Voyage e Polo GT: Volkswagen com novidades

Reprodução da internet/revistaautoesporte.globo.com – 24/9/08

A Volkswagen está com uma grande novidade novidade e com outro lançamento interessante para o mercado brasileiro. A principal atração, como não poderia ser diferente, é o Voyage, que do antigo carro só tem o nome, já que o carro é a versão sedã do novo Gol. Ele chega ao mercado em outubro com os mesmos motores do hatch: 1.0 8V VHT, que desenvolve 72 cv de potência com gasolina e 76 cv com álcool; e 1.6 8V VHT, que consegue gerar 101 cv com o combustível fóssil e 104 cv com o derivado da cana-de-açúcar.

O Voyage mede 4,23 m de comprimento – 33 cm a mais que o novo Gol. Além de mais longo, o sedã é 36 kg mais pesado. Por causa disso, ele recebeu um reforço no eixo traseiro. Já a distância entreeixos de 2,46 m é igual à do Gol, assim como o espaço interno, que é o mesmo do hatch. Mas, por se tratar de um sedã, o grande diferencial é o porta-malas, com capacidade para 480 litros. Para efeito de comparação, o Chevrolet Corsa Sedan leva 432 l; Prisma tem capacidade para 439 l; Classic leva 390 l; Fiat Siena tem espaço para 500 litros; a dupla da Renault, Logan e o finado Clio Sedan, levam 510 l cada; e o Ford Fiesta Sedan tem capacidade para 491 litros – todos os números são dados dos fabricantes.

Volkswagen/Divulgação

O Voyage poderá ser encontrado nas versões 1.0 e 1.6, Trend e Comfortline. Em todas elas, ele já tem como equipamentos de série abertura elétrica do porta-malas, rodas de aro 14″ e banco do motorista com regulagem de altura. Entre os opcionais, destaque para os freios com sistema anti-travamento (ABS), airbag duplo, rádio/CD player com Bluetooth e entrada USB, sistema I-System e banco traseiro rebatível, que podem ser adquiridos desde a versão básica.

Chevrolet/Divulgação

Em relação ao visual, a dianteira é a mesma do Gol. Já a traseira, como discutido no post do dia 4, ficou mais conservadora, demonstrando um pouco de modernidade, mas sem arrancar “suspiros” pela beleza. Mostrei as imagens do Voyage para algumas pessoas (diferentes das do post anterior) e elas também fizeram o mesmo comentário: “parece o Corsa Sedan”. Realmente lembra o Chevrolet, mas com as lanternas diferentes. Mas acho que a Volkswagen perdeu uma grande oportunidade de dar um visual realmente moderno e muito bonito para o carro.

Em relação aos preços, o Voyage 1.0 custa R$ 30.990; o 1.6 tem valor sugerido de R$ 35.180; o 1.6 Trend vale R$ 37.600 e a versão mais requintada, a 1.6 Comfortline, poderá ser encontrada a partir de R$ 39.430.

Volkswagen/Divulgação

Polo GT
Outra novidade interssante da Volkswagen é o Polo GT, nova versão situada entre a Sportline e a GTI, que tem como grande diferencial o motor 2.0 flex, que também equipa do Golf GT e desenvolve 116 cv de potência com gasolina e 120 cv com álcool. O visual teve como inspiração a versão GTI, com grade do tipo colméia (com seção central preta em V e filete vermelho em volta) com a sigla GT, rodas de aro 15″ (semelhantes às do Fox Extreme), faróis com máscara negra, saída dupla e cromada do escapamento, volante com revestimento em couro, pomo da alavanca do câmbio e do freio de mão, pedaleiras e puxadores das portas em alumínio. Além disso, o carro vem equipado de série com ar-condicionado digital, sensor de estacionamento traseiro e o computador de bordo I-System. Preço: R$ 55.400.

A intenção da Volkswagen é competir diretamente com o Punto Sporting, que custa R$ 55.620 e também tem visual mais esportivo. Vamos ver como vai ser essa briga, já que o Punto dá um banho no Polo hatch em vendas no Brasil (29.876 unidades, contra 14.022, de janeiro a agosto de 2008).

O Polo Sedan, que também vende mais que o hatch (18.534 no mesmo período acima) também passa a ser equipado com o motor 2.0 flex no acabamento Comfortline. Mas a versão GT não será oferecida. O preço ficou um pouco mais em conta: o 2.0 caiu de R$ 59 570 para R$ 56 490, e o 1.6 de R$ 54 170 para R$ 52 690.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *