Suposto Honda City 2013 aparece em imagens na internet

(post atualizado no dia 21/08, às 12h05)

O JokeForBlog publicou uma imagem (acima) que seria da primeira reestilização do Honda City. Já o Paul Tan´s Automotive News (abaixo) revelou imagens de um folder mostrando como o modelo deve ficar. Pelo andar da carruagem, esse deve mesmo ser o visual do sedã. Lançado em 2008, já está chegando a hora do face lift para enfrentar a concorrência por mais alguns anos.

Mas a Honda só deve alterar o City no Brasil depois que o novo New Civic chegar por aqui, o que, segundo rumores, pode acontecer ainda em 2011, embora tudo ainda aponte para 2012.

Reparem nas imagens que a dianteira do City está um pouco mais robusta, lembrando um pouco a do Accord – tudo por causa da grade e do para-choque remodelado. A traseira também muda, com alterações nas lanternas e no para-choque. A lateral terá novas rodas. Por dentro, o acabamento deve evoluir, mas não muito – mudanças na padronagem dos tecidos e no painel.

O City é vendido no Brasil em quatro versões: DX, LX, EX e EXL – todas com motor 1.5 16V flex, que desenvolve 115 cv de potência e com gasolina e 116 cv com etanol e 14,8 mkgf de torque com qualquer combustível. São duas opções de câmbio de cinco marchas: manual e automático. O sedã da Honda mede 4,40 m de comprimento, 1,65 m de largura, 1,55 m de altura e tem 2,55 m de distância entre-eixos. O modelo leva bons 506 litros no porta-malas e seu tanque tem capacidade para apenas 42 l.

De série, todas as versões do City saem de fábrica equipadas com direção hidráulica, ar-condicionado, airbag duplo, banco do motorista regulável em altura, banco traseiro bipartido, alarme, coluna de direção regulável em altura e profundidade, trio elétrico e descansa braço dianteiro e traseiro – entre outros itens.

Sem dúvida o City é um excelente carro. Mas, infelizmente, não podemos esperar um corte nos salgados preços praticados pela Honda com o lançamento da nova linha. Mas, quem sabe com a chegada de novos concorrentes, o City não fica mais barato? Por enquanto, os preços são esses:

Honda City DX MT – R$ 53.620
Honda City DX AT – R$ 57.500
Honda City LX MT – R$ 57.420
Honda City LX AT – R$ 61.300
Honda City EX MT – R$ 62.975
Honda City EX AT – R$ 66.855
Honda City EXL AT -R$ 72.625

De janeiro a agosto de 2011, foram emplacados 18.697 unidades do City, uma média mensal de 2.337 carros.

Comentários (14)

  1. EU ACHO ESSE CARRO MUITO CARO PELO QUE ELE OFERECE… EU SEI QUE ISSO NÃO VAI ACONTECER, MAS PODERIA VIR COM MAIS UM ITEM DE SÉRIE… UMA REDUÇÃO DE PREÇO… JÁ AS MUDANÇAS, A FOTO NÃO É DAS MELHORES… NÃO DÁ PRA FAZER UM JULGAMENTO.

  2. Traseira feia!!!
    Lanterna estranha!!!
    E certamente uma linda propaganda com slogam: NEW CITY, o melhor ainda melhor!!!!!! E claro MUITO mais caro!!!

    Como eu fico com um carro mais de 5 anos, e me apego a eles, rsrsrsrs, até pensei em pegar o City, mas ao ir na concessionária o vendedor me desanimou!!!!! Ele me falou o preço!!! Sai correndo!!! Kkkkkkk

    Abraços

    André Leite

  3. Uma correção Parizzi, todos os carros da Honda utilizam direção elétrica assistida e não hidráulica, é caro?, sim não resta dúvidas poderia vir com mais itens de série na versão SX e LX, mas vale cada centavo pago, 31.000km sem nenhum problema nem barulho.
    Um verdadeiro automóvel.

    • Difícil mesmo é acreditar que alguém use “mau” no lugar de “mal” como você fez. Não é à toa que tem um City. Isso é mesmo carro pra quem é culto e estudado…

  4. Acredito que um face lift fará bem ao visual do CITY. Possuo um 2011 modelo DX e não tenho do que reclamar com relação ao carro. Comprei sabendo do que o carro seria capaz de me oferecer. Não possui extravagancias mas atende 100% ao que se propõe (carro economico e sem barulhos, mantendo um preço de revenda com atendimento HONDA. No entanto não acho que utilizar a grade cromada fará o carro ter um design mais avançado. Cromados, ao meu ver, faz parte do passado. Concordo com alguns leitores de que ele pode oferecer mais equipamentos por menos, ou pelo mesmo valor (exemplo faróis de neblina ou sensor de estacionamento.

    Fernando

  5. Como dito anteriormente, é caro, mas vale realmente cada centavo. Tenho um City EX AT 2011, faz 8,5km/l na cidade, o que é considerado econômico para um carro AT. Fantasticamente confortavel e sem barulhos. Não me arrependo da compra e recomendo o carro.

    • Lamento informar que meu Cobalt 1.8 AT6 “beberrão” e com “motor velho” está fazendo 8,8km/l no computador de bordo. E olha que sempre que vejo um City na minha frente acelero e passo… por cima… KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  6. Sinceramente, estou pensando em comprar um city… a decisão veio depois de comprar um fit para a esposa… todo mundo fala que é caro, só que vale cada centavo… só quem já teve um honda sabe que não tem como comparar com outras marcas… quando saio do fit e entro no fox, é como voltar no passado e sair de uma brasilia e entrar em um monza… minha esposa gostava do meu fox, mas, depois que acostumou com o fit, ela acha o fox um LIXO!!! então, para quem pode pagar (e não precisa de carro para aparecer – para isso existe o veloster e o kia soul que pode ser envelopado de amarelo ou laranja), os “automóveis” da honda são excelentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *