Chevrolet Vectra GT com novo visual

Nós já discutimos, duas vezes (aqui e aqui), no De 0 a 100, as alterações que o Vectra vai sofrer em 2009. Depois de falar do sedã, agora é a vez do Vectra GT ser o tema da discussão. O site Carsale publicou as fotos de um flagrante feito por um internauta em Santo André, no estado de São Paulo. Pelas imagens podemos ver o que vai mudar. A traseira quase não será alterada, mudando apenas a gravata da Chevrolet, sem o aro em volta. Na lateral, destaque para as luzes das setas incorporadas nos retrovisores.

A principal mudança fica mesmo na frente. A grade será nova, com filetes horizontais e também com a gravata da Chevrolet sem o aro em volta. Fica a impressão de que o pára-choque teve uma mudança, mas a capa impede a visualização do conjunto. Segundo o Carsale, “o desenho da grade frontal foi herdado do Astra europeu e exibe laterais sem molduras e em contato com os faróis, além de uma barra horizontal entre filetes com detalhes cromados”.

Fotos: Maicon Lopes/Reprodução da internet/carsale.com.br – 18/12/08
Pelo visto estas devem ser praticamente as mesmas alterações do Vectra sedã. Ficam agora duas expectativas. A primeira está no interior. Seria interessante para a Chevrolet equipar a família Vectra com novos equipamentos, especialmente para brigar com os novos Linea e Focus Sedan, que têm dispositivos e sistemas mais modernos. Agora, a mudança que eu realmente espero é a do motor 2.0 Flexpower. Ele sofreria alterações para ficar mais potente e econômico, recebendo o sobrenome de Econo.Flex. A potência seria de aproximadamente 150 cv com álcool. Um outra opção, que é a mais provável, é uma alteração mais simples no motor, balanceando o ganho de potência com a melhora do consumo. Toda linha Vectra 2.0 continuaria a ser chamada de Flexpower e teria 133 cv de potência com gasolina e 140 cv com álcool.

Outros Chevrolet
Segundo a matéria caderno de veículos do jornal Estado de Minas, o motor VHC do Celta e do Classic vai mudar, ficando mais potente (77 cv e 9,5 mkgf de torque com gasolina e 78 cv e 9,7 mkgf de torque com álcool), econômico e ecológico. Por causa disso, ele vai passar a se chamar VHCE. De acordo com o Interpress Motor, o brake light passará a ser de série nos dois veículos. Além disso, o Celta Spirit 4p terá alguns equipamentos de série novos, como sistema central de travas elétricas das portas com acionamento pela porta do motorista ou pelo Keyless Entry System, vidros elétricos dianteiros com sistema “um toque” (subida e descida automáticas) e com dispositivo antiesmagamento e fechamento automático acionado pelo Keyless Entry System; além de preparação para sistema de som, que inclui fiação elétrica dianteira para alto-falantes.

Fica clara a resposta da Chevrolet ao novo Ka, que veio com estes itens (ou com a maioria deles) de série. Ainda segundo o site, a GM vai tirar de linha a versão Super 1.0. Assim a Spirit (tanto de duas quanto de quatro portas) receberá uma nova configuração, com ar-condicionado e direção hidráulica, antes oferecido somente na versão Super, como opcionais. O site da Chevrolet inclusive já tem os dados do motor 1.0 VHCE. Veja o link do Classic.

Voltando à matéria do Estado de Minas, o motor 1.4 Econo.Flex do Prisma vai ser retrabalhado, ficando mais potente com gasolina, 95 cv (contra 89 cv do atual), mantendo os mesmos 97 cv com álcool. Já o tanque do Celta e do Prisma terá a capacidade ampliada de 47,8 litros para 54 l, além do acelerador passar a ser eletrônico. O Interpress Motor diz que o tanque do Classic também vai aumentar para 54 l. Outra novidade da GM é o sistema de freios ABS de série para a picape S10.

Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *