Disputa acirrada agita os segmentos de hatches e sedãs médios

Apenas 517 unidades! Essa é a diferença que separa o líder Civic do segundo colocado, Corolla. O modelo da Honda já venceu o Toyota com folga por vários meses em 2009, mas, desde a chegada do City, a “estrela” do Civic não brilhou mais. O modelo continuou vendendo bem para a categoria, mas não o suficiente para vencer o Corolla. A última vitória do Civic foi em junho, quando ele fechou o mês com uma vantagem de 1.204 unidades (6.293 x 5.089).


A partir daí o modelo da Toyota começou a reduzir a diferença e de forma cada vez mais significativa, tendo como auge o mês de outubro. O Corolla vendeu 280 unidades a mais em julho (4.555 x 4.275); 284 carros a mais em agosto (3.670 x 3.386); 1.107 em setembro (5.402 x 4.295); e (impressionantes) 1.783 veículos a mais em outubro (5.208 x 3.425). No acumulado do ano, de janeiro a outubro, foram emplacados 43.753 unidades do Honda contra 43.236 do Toyota.

Falando agora do extremo oposto, fiquei decepcionado com o desempenho do Kia Cerato, que parecia estar chegando para abalar o mercado. Achei estranho o fato da marca coreana ter anunciado que importaria, inicialmente, apenas 700 unidades do modelo. Na época achei pouco. Mas hoje vejo que parece ter sido um acerto, já que foram comercializados 481 Ceratos em setembro e 169 em outubro. Veja que modelos como Astra Sedan, 307 Sedan, Mégane e Sentra, que não são ruins, mas não vendem muito bem (seja pela idade, desenho ou por não ter caído no gosto do brasileiro) venderam mais que o sedã da Kia em outubro. O que será que os coreanos vão fazer?

Veteranos X novidades

A pergunta não vale para a Hyundai, que está rindo de orelha a orelha com o i30. Em outubro, o hatch médio só não vendeu mais que o bom e velho Chevrolet Astra. Se mantiver o ritmo, o i30 deve subir da sétima para a quarta posição no final de novembro, superando 307 (sexto), Stilo (quinto) e Vetra GT (quarto)! Já foram comercializados 7.492 unidades do modelo da Hyundai, sendo 85 em maio, 775 em junho, 1.320 em julho, 1.079 em agosto, 1.723 em setembro e 2.510 em outubro. Só para efeito de comparação, no décimo mês do ano, foram emplacados 2.971 Astras, 1.748 Golfs e 1.234 C4. Vectra GT, Stilo e 307 não superaram a barreira de mil unidades vendidas em outubro.

Já a Ford conseguiu vender 2.089 Focus (só o hatch) no mês passado, um ótimo número para um (excelente) carro que vai ganhar uma versão mais barata, com o novo motor 1.6 Sigma flex, e, finalmente, a esperada atualização do propulsor 2.0 16V, que vai passar a ser bicombustível. Tudo isso está previsto para dezembro. Já o “velho” Focus está dando adeus ao nosso mercado. Novembro deve ser o último mês do modelos nas concessionárias da marca (com algumas sobras até o início de 2010).

Finalmente os novatos estão conseguindo ocupar uma boa fatia do segmento de hatches médios, sempre dominado pelos veteranos Astra e Golf. Será que a categoria ver ter mudanças profundas a partir de 2010? Espero que sim, já que a Fiat deve colocar o Bravo no mercado; a Peugeot estuda lançar o 308; e a Volkswagen, se tudo der certo, já trabalha para a chegada do Golf VI por aqui.

Atualização (04/11/09)

Esqueci de colocar um número importante no post: as vendas do City e da Honda. O novo sedã da marca emplacou 9.665 unidades desde a sua chegada, sendo 379 em julho, 2.538 em agosto, 3.622 em setembro e 3.126 em outubro. Já a Honda vendeu 106.612 carros de janeiro a outubro de 2009, número superior aos 96.383 do ano anterior.

Realmente a marca melhorou, mas a principal causa não foi o City, que, quando somado ao Civic, vendeu um pouco mais do que só o Civic sozinho anteriormente: 25.046 em 2009, na soma entre os dois sedãs entre julho e outubro, contra 23.143 unidades do Civic sozinho em 2008. A ajuda mais significativa veio mesmo do New Fit que, só nos primeiros 10 meses de 2009, já vendeu mais do que o ano passado inteiro (42.755 x 40.512).

Veja um comparativos dos números de venda da Honda no Brasil

Ano – (JAN) – (FEV) – (MAR) – (ABR) – (MAI) – (JUN) – (JUL) – (AGO) – (SET) – (OUT)
2009 – 9346 – 7962 – 11270 – 10405 – 09859 – 12737 – 09093 – 10699 – 13912 – 11329 = 106.612

2008 – 7520 – 8526 – 09280 – 10747 – 10218 – 09279 – 10791 – 07940 – 11008 – 11074 = 096.383

Sem efeito

A nova Saveiro ainda não mostrou para que veio. Com isso, as principais concorrentes vão deitando e rolando no mercado, especialmente a Strada, que dá um verdadeiro banho nas adversárias. A picape da Fiat já vendeu 73.053 unidades de janeiro a outubro, mais que o dobro dos três modelos seguintes no ranking, que juntos comercializaram 57.881 unidades, sendo 27.462 unidades da Montana; 23.516 Saveiros e 6.903 Couriers.

Vale citar que, nos últimos três meses, a Saveiro vendeu 3.110 unidades em agosto, 2.068 em setembro e 1.992 em outubro – muito aquém da picape que foi renovada para dominar o segmento. O que será que a Volkswagen precisa fazer para a Saveiro vender ainda mais? Acho que o primeiro passo seria abaixar o preço e deixar todas as versões mais equipadas de série.

Comentários (34)

  1. É O SEGMENTO QUE MAIS GOSTO, E ESTOU MUITO SATISFEITO COM O MEU FOCUS GHIA. ACHO QUE MAIS OPÇÕES SÃO BEM VINDAS JÁ QUE DEVERÁ TER INFLUÊNCIA NOS PREÇOS E NA QUALIDADE DOS PRODUTOS.

  2. Acho que o Cerato, não vende bem por Três motivos: Primeiro, uma palavra chamada preconceito; Segundo, o preço das revisões é obseno; Terceiro ainda não é Flex.
    Tirando estes três motivos, é inegavel que o Cerato é um ótimo carro, e não deve nada aos concorrentes, se é que existe concorrentes pra ele. Alguém conhece um carro da categoria dele, que ofereça o que ele tem por R$ 53.000.00(falando da versão intermédiária)? Acho que não né!?

  3. Este tb é o meu segmento preferido.

    Hoje possuo um Corolla XEi AT 08/09. O carro é mto confortável e econômico. Sem falar nos 4 air bags… Para carro nacional…

  4. Eber, comenta também o segmento das pickups pequenas. A Saveiro tá “trooperçando” nas vendas, cada mes vendendo menos… Enquanto a estrada vende 4x mais e em outubro vendeu 7% a mais, a nova Saveiro vendeu menos 4%. Ainda tá cedo, mas será que tá pitando um mico?

  5. Concordo com o Hugoas sobre o cerato, e fico feliz de ver que o i30 ta vendendo bem para ver se aos poucos acaba com esse preconceito, pois quanto mais veículos tiverem brigando pelo mesmo segmento, nos consumidores temos mais a ganhar com isso pois assim teremos cada um tentando superar o rival e os carros ficando mais avançados

  6. Anônimo, atualzando o 1° dia de novembro:
    Strada:322
    Saveiro:98
    Montana:104

    Uma curiosidade o Plaio está quase empatado com o Gol
    Palio:748
    Gol:795
    Mas essa diferença vai aumentar e muito durante o mês.

  7. Vamos aos fatos 1 – Renato Parizzi vç quer dizer ” foram 43.753 unidades Honda Civic certo?, Honda Civic X Toyota Corolla dois verdadeiros automóveis, no frigir dos ovos a Honda vende mais porque tem três modelos no mercado vamos aos números só carros de passeios até 30/10/2009: Honda 96.161, Toyota 43.232.
    2 – O modelo Sedã costuma ser adquirido por pessoas( a maioria), com 40 anos ou mais que já tem uma certa experiencia em automóveis, e o Cerato que já nasceu morto no nosso mercado por imitar descaradamente o Honda Civic, pode custar R$ 30.000, mesmo assim não decola porque não transmite a confiança dos Hondas e Toyota. O
    i30 é para jovem que não quer ser chamados de tiozão e caiu no gosto da rapaziada, se vai ser mico no futuro não podemos afirmar, é moderno frente ao jurássico astrossauro, menos pior que os franceses, jamais será melhor que Golf, Stilo, o Vectrassauro GT e o excelente Focus Hatch ou Sedã. É ISSO AÍ.

  8. Anotem por favor, a mídia especializada comentou que o feioso Sentra e Tiida(ou tiivolta para o México?), quando flex as vendas decolariam e o que vemos?, as vendas estagnadas, o Cerato Hugoas, es, is, os e us, pode vir triflex que não vai decolar sabe porque?, manutenção obseno( o certo é obceno), peças caríssimas e por aí vai. Quem aposta R$ 200,00 como o Cerato descaradamente imitando o Civic não vai decolar.
    As apostam podem ser pagas com cerveja Skol, quem se habilita?.

  9. Também acho que o cerato não vai decolar nas vendas, mas torço muito pra eu e o renato dantas estarem errados para ele pelo menos obrigar a Honda a parar de vender city e fit pelo absurdo que eles são e abaixarem o preço, que mesmo sendo bons carros não valem isso tudo.

  10. Como já comentado anteriormente, o Cerato não decola devido a velha má fama que essas marcas asiáticas carregam, e acho que mesmo que seja lançada uma versão flex para o modelo as vendas continuarão baixas. Quanto ao I30, acho que em médio prazo, ele se tornará um mico também. O problema dessas marcas asiáticas (KIA, Hyundai etc) é que elas muitas vezes NÃO tem identidade própria, sendo uma cópia desacarada de outros modelos.

  11. Dantas, apesar de parecer para os leigos que o Cerato imita os Honda, venho informar aos leigos que quem assina o atraente visual do Cerato é Peter Schreyer(também responsável pelo KIA Soul). Garanto aos Leigos que com tantos carros no currículo ele não se inspirou no honda pra fazer o cerato. Vejam algumas curiosidades:
    Durante sua trajetória, Schreyer se tornou uma das autoridades mais respeitadas em desenho industrial. Como chefe de design da Audi, entre 1994 e 2002, ele foi responsável por remodelar a marca com novos projetos revolucionários de automóveis. De 2002 a 2005, foi o designer chefe da Volkswagen e, desde 2005, trabalhou como o “cabeça” da equipe de design avançado daquele grupo, conquistando reconhecimento público por diversos lançamentos de produtos com conceitos únicos e exclusivos.
    PROJETOS DESENVOLVIDOS PELO DESIGN Peter Schreyer

    Projetos de Design / Volkswagen:

    CARROS CONCEITOS:
    Concept 1 (New Beetle)
    Concept C (Eos)
    Concept R (Roadster)
    Concept T (Buggy)
    GX 3 (Three Wheeler)
    Microbus
    Ragster

    CARROS DE PASSEIO:
    Golf IV e Variant
    Jetta
    Passat B 5 e Variant
    Lupo e Seat Arosa
    New Beetle
    Golf V e Golf Plus
    Golf GTI e Golf R32
    Jetta
    Passat B 6 e Variant
    Eos
    Compact SUV

    VEÍCULOS COMERCIAIS:
    LT 2
    LT 3
    Constellation (24 ton truck)

    COMPETIÇÃO:
    Race Touareg

    Projetos de Design / Audi:

    CARROS CONCEITO:
    Quattro Spider
    Audi TT e AUDI TTS
    AL 2 e AL 2 open end
    Steppenwolf
    Allroad Quattro
    Avantissimo
    Rosemeyer

    CARROS DE PASSEIO:
    Audi A2
    Audi A3 e A3 Sportsback
    Audi A4 e A4 Avant + Audi Cabrio
    Audi A6 e A6 Avant + Allroad
    Audi A8
    Audi TT e Audi TT Roadster

    COMPETIÇÃO:
    R8 racing car LeMans

    PROJETOS DESIGN / LAMBORGHINI:
    Murcielago
    Gallardo

    OBS: Por favor, “não me venham com churumelas!”

  12. Hugoas a criança pode ser o bam bam bam dos designer e é, ter fama mundial em desenhos automobilísticos (merecidamente) porém, ele trabalha para uma empresa que pode exigir o desenho que quiser, e não são leigos que fazem a comparação e sim os reporteres especializados no assunto, é descaradamente cópia do Civic acredito que pode ter sido uma exigência da Kia que aliás, não é a primeira vez que ela faz cópias dos outros.
    Daniel, concordo que os preços dos Hondas estão nas alturas porém, enquanto houver gente disposta a pagar o preço a Honda vai deitando e rolando.
    É mais fácil a Mercedes-Benz fazer carros com motor 1.0 que Kia Cerato decolar em vandas.

  13. Voltando a vaca fria, a Strada é líder incontestável, para a Saveiro ou outras do gênero reverter este quadro terá que oferecer acessórios e preços abaixo da líder, e também deve estar sofrendo os efeitos negativos dos defeitos que estão ocorrendo com o Gol com motores
    1.0, e quiçá venha a ocorrer com os motores 1.6.

  14. Paulo Freire, quem produz o smart fortwo é uma fabricante de automóveis pertencente ao Grupo Daimler AG, e a coisinha pequena vem equipado com motor traseiro de 3 cilindros, com 4 válvulas cada, devido ao seu tamanho e peso são bem ágeis para enfrentar o dia-a-dia do trânsito. Preste atenção neste detalhe, apesar de ter só 3 cilindros ele desenvolve 84 cv de potência, qual o 1.0 com 4 cilindros brasileiro (exceto o Zetec Rocam compressor), que desenvolve 84cv?.
    Alguém sabe de algum modelo Mercedes-Benz seja classe a, b, c ou outro modelo com a estrela de 3 pontas com motores 1.0?.

  15. Dantas, mantas, ou antas, se vc tivesse lido direito o post, veria que provavelmente a Honda pode ter se inspirado nos carros do senhor Schreyer. Percebo que o Cerato está mais parecido com os Audi do que com o honda! Realmente pra quem só conhece o mercado nacional, ele parece mais com o honda mesmo, até para alguns reporteres leigos, quanto mais para leitores antas, digo Dantas, que vendem opnião de reporteres. “eu tô falando porque o reporter fulano disse, blá, blá, blá…” Eu mostro Fatos, histórico e comprovo.

    “Sem churumelas por favor!”

  16. Sim Bruno, ele é sobrealimentado por uma turbina de 0,5 bar de pressão, por causa disto ele rende 84cv porém, só em três cilindros. Hugoas… as… as… as…(eco)você tem razão, o Honda Civic foi inspirado no Kia Cerato (roubo industrial), e este Kia vai arrebentar no mercado brasileiro vendendo mais que sexo no hotel Brilhante/BH, e colocando os Hondas e Toyotas verdadeiras carroças nipônicas na berlinda. Deve ser difícil desfilar com um carro que não é Honda mas parece, assim como o comprar um “Symbol” e levar um parecido com o Clio sedã.

  17. Você foi atropelado por um Francês ou por um coreano? Quanta mágoa no coração!
    Dantas quando falo em Cerato, eu falo custo x benefício…os hondas e os toyotas são ótimos, sem nenhuma dúvida. Mais não oferecem nada a mais que o cerato, ou até que o próprio Focus(novo), pra justificar tamanha diferença de preço. Gostaria de deixar uma perguntas para todos. Quanto custam as revisões programadas dos hondas e toyotas? Parizzi, vc conhece esses valores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *