Rápidas Impressões: novo Uno, o compacto fenômeno

Essa é a terceira vez que o Mario Cesar participa da seção Impressões do De 0 a 100! Mas, dessa vez, ele não comprou um carro novo. Ele apenas trocou de carro temporariamente depois que um imprevisto com seu Chevrolet Vectra GT. Agora foi a vez dele mandar suas impressões de um dos maiores sucesos do mercado brasileiro de carros atualmente: Fiat Uno. Vejam os pontos positivos e negativos do Fiat Uno Vivace 1.0 flex (com 10.121 km rodados), numa análise mais curta, já que o veículo só ficou com ele por poucos dias.

Quem quiser participar do Impressões, como o Leônidas, o Rafael, o Jow, o Hugo, o Bruno, o Joathan, o Leônidas (de novo!), o Hugo Leite, o Pedro, o Piauí Jr., o Renato Dantas, o Mário Cesar, o Mário Cesar (de novo!), o Renato Dantas (de novo!), o Joathan (de novo!), o José Barbosa Júnior, o Jefferson de Oliveira, eu mesmo (Volvo XC60 e Astra), o Leonardo Vilela e o Mário César (mais uma vez!), basta enviar um e-mail para renatoparizzi@gmail.com. Fale um pouco sobre o seu carro. Descreva os pontos positivos, negativos e conte alguma coisa curiosa! E não se esqueça de mandar fotos do veículo (só serão publicados posts com fotos). Garanto que a placa (ou algum outro detalhe) não será mostrada.

PONTOS POSITIVOS
– Bom acabamento interno
– Econometro (apesar de não fazer tanta diferença na cidade, acho que na estrada é um bom meio de medir o consumo)
– Painel do carro de fácil leitura
– Posição de dirigir elevada
– Bom espaço interno para quem vai na frente (motorista e carona)
– Bancos revestidos com um bom tecido
– Freios eficientes (para o tamanho do carro)
– Ar-condicionado funciona de forma eficiente

PONTOS NEGATIVOS
– Motor 1.0 muito fraco
– Consumo elevado
– Controles dos vidros elétricos dianteiros ficam no painel (perto do radio)
– Falta de tecido nas portas
– Falta de espuma no banco traseiro
– Porta malas minúsculo
– Falta de conta-giros no painel
– Farol alto do carro é muito fraco
– Isolamento acústico precário
– Falta de airbag
– Falta de ABS
– Cintos traseiros não tem pré tencionamento
– Cinto traseiro do meio é de apenas 2 pontos

Opinião do blogueiro
Agora que o Uno tem um tempo razoável de mercado, fica mais fácil para analisá-lo. Primeiro ele é um sucesso de vendas. Segundo, ele tem potencial para vender ainda mais.

Eu acho o Uno um carro legal. Se eu tivesse necessidade e dinheiro, eu até pensaria em comprar um Uno Way 1.4 para andar nas “belas” ruas das cidades brasileiras. Gosto do visual do carro, embora eu não colocasse nenhum adesivo ou detalhe de personalização.

Eu escolheria o 1.4 porque ele é praticamente outro carro se comparado ao Uno 1.0. O desempenho extra faz o compacto andar de forma muito mais tranquila e silenciosa.

Para o Uno vender ainda mais, a Fiat precisaria fazer algumas mudanças. Uma delas seria na ergonomia do veículo, passando os comandos de abertura dos vidros elétricos do painel para as portas. Outra seria colocar ajuste de profundidade ao volante. Também seria bem-vindo rechear todas as versões com mais equipamentos de série – onde os chineses se destacam.

Será que seria muito caro tornar de série para toda linha Uno ajuste de altura do banco do motorista, terceiro apoio de cabeça para o banco traseiro, cintos de segurança dianteiros retráteis de 3 pontos com regulagem de altura, cintos de segurança laterais traseiros retráteis de 3 pontos, comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível, desembaçador com ar quente, desembaçador do vidro traseiro, limpador e lavador do vidro traseiro, retrovisores externos com comando interno mecânico e volante com regulagem de altura – alguns itens já são de série em determinadas versões do Uno, mas deveriam ser em todas.

Motor 1.0 Fire Flex deixou a desejar em desempenho e consumo de acordo com o internauta
Fotos: Mario Cesar/Arquivo pessoal

Comentários (16)

  1. Já andei em um novo uno 1.0 alugado. o pior 1.0 que já dirigi, balança muito a carroceria, e o motor nao anda, eu sofria para manter 110km em sp onde o limite é 120 isso em linha reta, realmente me decepcionou, achei que era o carro especifico, depois andei em um da empresa que trabalho. mesma coisa, o interessante é que o palio fire anda mais, acho que nao ficou legal o trabalho da fiat nesse motor evo.

  2. Também tenho um Vectra GT e fiquei curioso com “”imprevisto”” se puder relatar!! Seria interessante saber o que houve, preço de manutenção, peças (se for o caso)!
    Quanto ao Uno, já fiquei com um alugado também da Localiza. Extremamente RUIM!!! Péssimo! Prefiro minha Brasilia amarela 1973!!!
    abraços!!!

  3. Uma breve impressões de carros alugados que já pequei:
    Engraçado que já peguei alguns carros alugados da Localiza (Novo Uno em Brasila DF; Celta em Porto Alegre-RS e Fiesta em Recife PE) todos 1.0 com ar, e tive a mesma impressão com todos: parecem muito fraco comparado com carros que não são de locadora!!!
    Será que to pirando o cabeção?? kkkkkkkkkkk
    Mas de todos o pior em motor foi o Uno. Celta o melhor, mas compraria o Fiesta, acabamento mto bom, motor mais ou menos. Apenas a nova frente asiática dele que me decepciona!
    abraços!
    André leite

  4. Vou levar porrada por todos os lados, mas pagar R$ 40.725,00 por uma privada com volante completo é de lascar, ou mesmo qualquer valor por esta porcaria chamada de “novo Uno”, se não houvesse escolha eu ficaria com um J3, acredito ser mais carro.

  5. Um amigo comprou o Way 1.0 em desembro/2010, é já perdeu as contas de quantas vezes levou na autorizada.
    Motor falha, e o compressor do ar condicionado arma e desarma a cada 40 segundos, segundo a Fiat, essa do compressor é pra economizar combustível. Imagina andar em um carro 1.0 que arma e desarma o compressor a todo o estante.
    Definitivamente passo…

    Hugoas.

  6. Eu comprei um Novo Uno Way 1.0 10/11 em Dez, ele é meu 2 carro, embora tenha uma série de coisas q deveriam ser melhoradas o carro agrada no geral, no meu caso e de muitos outros usuários, o maior problema é o motos Evo 1.0, além de ser fraco, barulhento e beberão, ele está apresentando uma falha no motor perto dos 3000 RPMs, o pior que a falha piora muito quando abastecido somente com gasolina, com o carro pesado e o ar ligado. Já levei várias x na concessionária e eles reconhecem o sintoma mas dizem q é a característica do Novo Uno.
    P obter maiores informações visitem o site Clube do Novo Uno ou a comunidade no Orkut.
    Espero ter ajudado alguém q pença em compra-lo.
    Sds.
    Carlos Monteiro

  7. “Garanto que a placa (ou algum outro detalhe) não será mostrada.”

    Acho que esqueceram de esconder o detalhe desse carro aí, rsrsrsrs …

  8. Imaginem esta privada com volante nas ruas do Rio de Janeiro mais precisamente em bangú, onde a temperatura no verão beira a casa dos 42 graus centígrado, e o ra ligando e desligando a cada 40 segundos, os passageiros vão achar que estão numa sauna ambulante, é de lascar.

  9. O carro é até legal. Esse mostrador a la Mini Cooper. Mas o que não me agradou no Uno foi o espaço interno que poria ser bem melhor inclusive para os passageiros do banco de trás.

    E segundo já relataram o motor, mas quanto a isso não posso falar pois não o guiei. O que sei é que carro 1.0 + AC só dá certo em duas situações: engarrafamento; via de trânsito livre e constante. No anda e para da cidade com quebramolas e semáforos dale pé direito e motor 1.0 sempre com rotação alta e motor cheio. Se bem que o CLIOZINHO depois de embalar pode aliviar o pé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *