Dupla escolha: o que vale mais? Chevrolet Montana Sport 1.4 ou 1.8?

Chevrolet-Montana-Sport-2010-Brasil-GM-picape

Uma picape compacta é sempre uma opção de compra que passa na cabeça de quem tem uma empresa, um sítio e de quem precisa transportar muitas coisas. Outro potencial comprador deste segmento são os jovens, que adoram, especialmente, as versões mais “esportivas”. E, pensando neles, decidimos avaliar qual duas versões Sport da Montana vale mais: 1.4 ou 1.8.

Um dos grandes atrativos das picapes acaba sendo o seu visual aventureiro, graças à caçamba, que ajuda a passar um aspecto de robustez. Quando isto é aliado ao estilo esportivo, é uma flecha certeira no coração dos jovens.

Esta aliança foi o que levou a Chevrolet a criar a versão Sport da Montana. Inicialmente, ela era vendida apenas com motor 1.8 Flexpower. Mas seu custo/benefício era muito ruim. Por causa disso, hoje, a versão Sport também pode ser encontrada com a motorização 1.4 Econo.flex. Mas qual delas vale mais a pena?

Começando a avaliação pela opção mais antiga, a Montana Sport 1.8 tem como seus principais trunfos a força do motor e os equipamentos de segurança. Se fizer questão de freios com sistema ABS e airbag duplo, esta é a única versão da picape que conta com estes itens. A dúvida poderia acabar aqui. Mas, se ela persistir, saiba que a GM cobra muito pela Sport 1.8: R$ 48.187.

Chevrolet-Montana-Sport-2010-Brasil-GM

A Montana “esportiva” sai de fábrica ainda com barra de proteção do vidro traseiro, protetor de cárter, direção hidráulica, brake light, vidro da janela traseira escurecido e corrediço, vidros verdes, regulagem de altura dos bancos dianteiros, capota marítima, regulagem elétrica dos faróis, alarme anti-furto, ar-condicionado, vidros, retrovisores e travas elétricas e preparação para som.

O apelo esportivo é garantido pela barra de proteção do teto na cor do veículo, faróis de neblina, pára-choques, maçanetas e capas espelhos na cor do veículo; spoiler lateral e rodas de alumínio de 15″.

O motor 1.8 8V Flexpower é o velho conhecido de todos. Ele desenvolve 112 cv com gasolina e 114 cv com etanol e 17,7 mkgf com qualquer um dos combustíveis. Segundo a Chevrolet, a capacidade de carga das versões Sport da Montana é de 700 kg, não importando o propulsor.

Já a Montana Sport 1.4 custa R$ 40.244 e tem os mesmos equipamentos da Sport 1.8, com exceção do ABS, airbag duplo e retrovisores elétricos, que não são nem opcionais. Uma vergonha para a Chevrolet, que deveria oferecer estes itens (especialmente os de segurança) para todos os seus veículos no Brasil.

Chevrolet-Montana-Sport-2010-Brasil-GM-interior-painel

O motor 1.4 Econo.flex desenvolve 99 cv de potência e 13,2 mkgf de torque com gasolina e 105 cv e 13,4 mkgf com etanol. A Montana Sport com a motorização menor é 38 kg mais leve se comparada à 1.8: são 1.115 kg, contra 1.153 kg. Por causa disso, a diferença de desempenho entre as duas versões diminui, mas a 1.8 anda mais (e bebe mais). Quando a picape esta carregada, a força extra do 1.8 faz ainda mais diferença. Mas, no uso do dia a dia, a 1.4 dá conta do recado sem problemas.

Para os jovens, o desempenho costuma ser um item avaliado com carinho na hora da escolha de um carro. No caso da Montana, ele também pesa, mas não o suficiente para a versão Sport 1.8 ser escolhida como a melhor opção de compra.

Se os equipamentos de segurança não forem importantes para o interessado, compre a Sport 1.4, porque ela tem o mesmo visual, espaço interno e na caçamba e quase todos os equipamentos de série da irmã 1.8, além de um motor honesto. E, com a diferença de preço (R$ 7.943), é possível pagar o valor do IPVA e do seguro.

Texto que escrevi originalmente para o Jalopnik Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *