com a projeção da dianteira do Gol NF.

A imagem está exposta no monstruoso painel que fica em frente a fábrica de São Bernardo do Campo (SP). O outdoor, que tem “apenas” 165 m de largura e 20 m de altura, mostra os principais produtos da linha atual da marca. No último espaço, a um lugar reservado para para o Voyage.

Fotos: Volkswagen/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *