Dúvidas inexplicáveis do mercado automotivo brasileiro

? ? ? ? ? ? ?

Existem várias coisas que tento entender e não consigo. Realmente tenho várias dúvidas inexplicáveis sobre o mercado automotivo brasileiro. Algumas eu consigo imagino a resposta, outras, não, e muitas eu ainda tento. Vejam alguns exemplos.

  • Por quê é possível comprar carros sem desembaçador e limpador do vidro traseiro, como Chevrolet Celta e Fiat Mille?
  • Por quê o Chevrolet Meriva Maxx (versão intermediária do modelo) não pode ser equipado com airbag duplo e ABS e o Meriva Joy (versão de entrada) pode?
  • Por quê o Chevrolet Astra não pode mais ser equipado com freios ABS?
  • Por quê o Chevrolet Vectra GT custa tão caro (por isso não vende)?
  • Por quê o Chevrolet Celta, que foi fruto de um super projeto da GM, lançado no ano 2000, nasceu com o volante torto (deslocado para o lado), como o Gol (primeiras quatro gerações), lançado em 1980?
  • Por quê o Fiat Doblò custa tão caro?
  • Por quê o Honda City custa tão caro?
  • Por quê o Ford Focus nunca vendeu bem (isso pode mudar nesse ano)?
  • Por quê o Ford Ka não pode ser vendido com quatro portas?
  • Por quê o atual Ford Ka 2p não vidro lateral traseiro basculante?
  • Por quê a picape sucessora da Ford Courier nunca foi lançada?
  • . Por quê o Renault Logan é tão feio?
  • Por quê o Peugeot 206 no Brasil é 207?
  • Por quê os carros importados do México são tão caros no Brasil?
  • Se o “brasileiro não tem dinheiro”, por quê Toyota Corolla, Honda Civic, Hyundai Tucson e i30 vendem tanto?
  • Por quê vender um carro com três opções de visual diferentes para a dianteira (Fiat Siena e Strada)?

Fiquem a vontade para fazerem mais perguntas e para responderem.

Comentários (24)

  1. A maioria das perguntas feitas no post pode ser respondida com uma unica palavra “LUCRO” as montadoras brasileiras pesam unica e exclusivamente no lucro que seus carros dão não interessando a forma como ele é comercializado e como ele é feito porem isso já esta mudando principalmente pelas ações que governo vem tomando nos últimos anos como a obrigatoriedade do airbag e dos freios ABS que já é uma grande passo em país como o nosso que vende carros com volante em couro mais sem airbag e vende carros com freios a tambor traseiro com rodas de liga leve.

  2. Enquanto Fiat Uno e Chevrolet classic estiverem entre os 10 mais vendidos nada vai mudar…Palio com 3 caras…sem comentários…pq investir, se esses Bizzarros continuam vendendo como água!?

  3. Fiz algumas pergurtas algum tempo neste blog e vou fazer de novo: Por quê as montadoras não mostram o custo de um carro?.
    Por quê quando há defeito no carro a culpa é sempre do mau uso ou agente externo?.
    Para responder as perguntas do Parizzi digo o seguinte, “não há uma Lei específica regulamentando o setor automobilistico” e se existe há um desrepeito total por ela, a vida humana não vale nada para os poderosos da industria.
    Nós consumidores temos também uma parcela de culpa, por aceitar que certas privadas com volante sejam adquirido em nome da “economia” de combustíveis que alias é de péssima qualidade.
    E a última pergunta; por quê a Kombi ainda é produzida?.

  4. Não é somente lucro, pois tem carros ai que não vendem, courier por exemplo. Outros como o civic e o city, é aquela história…o carro em outros paises como o mexico, custa a metade do preço daqui, ai a montadora traz o carro, como o city pelo dobro do preço e vende disparado, então pra que reduzir o preço? Outro detalhe tambem e que brasileiro gosta de “Status” financia um Corolla em 400 vezes, mas para que outros fiquem impressionados com o seu carro. Teriamos que ter uma postura mais rigorosa, carro serve para transporte com minimo de conforto, quando tivermos esta consciência e para de investir em carros que teriam que ser baratos mas são caros, ai as montadoras vão reduzir o preço até que as vendas volte ao normal. O governo tambem tem culpa, impostos absurdos, esse IPI mesmo tinha que ser banido e IPVA tambem, pois pagamos e temos um asfalto horrivel.

  5. Mario falou tudo LUCRO e ESTÉTICA são mais importantes do que seugurança. Ex.: Roda aro 15 ou 16 é mais importate que ABS e outros itens de segurança. Quanto aos carros antigos vendidos no nosso mercado é a própria falta de legislação de segurança rígida que permite essas aberrações, mas até 2014 muita coisa vai mudar. Ainda bem, tomara que os preços dos carros não aumentem tanto.

  6. Quanto ao IONAX concordo paga-se IPVA e não se tem nem asfato, nem sinalização, nem fiscalização das carroças quem andam nas ruas. Melhor fazer igual na EUROPA o governo compra o carro velho, gira a economia e ainda preserva o ambiente.

  7. Outra é que no Brasil me parece que o INMETRO nunca testou nenhum veículo nacional, nos aceitamos os parâmetros e testes de outros países. A revista 4rodas encerrou o teste de longa duração do EFFA M100 por falta de segurança. Sem desmerecer a qualificação técnica da revista, mas depender de uma revista de carros e não do governo para dizer que algo é seguro é no mínimo absurdo. Sem falar que a maioria dos compradores e/ou usuários de carro não leêm as publicações da impressa especializada em carro.

  8. Renato, sei disso, so que o carro no Mexico custa a metade do preço, e tanto Mexico quanto o Brasil são paises subdesenvolvidos, mas aqui se o City custar 80 mil grande parte ainda compra, por isso não se abaixa o preço.

  9. Por que nenhuma industria Indiana e Sul Koreana não montam um fabrica no Brasil, como a Tata, Kia e Hyundai Motors e vendem os carro com preço Internacional em Dolar! Sem lucro excessivo e com todos os itens de série inclusos!?

    Com pesas 100% nacionais!!! Te garanto que o I30 custaria 45 reais e olhe lá!

    MERDA DE BRASIL!!!! Saimos da colonia portuguesa e da exploração de ouro e pedras presciosas! E somos agora colonia de de pouca tecnologia em que o cara deixa de morar bem e viver bem para andar em um caro chamado HONDA CIVIC!!!

  10. PARA O BRUNO MEDINA

    O Diesel não foi liberado porque o Brasil precisa importar o petróleo fino/leve utilizado na produção de Diesel. O Brasil é autosuficiente na quantidade total de barris/dia gasto, e inclusive exporta, mas o petróleo utilizado pra fazer gasolina e outros derivados.

  11. Particularmente não acho o Logan feio. Não acho nem bonito nem feio, acho neutro e agradável. Não é um primor de design, mas ha outras aberrações no mercado, e um “face-lift” o deixaria bem mais ao gosto do brasileiro. Pra quem precisa de muito espaço interno e não tem grana pra um médio(meu caso) o Logan é perfeito(por isso tenho um ;D )

  12. Por isso mesmo! Quando as pessoas falam do gosto brasileiro, resumi-se então há um todo da nossa população! Com isso vemos que o brasileiro não tem um gosto padrão internacional, mas sim um gosto brasileiro! Aquela coisa de que prevalece o preço sem segurança, a roda 17″ que fica no lugar na segurança, o som no lugar da segurança a falta de conhecimento tecnologico no lugar da tecnologia. Incluindo mais ainda, a maioria do brasileiro não tem formação acadêmica! FATO! Então este tal gosto brasileiro sem base fundamental se define, na maioria a partir de uma pessoa que não tem nenhuma informação cultural, tecnológica, acadêmica e econômica, portanto vemos que os políticos que regem as leis de qualquer natureza e o consumidor final que consome qualquer tipo de produto, reflete-se em pessoas com o tal gosto brasileiro! Com isso quando viajamos para outro país, nos perguntamos! Por que aqui é tão diferente!? Simples! Ainda vai demorar duras décadas para as novas gerações tomarem conta das pessoas sem o tal fundamental conhecimento! Dizem que até 2020 o Brasil ou o brasil, vai ser a 5ª maior economia do mundo! Parabéns!! Mas então será uma lista de potências do mundo emergente, como China e India!!

    Viva Vamos ficar ricos, mas ninguém vai saber onde comprar o seu carro completo por preço de dólar!

  13. Algumas dessas dá p/ responder com folga:

    (Uno e Celta) O Celta eu ñ sei mas o Uno já vem com desembaçador e limpador de série por conta do kit Top;

    (Meriva) Como a versão básica é a que mais vende, a GM provavelmente esqueceu da versão intermediária;

    (Astra) É por uma questão de custos, a GM quer empurrar os clientes p/ o Vectra GT;

    (Vectra GT vs Astra) O Vectra GT é maior e “mais luxuoso” que o Astra, fora que tem o visual mais moderninho e apesar de usarem a mesma mecânica e plataforma (o que NÃO obriga os preços a serem iguais) o Vectra passa um visual mais atual;

    (Celta) Pq o Celta deriva do Corsa, que já tinha esse problema (fruto da plataforma do Chevette, que teve de ser encurtada gerando esse efeito de estrangulamento), o Gol por sua vez, usa a plataforma do Passat porém reduzida (o mesmo lance do Celta);

    (Doblô) Ele é um ultilitário/veículo multiuso;

    (Ka) Pois invadiria a aixa do Fiesta 1.0 (por isso esse ñ tem versão 2P);

    (Ka) Redução de custos, assim como o fato dele ele ñ ter barra estabilizadora }(nem dianteira nem traseira);

    (Courrier) Pois a Ford deu mais atenção a outros seguimentos;

    (Logan) Feio é uma palavra meio que pessoal, mas segundo a própia Renault, foi p/ reduzir os custos de montagem;

    (206) Pq o Astra aqui foi promovido a Vectra e até passou de categoria, a Peugeot fez o mesmo com o 206;

    (Importados) Por vagabundage das montadoras que só buscam lucrar e pq tem trouxas que compram e acham que tão fazendo um negoção (e olha que os mexicanos detestam os carros brasileiros);

    (Dinheiro) Por conta dos financiamentos em até 80x;

    (Siena e Strada) Se chama ESTRATÉGIA DE VENDAS. Fazendo assim a Fiat detém uma maior fatia do mercado pois atinge mais clientes.

  14. Por quê várias montadoras insistem em usar calota de encaixe, se, dos 4 ou 5 parafusos “de série” por rosa, bastaria um para prendê-la ? Vejam a vulnerabilidade em se perder (principalmente em ruas esburacadas) ou ser roubado. E o pior, a possibilidade de provocar acidentes, pois imaginem um “disco voador” desses indo com velocidade em direção a um pára brisa de um carro em movimento ou sobre um pedestre ? Já encaminhei esse questionamneto para várias dessas montadores que insistem nisso, assim como para o governo (Ministério da Justiça e Ministério Público) e …nada !!! Precisa de uma lei proibindo calotas de encaixe ? Cadê a seriedade e o respeito dessas montadoras ?

  15. Por quê somos tão acomodados em aceitar pagsr sempre mais caro por menos, até mesmo frente a outros emergentes ? Enquanto pagamos mais caro por nossos carros, pelas auto peças, pelos combustíveis e qualquer coisa relacionada aos automóveis (não esqueçam também do IPVA, seguro opcional e obrigatório), fatos estes que deveriam ser nosso principal foco de discussão (não deixando de lado questões subjetivas e paixões, também), ficamos batendo a cabeça uns nos outros com assuntos, tais como: a VW é melhor que a FIAT, meu carro é o melhor, gasolina ruim é a adulterada, etc.

  16. A pergunta mais dificil de responder: por que gastam tanto dinheiro em projetos testes e importam tecnologia e depois de prontos e muito testados os carros apresentam tantos defeitos e falhas de projeto como plasticos que rangem, motor bebendo oleo, alto consumo de combustivel, freios mal dimensionados, falta de espaço para os passageiros de tras (pernas, afinal o banco de tras de carros 4 portas não é so para criancas), problemas de alinhamento de rodas, partida a frio com alcool, etc? outra pergunta: quando um carro da certo e faz sucesso como aconteceu com kadet, santana, brasilia, tempra, etc, e sai de linha, as qualidades encontradas nestes carros não sao aproveitadas nos sucessores, como suspensao acertada, espaço interno, design, estabilidade em curvas,enfim tivemos carros muito bons que foram enterrados ainda vivos e hoje os carros das diversas marcas parecem todos iguais em aparencia e acessorios, não ha mais opçoes como havia antes com apenas 4 marcas no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *