Internauta flagra o Projeto 327 da Fiat

Fico feliz em saber que o publico feminino também acompanha o De 0 a 100. Além da Ana, que participou do “Qual carro comprar”; da Giovana, Betânia e da Sandra, que sempre me mandam e-mails, agora foi a vez da Flávia me enviar uma participação, na verdade um flagrante do Projeto 327, novo compacto que a Fiat deve lançar no primeiro semestre de 2010 – talvez já no primeiro trimeste. O modelo foi fotografado nas ruas de Belo Horizonte na semana passada.

Existe uma forte discussão sobre o fato desse novo veículo ser ou não o substituto do Uno. Acredito que ele possa até ser o substituto, mas não por agora. O Uno deve ficar no nosso mercado, pelo menos, na pior das hipóteses, até 2012. Segundo o grande caça segredos Marlos Ney Vidal, o Projeto 327 deverá ser o primeiro carro da Fiat a ser equipado com os motores da Tritec. De acordo com o “espião”, o 1.4 16V flex deve ter cerca de 100 cv de potência; e o 1.6 16V flex deve ter aproximadamente 130 cv de potência (a marca ainda não fechou os números finais). Acho que o 1.6 deve mesmo ter um pouco menos de força, já que o propulsor 1.9 16V do Linea rende 130/132 cv. Mas posso estar totalmente errado (hehe).

Se você flagrar algum segredo ou algum veículo curioso e quiser enviar para o De 0 a 100, entre em contato comigo pelo e-mail: renatoparizzi@gmail.com.

Agradeço também ao Leonardo Marques Vilela que me enviou mais dois flagrantes do Projeto 327. Vejam abaixo:


Comentários (6)

  1. Vi algumas projeções de como ficaria o veículo, claro que são somente projeções mas o que vi não me agradou muito, ele pareceu um estilo mais alto lembrando um pouco uma minivan… mas o ponto positivo será o novo motor tritec.

  2. Vai ali na Praça Raul Soares por volta de 18:15, 18:30, fique sentado num banco lá e dá pra fazer um livro com fotos do 327… todos os dias eles tão passando por lá, junto com Doblós e Puntos com placa verde.

  3. Renato Parizzi, por favor responda-me: como é que a Fiat vai fazer para manter a privada com volante o MIlle até 2012, se no ano que vem já começa a sair de fábrica carro com abs?, vai valer a pena o preço?, leia abaixo.
    Segundo o presidente do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), Alfredo Peres, os carros zero-quilômetro vendidos a partir de 2010 terão de ser equipados com o sistema ABS

  4. Caro Xará Dantas, veja como vai ficar a questão do ABS no Brasil:

    “Segundo a resolução do Contran, as montadoras de automóveis precisarão obedecer a um cronograma para a instalação do ABS. A partir de 1º de janeiro do ano que vem, 8% dos veículos com até oito assentos (além do do motorista) e os de carga com peso de até 3,5 toneladas deverão ter o sistema. Esse porcentual deve subir para 15% em 2011, 30% no ano seguinte, depois 60%, até a totalidade da frota em 2014.

    Em relação aos veículos maiores, 40% devem estar equipados a partir de janeiro de 2013. No ano seguinte, todos. A partir de 2014, os veículos novos que não tiverem o sistema instalado não poderão ser licenciados.”

    E do airbag:

    “Com a aprovação da Lei 11.910 de 18 de março de 2009 passou a ser considerado equipamento obrigatório ,em todos os veículos comercializados no Brasil de forma gradual, até o ano de 2014, o equipamento suplementar de retenção frontal (airbag) para o condutor e o passageiro do banco dianteiro. Uma medida semelhante foi tomada nos Estados Unidos em 1991 que obrigava todos os veículos novos daquele país a serem equipados com airbag duplo frontal a partir do ano de 1998.”

    Por causa disso, o Uno vai sobreviver por mais alguns anos “sem problemas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *