De 0 a 10 dias com o Toyota Yaris – 2º dia

ESTRADA X CIDADE

Logo que peguei o Yaris Sedan, fui direto para a estrada ver como seria o seu comportamento. Dirigir por aproximadamente 130 km seguidos, com limites de velocidade variados. Com o Cruise Control ligado, programado para 100 km/h, guiar o modelo foi fácil. Seu comportamento não fugiu do normal, transmitindo segurança ao motorista.

Porem, quando o limite subiu para 120 km/h, notei que o Yaris ficou um pouco mais “arisco”, talvez pelo fato da direção (elétrica) ter ficado muito leve. Eu esperava que a direção fosse ficando cada vez mais pesada na medida em que a velocidade aumentasse. Talvez esse Yaris Sedan que está comigo, exatamente ele, esteja com uma pequena desregulagem na direção.

Com 4,30 m de comprimento e 1,69 m de largura, o modelo mostrou-se mais como um carro urbado. Ele é fácil de guiar na cidade, alem de caber na maioria das vagas e de ser fácil de manobrar. Seus espelhos retrovisores têm bom tamanho e visibilidade, o que ajuda nas manobras.

Mesmo com o carro muito carregado, sua distancia de 14,7 cm do chão permitiu que ele não raspasse em algumas rampas que encontrei pelo caminho, nem no desnivelado acostamento da estrada – causada pelo excesso de neve.

Esclarecendo duvidas
No Brasil, a Toyota vende atualmente, os sedãs Corolla e Camry, a picape Hilux e os SUVs Hilux SW4, RAV4 e o grandalhão Land Cruiser Prado. A perua Fielder não esta mais entre nós.

Fotos: Renato Parizzi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *