Novo SpaceFox está caro, embora mais barato e melhor

A Volkswagen lançou ontem a nova linha do SpaceFox. Como esperado, as melhorias recebeidas pelo Fox também foram aplicadas na perua.

O visual ficou muito bom! A dianteira, inspirada no Polo europeu, é a mesma do Fox, mas com uma barra cromada na grade inferior. A traseira ganhou lanternas com linhas mais retas, lembrando até as do principal concorrente, o Palio Weekend, só que mais largas.

O interior também ficou igual ao do Fox. Além do acabamento de melhor qualidade, os instrumentos do painel agora são de um carro de verdade, e não de um carrinho de brinquedo, como o da versão anterior.
O SpaceFox será vendido em duas versões de acabamento (1.6 e Sportline) e já sai de fábrica, desde a versão de entrada, com ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, alarme antifurto e luzes de seta nos espelhos retrovisores. A versão mais requintada, a Sportline, tem ainda airbag duplo, freios com sistema ABS, sensor de chuva e rodas de liga leve. O modelo pode ainda ser equipado com o câmbio manual automatizado I-Motion, com direito a borboleta atrás do volante para trocas de marcha.

Confira a lista de preços do novo SpaceFox:

. SpaceFox 1.6: R$ 48.790
. SpaceFox 1.6 I-Motion: R$ 51.460
. SpaceFox 1.6 Sportline: R$ 55.190
. SpaceFox 1.6 Sportline I-Motion: R$ 57.860

Dependendo da posição do banco traseiro, o espaço do porta-malas pode variar entre 430 litros e 527 l (sem contar a rabatimento do encosto). O motor é o já conhecido 1.6 VHT Total Flex, que desenvolve 101 cv de potência com gasolina e 104 cv com etanol. Não existe nenhum plano, para um futuro próximo, da perua ser vendida com outra opção de propulsor.

No bolso
Em relação à linha anterior, o novo SpaceFox ficou ligeiramente mais barato. A antiga versão de entrada custava R$ 49.359, enquanto a nova tem valor sugerido de R$ 48.790. Com as melhorias (acho que nada mudou para pior), o SpaceFox ficou com aspecto de um automóvel de R$ 50.000, diferente da versão anterior, que era pobre até para um veículo de R$ 40.000.

Entretanto, o SpaceFox está caro. Ele deveria partir de R$ 44.900 com os mesmos equipamentos de série, deixando a versão com câmbio I-Motion por por R$ 46.500, o Sportline por R$ 48.900 e o Sportline I-Motion por R$ 50.900. Com todo respeito a quem deseja comprar um SpaceFox Sportiline I-Motion, parece piada pagar R$ 57.860 no modelo (e esse preço deve estar sem pintura metálica). Acima de R$ 55.000, o leque de opções aumenta muito, então o SpaceFox perde o sentido de compra.

Na Argentina, os preços do novo SpaceFox variam entre R$ 29.000, na versão Comfortline (a de entrada), e R$ 37.000, no acabamento Highline (o topo), com bancos com revestimento em couro e câmbio I-Motion.

Comentários (16)

  1. Se tem louco comprando CrossFox, com certeza vai ter louco comprando essa Space top de linha…

    O que eu achei interessante foi a VW disponibilizar varios itens de série já na versão de entrada, enquanto o CrossFox o ar condicionado é opcional.

    Mas eu concordo com o Parizzi, ela ficou muito melhor que antes.

  2. Será que a Volks tirou os barulhos que tantos proprietários reclamavam?, será que vale a pena pagar tudo isso por um derivado do Fox?, só o tempo dirá.
    Em tempo 7.000km e a satisfação só aumenta, são tantas emoções.

  3. Na Argentina os preços variam de 29 mil a 37 mil. E nós criticamos e ridicularizamos os hermanos com propaganda de… cerveja! Nada melhor para embotar a mente.

    É a sina do brasileiro: fazer papel de OTÁRIO.

  4. Sei que aqui ninguém é trouxa de comprar carro zero: paga dois e leva um. Tá na hora de mobilizarmos amigos e parentes menos antenados no mercado. Caraca, tá na hora de valorizar nosso dinheiro, pô!

  5. A volts só tem preço caro ,os carros tem suspensão pecima bate a carroceria inteira e ainda tem preços muito elevados porque que não fecha está fábrica ou fabriquem carros com suspensão melhor ,porcaria de carro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *