Projeto 327 da Fiat mostra a cara e nova Volkswagen SpaceFox mostra a bunda

O pessoal do blog Novidades Automotivas conseguiu uma imagem que mostra como será a cara do Projeto 327 da Fiat, novo compacto que será lançado ainda no primeiro semestre de 2010 e que pode ser o novo Uno. A foto está num arquivo de patentes do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), órgão que controla todas as patentes do país.


Fica claro que o modelo terá um visual inédito, com personalidade forte e inspiração vinda do Fiat Panda italiano. O Projeto 327 está previsto para chegar ao mercado nacional entre os meses de abril e maio. Segundo o blog Autos Segredos, ele será vendido nas versões Economy 1.0 Flex, 2p e 4p; Economy Way 1.0 Flex, 2p e 4p; e a 1.4 EVO Flex, 2p e 4p e 1.4 EVO Way Flex, 2p e 4p. motor 1.4 EVO é uma evolução do atual 1.4 Fire.

Perua alemã

Se o Projeto 327 mostrou a sua cara, a nova perua SpaceFox da Volkswagen exibiu sua traseira para as lentes da revista Autoesporte. É possível perceber que as lanternas ficaram com linhas mais retas e que o para-choques foi reestilizado, podendo ser equipado com sensores de estacionamento. O vidro traseiro basculante, como na Peugeot 207 SW, foi descartado por causa do alto custo do investimento.

O SpaceFox, que é produzido na Argentina, deve ser lançado no Brasil no segundo trimestre do ano. As mudanças dianteiras e internas devem ser as mesmas feitas no Fox, e o motor 1.6 8V flex também continuará o mesmo.

Comentários (35)

  1. Não gostei do novo uno, to achando-o muito estranho, tanto pela frente definitiva quanto pelas outras projeções, já a traseira da spacefox ficou muito bonita, vai casar bem com a dianteira, bem diferente do fox que a traseira nao agrada

  2. O que está na foto acima vai ser um carro?, que treco feio sô bom, qualquer coisa serve para substituir a privada com volante,este vai ter uma vantagem, se for realmente o novo Uno a Fiat prometeu que este virá com o assento sanitário.

  3. Vou reformular minha opinião sobre o Mille ou Uno como preferir: realmente chamá-lo de privada é ofender os locais onde todos fazem força, ele é um verdadeiro sanitário cheio de merda, É ISSO QUE EU ACHO>

  4. Renato Parrizi, qual a chance de agendar um encontro com os blogueiros de BH em um local a ser definido para jorgar-mos conversa fora?, e outros que queiram participar desta confraternização onde o assunto não poderá ser carro ou automóvel?, que acha?.

  5. Convenhamos que a foto do Uno não está colaborando. Mas deve melhorar sim e ficar mais atual. O Uno é um carro bom, só que é feio. Porém, além do ótimo, preço é econômico, robusto e anda bem!

  6. Caro Renato Parizzi e blogueiros, relatei anteriormente o sofrimento da minha filha Lorena com a Ford, pesquisando sobre o atendimento pós venda na maioria das revendas Ford é verdade o atendimento é péssimo, diante deste fato desisto do Focus Sedã, não que ele seja ruim pelo contrário é um carro bem resolvido. Tive que partir para outros modelos e por enquanto o Honda Civic está descartado pelo seu preço que ainda não posso comprá-lo, a título de curiosidade fui ver o Cerato (imitação barata do Civic), e também fui conferir a promoção da Honda com o City LX a R$ 54.420,00 automático, e fiz o seguinte balanço:
    Kia Cerato – é mais barato câmbio mecânico, se for automático o preço sobe e só tem quatro marchas, porém vem da Corea do Sul e suas peças caso venha a precisar demoram a chegar.
    Honda City – pelo preço acima é automático com cinco marchas e peças a disposição no Brasil
    Kia Cerato – ainda não é flex.
    Honda City – Flex.
    Kia Cerato – comprovadamente manutenção caríssimas (para ganhar os cinco anos de garantia o preço das manutenções é caro), pergunte ao Boris Feldman.
    Honda City – manutenção barata e três anos de garantia.
    Kia Cerato – pode até ser um bom carro ainda não fonfio na marca.
    Honda City – verdadeiro automóvel
    Kia Cerato – ainda não tem certos atributos dos Hondas.
    Honda City – os atributos que o Kia Cerato ainda não tem são: CONFIABILIDADE, DURABILIDADE, E ATENDIMENTO NOTA 10 DA AUTO JAPAN.
    Diante do acima descrito, amanhã dia 17 de janeiro de 2010 quero comunicar a todos que estarei recebendo as chaves do meu Honda City prata ano 09/10, após rodar 1.000km mandarei minhas impressões e fotos do verdadeiro automóvel chamado Honda City, Civic, Corolla e demais modelos das marcas nipônicas.
    Abaços a todos

  7. PARIZZI – TOTALMENTE FORA DE LUGAR E MUDANDO DE ASSUNTO já descobriu O MISTÉRIO dos carros que aparecertam no informativo de carros emplacados da FENABRAVE Sedans Compactos GM/MONZA – 12 UNIDADES e Hatch Médio FORD/ESCORT – 13 UNIDADES. Abraço.

  8. Dantas, parabens pela compra e pela coragem de comprar esse carro, e pela sorte de achar um em promoção.
    Vou dizer com toda franqueza, o City realmente é um ótimo carro, mais em todas as suas verções ele vale 10 mil a menos do que cobram, e aquela versão top, que custa uns 73 mil…muita viagem da honda.
    Agora dizer que o City, é mais carro que o Cerato, é forçar a amizade dos blogueiros. Se vc tivesse comparando com Corola, com Focus, com civic seria mais justo.
    Mais concondo com vc(sobre a revisão Kia), o que todos falam é que a revisão da Kia é muito cara. Mais isso deveria ser mais investigado…será que eles cobram 1000,00 na revisão só pra trocar oleo e filtro de oleo.

  9. Valeu Hugoas, peguei o City na AUTO JAPAN realmente poderia até ser mais barato, porém te digo com certeza pelas razões acima é mais carro que o Cerato.
    Ao passar na rua Francisco Sá em BH, vi um Cerato modelo novo cor azul com um mecânico efetuando o o conserto parei e perguntei qual o problema?, o motor não quer funcionar será porque?.
    Tinha pesquisado na Toyota, porém a AUTO JAPAN foi a que valorizou mais meu Polo Sedã 2008, pagando R$ 33.500,00, quanto aos outros carros como o vovó Vectra e o Puntão Linea nem pensar numa besteira destas, quanto ao I30 não é sedã e ainda por cima é um coreano.

  10. Isso me lembra um filme…

    Fonte: http://www.reclameaqui.com.br/

    Minha intenção é apenas mostrar com esse texto transcrito abaixo, que hondas e toyotas estão no mesmo patamar das demais montadoras, no máximo elas podem ter carros mais bonitinhos que as concorrentes, mais beleza é relativa, e cada um tem seu gosto.

    Honda City Zero km com Defeito Grave.

    Inicialmente, registro o meu grande pesar e decepção com a Honda, marca que até a presente data, acreditava atender aos padrões de segurança e qualidade, até adquirir o veículo Honda City EXL 2009/2010 – 0 Km, chassi 93HGM2660AZ110332, por meio da Concessionária Hayasa, situada em Niterói –RJ.
    Em 20.10.2009, por volta das 9:00 horas da manhã, meu marido foi retirar o veículo acima descrito da concessionária, o qual havia comprado à vista para mim, encontrando-se o presente veículo com aproximadamente 5 Km rodados. Como ele recebeu o veículo acima descrito com o tanque na reserva, foi aconselhado pela vendedora, a abastecê-lo no posto mais próximo (posto BR situado à aproximadamente 300 metros da aludida concessionária). Ao sair do posto, o veículo, para a sua surpresa, começou a desenvolver aceleração progressiva e independente do seu comando. Numa via limitada a 60Km e com grande tráfego de veículos, ele foi obrigado a fazer uma conversão brusca, numa via vicinal, a fim de evitar um acidente grave, fato que determinou numa manobra arriscada, considerando a aceleração constante e progressiva do veículo que não respondia satisfatoriamente aos comandos de segurança, como freios e redução da aceleração, pondo, evidentemente, o meu marido em risco de morte. Ao ingressar na referida via vicinal, ele se deparou com um quebra molas, fato que igualmente contribui para por em risco a vida do meu marido, que após superar este obstáculo conseguiu finalmente desligar o veículo que ficou parado no meio da rua até a chegada, por volta das 9:35 horas, do Piloto de teste da Honda Hayasa que, por sua vez, somente conseguiu retirar o veículo do meio da rua pedindo emprestado uma chave de fenda a moradores do local, a qual foi utilizada para colocar o câmbio automático no ponto neutro (“N”). O Piloto da Hayasa também verificou a aceleração constante do veículo e em função da anormalidade, meu marido teve que solicitar o serviço de reboque para retornar o veículo para a concessionária. Na concessionária, meu marido não conseguiu ser informado da causa da aceleração repentina e constante, fato que segundo o Gerente, responsável pela referida concessionária, disse que somente poderia ser elucidado após a emissão de um laudo técnico sobre o assunto. Para tanto, ele foi obrigado a solicitar a abertura de uma Ordem de Serviço (nº 140295), na qual esta está relatando que o veículo apresenta uma aceleração máxima em todas as condições. Nesta oportunidade, ele também registrou que não possui mais interesse em ficar com o veículo em questão, tendo em vista que não atende os requisitos de segurança esperados. Além disso, ele teve que assinar um pedido de Orçamento Interno (nº 36898), sendo-lhe explicado pelo Gerente, que isso era um procedimento de praxe, para que ele pudesse obter a causa que originou o defeito no veículo. Por fim, ontem dia 21.10.2009, o Gerente da Hayasa entrou em contato com o meu marido dizendo que após análise técnica foi detectado um problema no pedal do acelerador. Não somos experts nesse assunto, mas achamos que foi algo muito mais grave, e estamos muito chateados e transtornados com toda essa situação.

  11. Como já comentei anteriormente Hugoas, toda produção em série pode haver algum produto com pequeno ou grande defeito, e os verdadeiros automóveis da Honda e Toyota não estão imunes na linha de produção. digo e repito são automóveis extramamente confiáveis, assim como os Alemães.

  12. Ou teria o português naturalizado brasileiro montado o freio no lugar do acelerador. BRICADEIRAS A PARTE – O que aconteceu é MUITÍSSIMO grave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *