Lançamento do ano de 2009

Faltam apenas cinco dias para o encerramento da enquete do De 0 a 100 com a pergunta: “Abaixo de R$ 100 mil, qual foi o lançamento do ano de 2009?“. Três carros, homenageados com as fotos do post, disputam a liderança voto a voto: Ford Fusion e Hyundai i30, que sempre estiveram na ponta, e o Chevrolet Agile, que deu uma arrancada surpreendente na última semana. O Kia Soul corre por fora, com o Fiat 500 e o Honda City um pouco mais atrás.

E então, quem será o eleito?

VOTE na enquete! Convide seus amigos e familiares para votar também!

FORD FUSION

HYUNDAI I30

CHEVROLET AGILE

Comentários (16)

  1. Francamente, acho que o Agile vai ganhar essa enquete. Mais votei no Soul pelo conjunto. Além do ótimo custoxbenefício
    Vou colocar uma notícia que saiu dia 19-11:

    O Kia Soul levou nesta semana o troféu “Top Safety Pick” pela segunda vez consecutiva ao ser eleito o automóvel compacto mais seguro dos Estados Unidos. A premiação é baseada em ensaios de colisão promovidos pelo Instituto de Segurança para Proteção nas Estradas (IIHS) dos EUA, que avalia os níveis de segurança de veículos nacionais e importados à venda no país.

    O IIHS baseia seus resultados em crash-tests frontal, lateral e traseiro. Nesta última avaliação também foi requisito, para levar o prêmio, o bom desempenho em teste de força do teto para medida de proteção em caso de capotamento. O Soul foi um dos cinco carros pequenos a ganhar a maior premiação da organização por tirar a nota máxima nas quatro situações.

  2. Renato, aqui na Cidade Maravilhosa começam a pipocar os primeiros Agile nas ruas. E a julgar pelo que vemos, a versão que vai “bombar” é a… LTZ! Que bom. Que venha o Agile Automatizado, inclusive o 1.0. E fica aqui uma pergunta: por que não um Agile 1.0 automatizado ? Acredito que todos estejam acompanhando o teste de longa duração dos automatizados no portal da Carro. Como eu disse, no lançamento, o Agile não é o ideal, mas “o possível”, como diria o Fernando Henrique Cardoso sobre seus mandatos. E, dentro desse contexto, a GM deu um (pequeno, tímido e acanhado) passo adiante. Alô GM, acredito que alguém aí acompanha os Bons Canais, como esta Casa: vocês precisam romper a barreira dos três milhões de unidades pra fazer o grupo respirar, não é ? Então, mexam-se, oxigenem-se, mirem-se no expemplo da Fiat: inova, tenta, ousa, investiga tendências, às vezes erra, mas dá sempre um claro sinal de que quer a ponta da forma que nós que gostamos de carros mais gostamos: com novidades. Alô Ford, vocês fizeram este primor de carro, o Focus, merecedor de aplausos de pé, mas… não aprenderam ainda com a GM a… vender seus carros, divulgar, ter volume, share de mercado pra brigar pela ponta. E o que dizer à VW ? Acordaram, hein ? Continuem assim. Menção honrosa ao tratamento dado ao caso dos motores que pipocam: sem fugir da raia, admitindo publicamente erros e falhas. Que venha 2010 e a Hyundai.

  3. O Fusion é um carro de 130 mil e que pode ser comprado por menos de 100k. Na minha opinião não há o que se discutir. O acordo para a isenção de alguns impostos sobre o novo Fusion fazem dele um carro diferenciado. Olhe quem compete com ele: Camry e Accord. Agora vejam os preços dos concorrentes diretos: quase 50% a mais. Ele merece levar essa, já que não consigo digerir o desenho do Agile e o i30 é pura enganação. Sobre o que você disse no início do post, Parizzi, avisei vários amigos sobre a enquete euheuhe…

    Abraço!

  4. Particularmente concordo com os internautas Pedro e Mariana em dizer que o Ford Fusion deveria ganhar a enquete. O Agile ser considerado carro do ano é uma piada pois está no mercado a pouquíssimos meses além de ter suas linhas bem equivocadas. Já o Hyundai I30 tudo levar a crer que num futuro próximo ele será um mico de mercado independente do “status” que ele apresenta atualmente!!!

  5. O Fusion só tá em 1º por causa do preço. O Brasileiro tem mania de achar que o melhor carro é o mais caro. O Fusion ñ consegue se rmelhor que um reles Azera, vai ser o quê na categoria dele? Outra, ele é um dos enormes reflexos da falta de vergonha com o brasileiro, vejam quanto custa um Fusion como o nosso nos E.U.A ou até mesmo no México. Eu ficaria entre o i30 (por ofercer muito por pouco) e o 500 (pelo conjunto da obra que ficou de muito bom gosto, dá p/ dizer que ele nem parece um Fiat tamanho o abismo entre ele e os nacionais).

    O Fusion NÃO tem essa tração AWD que estão falando (é o mesmo esquema do Ecosport 4WD), o monitor no painel NÃO tem o idioma português (nem precisava ser o brasileiro, odia o portugueix mesmo, como no Focus), NÃO tem mapas do Brasil no GPS, nem LEDs nos farois! E quer ser carro do ano? Pior que ele ser eleito só o Ágile se elegendo…

  6. Pedro e Mariana o Fusion era p/ custar 55 mil a versão top +/-, essa de “carro de 130 mil”, ele ñ tem cacife p/ entrar nessa faixa de preço, se o antigo custava isso era por pura cara-de-pau na Ford.

  7. O problema é que não existe um candidato forte. O i30 é pura enganação: não tem alguns itens que a CAOA fez questão de botar na propaganda; o desenho do Agile não é dos melhores, apesar de ser um bom carro pela sua proposta. A verdade é que todo carro no Brasil é caro. Vai comprar um Camry e veja o preço. Idem ao Accord: um absurdo. O Azera é um carro barato também, mas não tem a eficiência do projeto do Fusion, mesmo ele não sendo lá essas coisas.

  8. O que falta ao Azera que tem no Fusion? O i30 oferece mais que a concorência cobrando menos, quer mais o que? Já o Fusion é caro e ñ tem nada demais, é uma banheira americana como todas as outras. Por falar em enganação, o que a Ford tb ñ faz na propaganda do Fusion? O problema é que ele trouxe coisas bestas e no caso dele, inúteis tb, aí o povo que ñ pesquisa acha que é uma coisooona que no fundo ñ é.

    Ñ adianta falar nos japoneses pq todos são caros, e o pior de tudo é que oferecem menos que carros de categoria inferior. Eu ñ duvido nada que um Linea T-Jet dê benga em um Accord em tudo (óbvio que menos no visual, o japonês é mais apelativo e no espaço interno). Ao preço de um Camry V6 leva-se um Passat muito mais equipado e vc ainda leva um bom troco, o suficiente p/ “tunar” o motor e conseguir potência superiores ao do Camry (esse é o único ítem em que o Passat perde p/ o japonês).

  9. O i30 é mais barato e, geralmente, menos completo. Ele ainda não tem os anunciados ESP, disqueteira, botões one touch nas portas e controle de tração. C4, Focus e 307 são inicialmente mais caros e possuem esses itens. A diferença é que as revisões são mais baratas e, na ponta do lápis, acaba compensando o maior gasto inicial. De quebra você leva, nesses 3 carros, motor flex (em breve no Focus), câmbio com trocas sequenciais, “controle de tração” nos franceses e todos os itens presentes no i30, desde o “básico” até o completo.

    Eu concordo com você sobre o Azera: oferece o que o Fusion tem por um preço menor. Acontece que o Fusion é um carro de projeto mais recente, com câmbio (apesar do Azera ser ótimo também) e suspensão melhores. A cara do Coreano se assemelha a de carro fúnebre.

    Sobre o Linea, acho que é aquele velho ditado “cada macaco no seu galho”. Ele jamais terá porte para brigar com o Accord. Anda menos, curva menos, é mais apertado, mais duro, tem segurança passiva inferior, enfim, só deve ganhar na questão manutenção e revenda. Quando um carro de categoria inferior começa a invadir a categoria acima dele, a compra deixa de ser vantajosa.

  10. Ñ se engane pelo face-lift, o Fusion atual é o mesmo anterior com melhorias. O Linea anda mais, é mais fino e por isso mais aerodinâmico, tem 2 cvs a mais em compensação é mais leve e tem mais equipamentos, eu estou falando da versão base do Accord vs top do Linea (que é mais barata, bem mais barata).

    Focus tem ESP? Que eu saiba o i30 tem, o resto dos equipamentos dele que os franceses “tem” (eles tem nas versões mais completas, nas de base 1.6 tem menos que o i30), fora que o i30 tem 5 anos de garantia, motor mais potente, suspensão superior, é um projeto mais moderno e melhor nível de aceitação no mercado. O Focus tb é outra enganação, com excessão da excelente suspensão multilink, o resto é baba, 2 air bags que nem com 2 estágio vem, rodas de 16′ (enquanto o i30 tem 17′ de série), câmbio automático que ñ se encaixa com o motor (se é que me entende) e nada mais que os outros carros já ñ tenham, ele é só mais um. E acabar o nosso Focus é idêntico ao europeu…

    E vc considera EPS pouca coisa? Controle de tração tudo bem, mas ESP é trivial, ou melhor, era p/ ser trivial em carros dessa categoria.

  11. O i30 não tem ESP. Eu até acreditei por um tempo, mas já foi confirmado que ele não possui (ainda vai chegar uma versão que tenha esse item). Não vejo vantagem também em rodar com rodas 17″ em pneus de perfil baixo nas nossas ruas. Se ao menos fosse um pneu 55 ou 60… imagine se rasgar ou ter de comprar outro. Pneu 225 é bem caro.

    A garantia de 5 anos é boa para quando der um problema e ruim na hora das revisões: são as mais caras da categoria. Nem os franceses têm cobram tanto para dar uma revisada no carro.

    Paulo, achei que você estivesse comparando o Accord V6. Aí sim concordo contigo. E volto ao que eu te disse: “cada macaco no seu galho”. Quando um carro de categoria superior tenta abocanhar o mercado abaixo da categoria dele, a “coisa” não funciona também (e vice-versa).

    Sobre o motor do Focus, também concordo. Já vi muita gente reclamando que o motor só acorda em rotação alta. Faltou a esperteza do propulsor do i30 ou da PSA.

  12. Na enquete, voto no i30, pois e um belo carro, com boa garantia e está conseguindo algo inédito para os coreanos, que é vender muito bem… o carro do ano pra mim seria ele por isso, bonito, bem equipado e caiu no gosto do consumidor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *