“Aliança rebelde” do Greenpeace luta contra o Império Volkswagen

O novo Volkswagen Passat fez um enorme sucesso na TV nos Estados Unidos por causa de uma propaganda ligada ao filme Star Wars. No comercial, uma criança vestida de Darth Vader tentava usar a “força” para mover objetos, tendo êxito apenas com o sedã da VW, único “ser não vivo” que se manifestou.

Greenpeace repete a estratégia Star Wars mas para fazer uma campanha contra o Império Volkswagen. Eles querem que a marca alemã seja mais ecológica, produzindo carros cada vez menos poluentes e mais econômicos.

Nos vídeos, o Greenpeace assume o papel da Aliança Rebelde, enquanto a Volkswagen se torna o Império. O conteúdo ficou criativo e interessante.

Tenho certeza que a Volkswagen já está preparando novidades “verdes” para todos os mercados onde ela atua. Logo a marca voltará a ser um Jedi. Veja abaixo o Manifesto Rebelde.

Manifesto Rebelde

Nossa casa – a Terra – está encrencada. A Volkswagen se opõe a duas leis essenciais na Europa para tirar nosso planeta do caminho de Alderaan (adeus): maior controle de emissões de CO2 e implementação de carros mais eficientes. Mas ainda não é o fim. Nós sentimos o bem na Volkswagen.

Todos nós Rebeldes estamos pedindo para que a Volkswagen saia do lado negro da Força e dê uma chance ao nosso planeta.

1. Promova cortes de emissão de CO2 mais ambiciosos

Apesar de “reputação verde”, a Volkswagen está gastando milhões de euros todo ano para financiar grupos lobistas que tentam impedir que a Europa eleve seu compromisso com a redução da emissão de gases de efeito estufa de 20% para 30% em 2020. Empresas progressistas – como a Google, Ikea, Sony, Unilever e Philips – apoiam a meta. A Volkswagen não pode ficar para trás.

2. Apoie melhores padrões de eficiência de combustível

Carros mais eficientes são mais baratos de se manter, usam menos petróleo e emitem menos CO2. A Volkswagen tem um longo histórico de lobby contra a implementação de padrões necessários para nos livrarmos do vício do petróleo, mas deveria fazer justamente o contrário, já que é a maior companhia automotiva na Europa e portanto possui a maior responsabilidade.

3. Fale menos e faça mais

A Volkswagen diz que quer ser a “montadora mais ecológica do mundo”, mas apenas 6% dos carros vendidos em 2010 eram modelos eficientes. Há tecnologia para fazer melhor. A Volkswagen precisa divulgar seu plano para tornar sua frota inteira livre de petróleo até 2040.

Comentários (6)

  1. As montadoras tem a solução híbridos ou totalmente elétricos, mas se fizer isso o mundo árabe vai cair de pau neles, a Petrobrás vai fechar, seus acionistas vão a falência e assim por diante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *