Montadoras nacionais fazem anúncios bombásticos

Fiat/Divulgação

Por essa ninguém esperava. Chevrolet, Fiat, Ford e Volkswagen fizeram um grande pronunciamento hoje no início da tarde, na sala de convenções de um luxuoso hotel em São Paulo. As quatro grandes da indústria automotiva nacional revelaram grandes lançamentos e novidades para o Brasil em 2010 e 2011.

Começando pela Chevrolet. A empresa se mostrou tão animada com o Agile que uma versão cupê cabriolet do veículo já está em fase final de desenvolvimento, sendo a grande atração da marca para o Salão do Automóvel de São Paulo deste ano.

O Agile CC contará com a inédita versão melhorada do motor 1.8 Flexpower, que terá 122 cv com gasolina e 128 cv com etanol, além do câmbio Easytronic. Vale ressaltar que o propulsor terá a média de consumo melhorada, ficando na casa de 11 km/l com álcool na cidade – muito boa por sinal.

Chevrolet/Divulgação

A dupla Astra e Vectra GT terá um realinhamento de preços. Sem perder ou ganhar nenhum equipamento, o primeiro vai custar a partir de R$ 43.000, enquanto o segundo poderá ser encontrado por R$ 46.000. A versão GT-X custará R$ 52.000.

Mas a grande surpresa da General Motors ficou para o final da apresentação. O motor 2.4 Ecotec, que equipa atualmente o Captiva, vai virar flex e irá equipar o Cruze, que será lançado em janeiro de 2011. Antes disso, ele será usado, a partir de maio, na família Vectra e Zafira, nas versões top de linha (Elite).

Já a Fiat está trazendo de volta, de forma aperfeiçoada, uma de suas fracassadas tentativas do passado. O Siena seis marchas é a nova aposta da marca italiana. Mas, ao invés do motor 1.0, o sedã compacto será equipado com o propulsor 1.8 16V flex da FPT Tritec, virando um verdadeiro foguete. Por ser leve, o modelo vai atingir 200 km/h de velocidade máxima.

Uma nova versão do Palio Citymatic, com motor 1.0 16V Fire foi cogitada, mas o projeto ficou para 2012.

O esperado Bravo terá seu lançamento antecipado para agosto deste ano, com duas opções de motor: 1.6 16V e 1.8 16V. O melhor de tudo é o preço: a versão de entrada parte de R$ 46.000 com airbag duplo, freios ABS, trio elétrico, ar-condicionado, direção hidráulica e sistema de som com comandos no volante e conexão bluetooth para celular. Com isso, o Stilo, que também passa a ter motor 1.6 16V, terá seu preço reduzido para R$ 42.000.

Finalizando, com a chegada do Novo Uno, o atual Mille terá seu valor reduzido para R$ 18.000. A intenção dos italianos é derrubar o Gol da liderança do mercado.

Ford/Divulgação

A união faz a força
O anúncio mais bombástico do evento foi feito pela Ford e pela Volkswagen, em conjunto. As empresas estão criando a Autolatina 2, nova parceria para compartilhar lançamentos e tecnologias.

O primeiro fruto chega já em setembro, com um novo sedã médio da Volks, baseado no Focus Sedan, que vai ficar situado no mercado entre o Polo Sedan e o Jetta. Ainda não está certo, mas seu nome deverá ser mesmo Santana. O motor será o 2.0 16V Duratec flex da família Focus.

Volkswagen/Divulgação

Em contra partida, a nova Courier será uma versão Ford da picape Saveiro, e terá cabine simples, estendida e dupla. Finalizando o anúncio, além da versão quatro portas do Ka, e da confirmação do lançamento do novíssimo Fiesta (baseado no europeu) já em setembro de 2010, a Ford anunciou que a versão SUV da picape Amarok será inspirada no Edge que, por sua vez, terá o seu preço reduzido para R$ 99.900, já a partir da próxima segunda (5).

Na última fala do anuncio, a Volks confirmou que o Golf VI mata o nosso Golf IV,5 em outubro deste ano.

(Nada como uma boa mentira para comemorar o dia 1° de abril)

Fonte: Jalopnik Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *