Aditivando o combustível

Credito: Renato Parizzi

Quando você vai abastecer o seu carro no posto, o frentista, sempre prestativo, além de colocar gasolina e/ou álcool, oferece alguns “serviços” (olhar o nível do óleo, da água e calibrar os pneus) e produtos extras. O que mais me chama a atenção é o aditivo para combustível: “é para limpar os bicos ‘doutor'”. Mas ele não sabe se os aditivos oferecidos são adequados ou não para o carro que está sendo abastecido. O importante mesmo é vender. Vale lembrar que toda gasolina vendida no Brasil é aditivada, até mesmo a comum.

Mas será que usar um aditivo extra ou abastecer com combustível aditivado vendido nos postos vale mesmo a pena para o funcionamento do motor do seu carro? A explicação no frasco da maioria dos aditivos diz que ele “dissolve e limpa a sujeira nos bicos injetores, carburadores e hastes de válvulas”. O recomendado é adicionar “um frasco a cada 4 abastecimentos.”

O interessante é que muitas pessoas não usam gasolina aditivada de jeito nenhum! Algumas se recusam por um motivo muito pertinente: elas, simplesmente, não sabem qual é o aditivo usado pelo fornecedor do combustível. Neste caso, comprar o aditivo recomendado pelo fabricante seria mais adequado.

Perguntei a dois motoristas que não gostam de gasolina aditivada se eles abasteceriam com gasolina Podium, da Petrobras, ou V-Power, da Shell, consideradas (nem sei por quem) as melhores gasolinas do país. Um deles disse que não, que prefere usar só a comum. O outro disse que as vezes coloca a Podium, mas que não confia na V-Power. Pelo menos os dois têm uma atitude correta: colocar gasolina Podium no tanquinho de partida a frio do motor, já que ela tem validade maior – cerca de um ano, contra três meses da gasolina comum.

Algumas marcas, como a Honda, não recomendam o uso de aditivos para combustíveis em seus carros. É o caso do Fit a gasolina (nunca vi o flex), por exemplo, que tem um adesivo na tampa do tanque com a frase “utilizar apenas gasolina comum”. Já a Chevrolet recomenda o uso do aditivo, mas um especifico, chamado de ACDelco Flexpower (foto do post).

Pretendo comprar três garrafinhas de aditivo para colocar no meu carro. Depois de 12 abastecimentos, espero postar o resultado aqui, comentando mais da média de consumo e do funcionamento do carro de maneira geral. Pretendo usar sempre gasolina comum, abastecido no mesmo posto e na mesma bomba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *