Bienal do Automóvel 2009: A evolução do mesmo

Belo Horizonte é sede da segunda edição da Bienal do Automóvel, que acontece de hoje (9) até domingo (13) no Expominas. Ficou notável a evolução do evento em 2009 se comparado à exposição de 2007. A feira cresceu e ganhou mais participações e atrações, mas, assim como 2007, ficou devendo em novidades sobre quatro e duas rodas.

Há dois anos vimos, pela primeira vez, o então novíssimo Renault Sandero. Agora, não temos praticamente nada realmente inédito – nem a Fiat trouxe a Strada Sporting. Só o Chery Cielo é novidade. Mas acho que o público não vai se importar de ver os carros de sempre, além de outros especiais, como o novo Camaro, Lamborghini Diablo, Renault de Fórmula 1, Nissan GTR e o Audi R8, entre alguns antigos e outros especiais, que sempre valem a pena serem vistos e revistos. As atrações “do lado de fora” também são bem interessantes.

Uma pena o ingresso estar com o preço mais alto. Já basta o salgado valor cobrado pelo estacionamento (R$ 15). Nota zero também para os concessionários da Peugeot, da Citroën e da Ford que, mais uma vez, não acreditaram no evento. As três marcas não estão em situação tão confortável para perderem a chance de exibirem os seus carros. A organização também poderia estar um pouco melhor. Mesmo fazendo um credenciamento prévio, com mais de 36h de antecedência, até agora estou sem a minha credencial para cobrir a exposição.

Confiram as principais atrações dos estandes do evento, que deve receber cerca de 150.000 visitantes.

Audi
A Audi tem apenas 4 carros no seu estante, mas não sei se vai ser pouco. Os visitantes poderão ver o A3, A4, Q5 e o belo e esportivo R8 5.2 V10, que custa quase R$ 700.000, e que está frente a frente ao Mercedes C63 AMG no evento.

BMW
A BMW trouxe dois Mini Cooper e várias motos para chamar a atenção. Outros modelos da marca também estão lá, como o Série 1, mas, sem dúvida, o que mais vale a pena conferir é o BME 650i.

Chevrolet
A GM tem um dos maiores e melhores estandes do evento. Fiquei até com a impressão de que a marca está tentando corrigir em 2009 a ausência de 2007, quando a marca saiu de última hora. Os visitantes podem conferir o Vectra, a Montana, dois Agiles, Captiva, um Vectra da Stock Car e três carros preparados pelo “Lata Velha”, do Caldeirão do Huck: um Vectra sedã e dois Vectra GTs. Tem ainda um sistema que mostra um Classic com e sem direção hidráulica e uma réplica do motor 1.4 Econo.Flex do Corsa, além de uma loja com acessórios da marca.

Chrysler/Dodge
A dupla (quase italiana) trouxeram atrações norte-americanas, como o 300C, PT Cruiser, RAM, Journey e Cherokee.

Fiat
A Fiat também tem um dos maiores e melhores estandes do evento, com boas atrações. O compacto 500 (nas versões Sport e Lounge) é a bola da vez, seguido pelo Linea de competição, com motor 1.4 turbo à etanol (210 cv), e pelo carro conceito (não mais inédito) FCC II. A Strada Cabine Dupla e o Doblò Adventure 2010 dividem espaço ainda com um Doblò adaptado para pessoas com necessidades especiais, com o Palio Dualogic, Palio Adventure Locker, Stilo Attractive, Linea e Punto T-Jet. Ficou faltando a Strada Sporting.

Honda
Os japoneses trouxeram os sedãs City, Civic (Si) e Accord, o popular Fit e o CR-V.

Hyundai
Os coreanos trouxeram o Tucson, Azera, Veracruz e a sensação do momento: i30 (sem protetor do carter!)

Kia
Os visitantes vão poder conhecer os carros que a marca vende há algum tempo: Cerato, Soul, Mohave, Sportage e o compacto Picanto.

Mercedes-Benz
Assim como o da Audi, o estande da Mercedes é um dos que mais vale a pena visita por causa das atrações: Classe B 180, Classe CLC 200, ML 350 CDI, Classe E 500, SLK 200, GLX 280 e a melhor de todas, C63 AMG, que está frente a frente com o Audi R8 no evento.

Nissan
A Nissan veio com sua gama completa para o evento. Destaque para o reestilizado Sentra 2010, além dos já conhecidos Livina, Grand Livina, Livina X-Gear, X-Trail, Pathfinder, Tiida e Frontier.

Renault
Único francês no evento, a Renault trouxe os já (super) conhecidos Sandero Stepway, Logan, Symbol e Mégane. Mas a grande atração da marca, sem dúvida, é o carro da Fórmula 1. Vale a pena conferir.

Toyota
Nada inédito para os japoneses, que exibiram o Corolla, Rav4, Hilux e Hilux SW4. Mas vale conferir uma picape Hilux preparada para rodar na neve.

Volkswagen
A Volks finalmente levou o evento a sério e marcou presença com o Gol e o Voyage I-Motion, New Beetle, Passat CC, Saveiro Trooper, Tiguan, Polo Bluemotion, o belo EOS, uma Kombi retrô, um mini Gol (o mesmo do Salão de São Paulo de 2008) e os novos Fox e CrossFox.

Outras marcas presentes
Chery (com o Tiggo e Cielo), Agrale, Mahindra, Ssangyong, Troller e Subaru.

Outras atrações

Veteran Car Club
Vale a pena ir no estande do VCC, que tem, por exemplo, um belo Lamborghini Diablo de 1995. Em frente a ele tem um novíssimo Camaro RS preto, o melhor Chevrolet do evento que, curiosamente, não está no espaço da marca no Expominas.

Espaço Tunning e espaço Rally
Os nomes já explicam o espaço.

Praça do Hot
Veículos antigos com atualizações.

Exposição de colecionadores
Motos, veículos em tamanho real e miniatura, capacetes, macacões de pilotos, fotografias e muito mais.

Exposição do Instituto Ayrton Senna
Veja detalhes da carreira e da vida de um dos maiores pilotos de todos os tempos

Forças de segurança
Um dos espaços que mais gostei do evento, mostrando veículos do Exército, Polícias Civil e Militar e dos Bombeiros.

Atrações radicais (se o tempo ajudar)

A Bienal 2009 terá exibições de Free Style Motocross, Dirt Bike, Bike Trial e Moto Trial. Na quarta, quinta e sexta-feira, haverá exibições de cada modalidade, e no sábado e domingo serão duas exibições. Foram contratados dois pilotos de bike trial e dois de moto trial, sendo também três de freestyle e quatro de dirt bike. A Bienal também trará exposições de Rock Crawling, além de pista de kart para adultos e crianças, test drive de triciclos infantis e muito mais.

Free Style Motocross
No Parque da Gameleira serão realizadas apresentações de pilotos que dominam a modalidade de manobras e acrobacias em motocicletas, com saltos radicais de mais de 10 m de altura.

Dirt Bike
A turma que curte bikes vai gostar das acrobacias com bicicletas em rampas, também no Parque da Gameleira. Com uma largada em um gate de 7 m de altura, o piloto pratica dois saltos com manobras radicais.

Moto Trial
Manobras técnicas de moto com obstáculos artificiais que testam a perícia e agilidade dos pilotos. É montado um circuito artificial com manilhas, caçambas e madeiras, onde a motocicleta especializada testa os desafios.

Bike Trial
Semelhante ao moto trial, porém de bike, o esporte simula os obstáculos naturais como montanhas e cachoeiras e testa a agilidade dos pilotos.

Rock Crawling
Trazida dos EUA e da Europa, essa atividade consiste em colocar em uma arena alguns dos veículos off-road para superar obstáculos especialmente construídos para o esporte. Com todos esses obstáculos, vence a equipe que conseguir ultrapassá-los utilizando o menor número possível de acessórios e ferramentas.

Serviço

Bienal do Automóvel 2009
Preços dos ingressos: Clique aqui
Data: 9 a 13 de dezembro (quarta-feira a domingo)
Horário:
. Dias 9, 10 e 11 – das 14h às 22h
. Dias 12 e 13 – das 10h às 22h
Local: Complexo de Exposição Gameleira – Av. Amazonas, 6030 – bairro Gameleira
Belo Horizonte (MG)

PS: Não publiquei mais fotos porque a bateria da minha câmera, surpreendentemente, acabou.

Comentários (14)

  1. Estava pensando em visitar a Bienal, até mesmo porque Belo Horizonte é uma cidade que sofre com a ausência de eventos voltados aos amantes do automobilismo.
    Porém pelo o que foi relatado, parece que não compensa muito pegar congestionamento, pagar ingresso e estacionamento caro para ver automóveis que vemos diariamente nas ruas da capital.

  2. Esse i30… ehe

    Provavelmente devo ir no fim de semana (caso eu arrume tempo). Minha preocupação é com o estacionamento mesmo. O metrô está meio fora de cogitação, porque vou levar mais pessoas comigo. Chegando cedo dá pra achar uma vaguinha bacana? Da última vez que fui só tinha vaga (livre) do tipo baliza. E vi uma pessoa botando um Corolla em uma vaga de Celta. Fiquei imaginando se fosse o meu carro sendo “empurrado”…

  3. Renault: “O estande guarda um espaço dedicado ao esporte, onde estará um exemplar do monoposto da equipe Renault F1 Team. O bólido branco e amarelo da Renault que compete na mais importante categoria do automobilismo mundial promete chamar a atenção; afinal, para muitos é a chance rara de ver um carro de Fórmula 1 de perto”.

  4. Vale apena conferir porém, no meu caso vai sair caro, são 6 adultos R$ 180,00 + R$ 30,00 do escrachante valor do estacionamento… total R$ 210,00 é caro.
    O que o Parizzi quis dizer foi o seguinte: Devemos chagar na hora que os portões forem abertos, ou minutos antes dos portões serem abertos ou quiçá antes da hora do
    encerramento do dia da Bienal.
    Abraços xará

  5. Bem, fui e vou deixar meus comentários.
    De 0 a 5 daria 3 pra feira, nada mais.

    Pra mim ficou meio claro que os organizadores visaram mais o retorno financeiro nesta segunda edição, basta ver os valores cobrados e as atrações da feira…

    De todos os carros “contemporâneos” expostos separe 4 ou 5 e o resto foi comum demais.

    Desses 4 ou 5, tente tirar alguma foto legal e no seu enquadramento com certeza vão aparecer desde fios elétricos entrando pelas portas do carros (Audi R8!) até fitas de sinalização e colunas de propaganda praticamente encostadas nos veículos! (porra, colocassem essas tralheiras um pouco mais afastadas do carro!)

    A iluminação melhorou pouca coisa em relação à 2007 mas essa questão da poluição visual (fios, fitas, etc) conseguiu me irritar mais ainda dessa vez… 🙁

    Outra coisa a se destacar é: por que um dos carros símbolos da feira presente em quase todo material de publicidade (a Gallardo) não estava presente???

    Ouvi de mais de 1 pessoa que foi com a intenção principal de ver o carro (que estava presente na primeira edição) a palavra “propaganda enganosa”. Que feio, não?

    Uma outra crítica vai pra Volkswagen. Queria saber oq a própria VW tem contra o GOLF. Pois nem na primeira edição e nem nesta nenhum modelo do carro foi exposto!
    Óbvio evidente que o carro está ultrapassado e não apresenta novidades recentes mas poxa continua sendo um Golf e numa versão mais top tenho 100% de certeza que atrairia bem mais atenções do que o novo Gol, Saveiro ou Fox! 🙁

    Enfim, a feira foi apenas boazinha. Os solteiros ainda puderam aproveitar as modelos mas tirando isso, nada demais.

    A impressão que fico é que na Bienal de 2011 se não trouxerem bem mais novidades o evento tenderá para o fracasso pois este ano muitos ficaram chateados.
    Eu no meio deles…

    Os organizadores é que estão felizes uma hora dessas contando o dinheiro! hehe

    Abraços!

  6. Cara, só uma coisa a dizer:

    Fui ver carros e acabei vendo mulheres! Sensacional! heheheh!

    Na quinta-feira tinham 4 “moças de família” tirando fotos pouco convencionais com pouquissíma roupa! Praticamente assisti a um ensaio da Playboy ao vivo. Pelo menos pagou meu dinheiro gasto. =)

    Cheguei por volte de 16hs e estava vazio. Encheu muito às 19hs, mas eu estava indo embora.

  7. Bruno, concordo plenamente em relação ao Lamborghini Gallardo! Onde ele estava??? A Bienal merece nota 3 em 5 mesmo… A respeito das fotos, não consegui fazer mais imagens no evento porque a bateria da minha câmera acabou. Tive que repetir tantas vezes as fotos, para conseguir apenas algumas razoáveis, que a câmera não aguentou…

    Entre os carros atuais, 95% ou mais dos expostos no evento podem ser encontrados nas concessionárias da cidade. O lado financeiro foi bem mais forte em 2009 do que em 2007. Mas, conhecendo alguns dos envolvidos, isso faz até sentido.

    Jow, fico feliz que você tenha conseguido usar o seu dinheiro de uma forma “gostosa”! hehehehe

    Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *