Renault Duster pode fazer sucesso no Brasil?

O Renault Duster chega para abalar o mercado nacional – pelo menos o segmento. Por questões de preço e proposta, ele é o primeiro concorrente direto do EcoSport. Mas, pelo visto, os franceses miraram no Hyundai Tucson para criar o adversário do Ford. Logo, ele une características dos dois veículos para se tornar um modelo bem atraente para os brasileiros.

O Duster aproveita o espaço dos irmão mais velhos Logan e Sandero para garantir conforto aos ocupantes. Externamente, o modelo chama a atenção pelo tamanho e “aspecto”. Ele é maior e mais robusto que o EcoSport, ficando bem próximo do Hyundai Tucson. Fiquei até com a impressão do modelo da Ford ter ficado com aparência mais fragilizada e “feminina” perto do novo Renault.

Confiram alguns números:

Renault Duster

Comprimento: 4,31 m
Largura: 1,82 m (sem espelhos)
Altura: 1,69 m
Entreeixos: 2,67 m
Vão livre do solo: 21 cm

Hyundai Tucson

Comprimento: 4,32 m
Largura: 1,83 m (sem espelhos)
Altura: 1,73 m
Entreeixos: 2,63 m
Vão livre do solo:19,5 cm

Ford EcoSport

Comprimento: 4,24 m
Largura: 1,97 m (com espelhos)
Altura: 1,68 m
Entreeixos: 2,49 m
Vão livre do solo:  20 cm

Gostei do visual do Duster, especialmente ao vivo. As linhas são simples, com traços mais retos, não negando a origem simplória do leste europeu. Provavelmente vai agradar o público brasileiro, mas temo pelo design do modelo ficar velho muito rápido, especialmente depois da chegada da nova geração do Ecosport. Vamos ver o que acontece.

O novo Renault é ofertado com duas opções de motorização: 1.6 16V Hi-Flex e 2.0 16V flex, ambos velhos conhecidos do consumidor brasileiro. Rodando, o Duster 1.6 tem comportamento interessante, sem “gracinhas”. Com 110 cv de potência e 15,1 mkgf de torque com gasolina e 115 cv e 15,5 mkgf com etanol, o motor 1.6 é suficiente para o modelo, sem garantir alto desempenho. Mas o Duster 2.0, vindo do Mégane, é mais gostoso de dirigir. O propulsor maior, que tem 138 cv e 19,7 mkgf com o combustível fóssil 142 cv e 20,9 mkgf com o derivado da cana-de-açúcar, faz a diferença.

Em relação à tração, como esperado, o Duster pode ser encontrado em versões 4×2 (1.6 e 2.0) e 4×4 (2.0). São três opções de câmbio: manual de cinco marchas (1.6), manual de seis marchas (2.0) e automático de quatro marchas (2.0). Um aspecto interessante do noro Renault é o espaço do porta-malas. As versões com tração dianteira do Renault levam 475 litros, enquanto o 2.0 4×4 pode transportar até 400 l.

Por dentro, o Duster tem acabamento simples. Provavelmente este será um dos pontos a serem evoluídos pela Renault nos próximos anos. Pelo menos o espaço é bom. O ponto que mais me desagradou foi a posição de dirigir. Mesmo com ajuste de altura do banco e da coluna de direção, não consegui encontrar uma posição agradável – mesmo depois de 40 minutos! O volante é muito perto do painel, problema que seria resolvido com um ajuste de profundidade. Mas entendo que sou muito alto, por isso não levem tanto em consideração esta minha reclamação.

Conheça as versões e os itens de série:

Duster 1.6 16V: É o modelo de entrada da gama, tem tração 4×2 e traz sob o capô o motor 1.6 16V Hi-Flex, com câmbio mecânico de cinco marchas. Esta versão já vem equipada com roda 16”, ar-condicionado, direção-hidráulica, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas e regulagem de altura do volante. No exterior, retrovisores e para-choques são pretos. R$ 50.900

Duster Expression 1.6 16V: A versão intermediária tem os itens da de entrada além de airbag duplo, banco do motorista com regulagem de altura, vidros elétricos traseiros e alarme. No exterior, diferencia-se pelas rodas de aço estilizada de 16”, barras no teto e a parte superior dos pára-choques na cor da carroceria. R$ 53.200

Duster Dynamique 1.6 16V e Dynamique 2.0 16V: Itens da Expression além de rodas de liga leve (aro 16″), retrovisores exteriores cromados, para-choque traseiro na cor da carroceria, molduras de saídas de ar cromadas, volante e manopla do câmbio revestidos em couro, encosto do banco traseiro bi-partido (rebatível – 1/3 e 2/3) retrovisores externos com regulagem elétrica, computador de bordo, ABS, faróis de neblina, roda de alumínio de 16 polegadas, rádio/CD/MP3/USB/iPod/Aux/Bluetooth com comandos na coluna de direção. R$ 56.900 (1.6) e R$ 60.600 (2.0)

Duster Dynamique com câmbio automático: Apresenta todos os itens da versão Dynamique, mas câmbio automático com opção de troca seqüencial. A tração é 4×2 e o motor, 2.0 16V. R$ 64.600

Duster Dynamique 4×4: Tem tração integral e motor 2.0 16V. Além do sistema de tração, diferencia-se por ter roda de liga leve na cor preta, máscaras negras nos faróis de neblina, pára-choques com duas tonalidades e monograma com a inscrição 4WD (4×4). R$ 64.600

Opcionais: 
Bancos revestidos em couro – R$ 1.500
Pintura metálica – R$ 850

Respondendo à pergunta do título, o Renault Duster pode sim fazer sucesso no mercado nacional. Ele realmente tem um conjunto muito interessante e um custo/benefício atraente. Que venham muitos outros concorrentes para este segmento!

(fotos: Guilber Hidaka/Renault/Divulgação)

Comentários (61)

  1. Terá vendas fracas como todo Renault,que pouco sabe explorar os produtos que tem.
    Ah.. as portas dianteira e os retrovisores são aproveitados do Sandero!Carro da terra do Dracula!!

    Marcus Quintanilha

  2. “O Renault Duster chega para abalar o mercado nacional”, esta frase já foi dita por muitos para: picape Hoggar fracasso total, Linea vendas abaixo da meta, Sentra fracasso, Tiida fracasso, Fluence não sabe se vende ou faz-se doação por parte da Renault, 408 fracasso e assim por diante, jamais este draconiano vai incomodar o Ecosport, quem viver verá.
    A Renault faz questão de ter o pior pós venda de todas as montadoras.

  3. A RENAULT deveria ter usado no DUSTER o motor NISSAN 1.8 (mais forte) em vez do 1.6 (mediano para um carro que passa robustez) e que acaba comprometendo o consumo de combustível já que o carro tem de andar sempre com um pouco mais de pressão no pé direito.

    Comparando com RENAULT STEPWAY o DUSTER é 85Kg mais pesado o que equivale ao peso de mais um passageiro. Porém tem 155 litros de porta malas a mais. Sei que a RENAULT fez um trabalho de engenharia custo/benefício para entrar na casa dos R$ 50 mil e disputar com o ECOSPORT, mas se o modelo for beberrão vai micar. Daí a minha opinição em relação a não ter usado o motor 1.8 do NISSAN TIIDA no DUSTER. Será que este motor é tão mais caro assim. É uma pena. O feedback dos clientes vai falar alto. Quem sabe em 2012 não chega uma versão 1.8 ou todos se tornam 2.0 NISSAN.

    Será que o IPI foi o motivo para não ter adotado o motor 1.8 ou 2.0 em todoas as versões do DUSTER.

  4. Ésta briga ja tem vencedor, Duster.
    O Eco já esta velho demais e, é um carro popular gambiarrado na suspenção para ficar mais alto, torce a carroceria, enfim, não vale o que cobram.
    Estive na Renault vendo o Duster este final de semana e fiquei muito satisfeito com o que vi. Um aproposta bem mais aceitável, transmite robustez pelo conjunto mecânico suspenção e acabamento rústico muito parecido com o consagrado Logan/Sandero, espaço interno maior que a da Tucson (modelo velho, o IX35 eu não sei), tem porta malas, coisa que o Eco não existe (Np Eco você leva um carro de 60K com porta malas de Uno). Com relação ao preço, como infelizmente no Brasil existe um assalto generalizado das montadors, é alto, no entanto, em relação ao que oferece o seu concorrente Eco, e o preço das Tucsons e Sportage vai dar trabalho.
    Já esta na minha lista, gostei.

  5. Quando o duster estiver vendendo bem eu lembrarei aos seca-pimenteiras, as baboseiras que escreveram aqui!
    A Renault como sempre, oference um equivalente aos concorrentes, com um algo a mais e um custo benefício imbatível.
    Não estou aqui defendendo que são os melhores produtos, mais faço uma pergunta a todos, pelos preços que a renault pratica, vocês conhecem produtos melhores.
    Tomem cuidado com as reportagens tendenciosas…cheguei a ler um camparativo entre Sandero e o Novo Gol uma vez que dizia que a distância entre eixos do gol 2,46 para o sandero 2,59 era quase impercepitivel, são 13 centimetros a mais só isso.
    O Duster não é só para as madames levarem seu filhinhos para a escola, conforme vejo muitos ecos por aí, acredito que seja para algo mais…

    Hugoas

  6. Vou fujir um pouco do assunto em questão: Não sou a favor nem contra em relação às marcas. Acho apenas que os comentários de certos internautas devem ser menos tendenciosos e mais inteligentes. Têm muitos que aqui criticam marca X ou Y e na própria garagem possuem um carrinho usado que foi comprado em parcelas a perder de vista!! Acho válido qualquer lançamento que vá dar maior opção de escolhas ao consumidor. Sabemos que o mercado nacional aceita e paga por modelos que não valem 1/3 do pedem, porém, o consumidor têm muitos meios de se informar sem ser influenciado. Quanto ao Duster, vamos ver para crer…

  7. Acredito que fará um relativo sucesso, mas não mais que o Ecosport. E também será provisório, com a chegada do novo Ecosport ficará parecendo o Gol G4 e o Uno (modelo antigo) frente aos outros carros.

  8. Prezado anônimo, favor esclarecer a sua colocação: Qual o problema o projeto do carro ter origem romena?

    Qual a vantagem do carro ter projeto brasileiro? Gol, Palio, Celta, Fox, Ágile, Ecosport, Voyage? Nenhuma dessas merrequinhas é vendido na Europa, EUA ou Ásia. O Fox, após centenas de modificações, não agradou aos alemães e saiu de lá com o rabo entre as pernas.

    Tem gente que dirige carro tailandês (City) feliz da vida, qual o problema?

    Qual o seu carro? O projeto dele é melhor do que o romeno? É um BMW? Audi? Volvo?

    Por favor nos esclareça.

    Outra coisa: também achei o Duster bronco, carro masculino mesmo. Se ele não é carro de macho, então qual carro é? Idea? KKKKKKKK

  9. Carlos Augusto, parabéns pelas suas colocações. Somente quando o brasileiro deixar de ser burro e não sofrer mais lavagem cerebral da 4 grandes montadoras, teremos carros de verdade aqui!!!!

  10. Olá Sr Carlos Augusto,nenhum problema em ser romeno,só que ele é um Dacia marca popular,e por aqui querem passar um aspecto de carro mais luxuoso ou de melhor qualidade,gostei do Fluence mas o pós venda da marca me deixa com receio.
    Quanto ao meu carro,1 projeto alemão,1 nacional e uma pick-up produzida na Argentina com projeto americano.

    Marcus Quintanilha

  11. Marcos Quitanilha, quando certo brasileiro parar com essa de chamar brasileiro de burro só porque falamos a verdade sobre as tranqueiras da Dacia travestidos de Renault, ai sim teremos mais respeitos pelas opiniões, não existe no Brasil só as 4 grandes para escolhermos coisa melhor que este Renault Dacia-Duster, e só procurar.
    Qaunto ao pós venda da Renault e demais francesas, é de tirar o Jó do sério.

  12. Vai vender bastante.

    Carros altos, como as SUV’s americanas, formam uma espécie de “american dream” tupiniquim.

    Infelizmente, não importa se a plataforma é a do Fiesta ou a do Sandero. Se é possível ter um carro grande por um preço camarada, no Brasil se vende. E muito.

  13. Olá sr. Marcus Quintanilha, entendi, mas infelizmente qual montadora aqui no Brasil não supervaloriza seus carros? Infelizmente falta muito tempo para o consumidor brasileiro atingir a maturidade.
    Veja o exemplo recente: A GM alterou o Camaro para atender a legislação européia… Dá para imaginar isso acontecendo aqui no Brasil?
    Parabéns pelo carro alemão, estes sim, considero como os melhores do mundo (além do sueco Volvo).

    Um abraço,
    Carlos Augusto

  14. Prezado sr. Renato Dantas, não sou puxa-saco da Renault, sou a favor de qualquer montadora que não seja as 4 grandes, inclusive as chinesas, que mais cedo ou mais tarde, farão carros de qualidade.
    Quanto mais opções, menor o preço e melhor qualidade (mesmo que seja a longo prazo, no caso do Brasil).

    Um abraço,
    Carlos Augusto

  15. Sr. Marcus Quintanilha, mencionando os carros alemães no Brasil, quero abrir um parênteses para a Volks: mesmo considerando o Jetta (2.5, claro) e Passat CC verdadeiras máquinas, tem o Golf e Polo, inicialmente antenados com a Europa mas que descambaram: é uma vergonha o Golf fabricado no Brasil.
    Gol, Voyage e Fox (a suspensão é digna de pena, assim como a do Polo) comparados ao que a própria Volks fabrica na Europa são “sub-carros”. Kombi então não merece nem comentários…
    A questão é a seguinte: de quem é a idéia em produzir merrecas com sotaque alemão – a filial brasileira ou é ordem da Matriz?
    Isso demonstra que o brasileiro age como o porco: se alimenta da comida misturada ao próprio excremento.

    Um abraço,
    Carlos Augusto

  16. Prezado Sr.Carlos Eduardo,infelizmente não tenho procuração para defender montadora alguma e também não sou acionista da Renault.
    A questão da qualidade e segurança dos veiculos nacionais e meramente do consumidor mas de responsabilidade governamental.E a equiparação com as normas européias deveria ser exigida pelo mesmo.
    Se a francesa quer atacar o Ecosport que faça um produto de qualidade e com um farto pacote de equipamentos e não com uma reedição do Gordini Teimoso.
    Aos interessados e acionistas da Renault,que não é meu caso,basta conferir mês a mês as vendas deste vampiro car…..
    Na questão da qualidade o Renault Megane era um legitimo frances não?Pois bem nem o Lada Samara causou tanto dissabores aos seus proprietários quanto ele,modernidade talvez,mas qualidade é fundamental.
    Quanto a alimentação do Brasileiro,vossa senhoria parece saber mais que qualquer um.

    Um grande abraço.

    Marcus Quintanilha.

  17. Correto Sr. Marcus Quintanilha, eu me incluo nessa, tenho um Polo 1.6 2008, excelente câmbio e motor, mas paguei caro por um carro sem ABS e Airbags, além dos problemas crônicos da suspensão que em 3 anos de uso precisou ser trocada por duas vezes.

    Um abraço,

    Carlos Augusto

  18. Está na hora de acontecer a “Primavera Brasileira” contra escravatura da classe média neste país. A gente se fode de todas as fomras possíveis. Para dar um exemplo: Um Duster 4×4 diesel completo custa na alemanha 13900 Euros x 2.6 = R$36.140, Para mim que sou portador de deficiencia fisica, o veículo TOP, com isenção de IPI e ICMS + 7% desconto de fábrica me custaria R$48.000. Prova que somos assaltados. Este país é uma merda! O Carro é importado em CKD e o montor e caixa do Megane sao montados aqui. Pode ser mais barato que Tucsn e Eco, mas nao deixa de dser um assalto.

  19. A feiura do Duster é adequada nessa categoria, mais do que em qualquer outra.

    Se chegar o novo super hiper New EcoSport, simplesmente a Renault baixa o preço.

    E não fique esperando ansiosamente pelo EcoSport pois irão cair pra trás quando virem o preço. Isso é garantido!

  20. Prezados

    A verdade é única, estamos defendendo idéias e opiniões que demonstram a nossa condição econômica, eu era cliente da FIAT, comprei um Sandero 08, fiquei um pouco preocupado pelas “lendas urbanas” sobre a marca, mas depois de muitos erros, a Renault tem demonstrado mais preocupação nas necessidades do povo que não tem dinheiro, mas tem disposição para ficar preocupado com detalhes fúteis, o brasileiro que tem condições, investe em carros que muitos de nós nunca teremos condições nem mesmo em financiamentos generosos, onde você compra 01 carro e paga 02, é ainda circula de nariz empinado e peito estufado achando que é destaque por onde passa.
    Na minha humilde opinião, brasileiro gosta é de espaço, preço e alguns acessórios já ultrapassados em marcas que apenas sonhamos, eu não vejo muita discussão de proprietários de Mustang, Camaro, Porsche, Ferrari……….etc.
    Temos que nos preocupar em saber avaliar qual a sua necessidade e condição econômica, quem tem dinheiro não perde tempo com detalhes, mas quem paga o famoso “carnê”, repara até na espessura do papel que o mesmo foi impresso.

    Abraço a todos.

  21. O Duster é barato na Europa, mas a versão de entrada não vem com muita coisa, exceto AB2 e ABS (lei).

    Montar um Duster top sai por € 20.000 na Alemanha ou França. Em Portugal fica em torno de € 25.000.

  22. Elda,
    Quem não foi conhecer de perto não pode opinar…
    Meu esposo me ligou e me disse os caras aqui na firma estão tudo dizendo que gostaram do novo Duster vá conhecer já que estamos para adquirir uma Suv,disse
    logo nem pensar achei ela feia pela net, mas resolvi ir até a Renault sem falar para ele para ver
    o carro e gostei muito do que vi pessoalmente, do acabamento interno
    portanto não concordo com o que dizem do painel e dos plásticos do espaço que é maravilhoso e com ascessorios fica perfeito,agora vamos falar da Eco ando todos os dias em uma e por dentro tem um plastico feio e barulhento o porta malas é de Unão pensava em comprar um mas agradeço por não ter comprado e não entendi por que tanto alardi se fizeram envolta dela será pelo preço, bem a Tucson é show de bola por fora, mas por dentro com relação ao painel é feia e também não fizeram evolução muito grande na carroceria e sobrevivi até hoje, bem achei a Duster muito atraente equipada, pois qualquer carro sem equipamento é feio,parabéns a Renault, Tucson ou Eco vou de Duster…

  23. Tenho um Lada-Niva 95 como meu segundo carro, uso eventualmente no rodízio e para passeios e trilhas nas férias e fins de semana.
    Aguardei muito o lançamento do Duster, devo ir hj após o almoço fazer o test-drive no 4×4. Deve ser menos trilheiro que o Niva, mas muito superior na estrada e cidade, consumo, conforto e confiabilidade. Mas acho que eles vão rever o preço, pois o painel é muuuito fraco, um plasticão bem à lá Strada Adventure um bom carro tb mas na faixa dos 50k. Tem mais dentro de casa a Renault tem o Fluence, embora tenha uma proposta totalmente diferente (tiozão total), tem um acabamento muitíssimo superior, CVT, etc. e … pasmem: custa menos.
    A versão 4×4 a R$ 60k eu sou pagão, acima preciso pensar bem.

  24. Bom senhores…apesar de todos os comentários, comprei uma Duster e estou supersatisfeito….Expression…pintura metálica….para quem entende de materiais, plásticos por muitas vezes são mais utilizados não só para baratear mas também por questões técnicas e, principalmente , de segurança. Há quem não saiba que policarbonato é muito mais resistente que vidro (primeira pancada no vidro, sabem o que acontece…quebra). Acho que temos que apostar mais na concorrência para ver se os carros brasilerios tem significativas melhorias. Não ficar aumentando IPI para proteger os nacionais que sempre foram uma…..agradeço a atenção.

  25. Comprei o duster semana passada e atualmente está com 360km rodados, peguei o 2.0 automático e até agora não tenho o que reclamar, nenhum barulho interno e bem confortável. Rodando na cidade do RJ ele está fazendo 9,1km/l com gasolina comum (consumo urbano), por ser automático e ainda não estar com motor amaciado, eu considero excelente pelo porte do carro. Muita gente tem me abordado na rua para ver e perguntar sobre o carro, no mercado, nas lojas de acessórios, garagem de shopping e etc… muita gente interessada no carro, pelo menos no rj! Só acho que deveria existir um automático 4×4. Após o amaciamento(1000km) eu coloco novo comentário.

  26. TODOS OS COMENTARIOS QUE VI AI ALEM DE SEREM COMENTARIOS PAGOS POR MARCAS: NINGUEM TEM NOÇAO NENHUMA DE CARROS E MARCAS. TODA VEZ QUE TEM LANÇAMENTOS NOVOS, O QUE APARECE SAO MERAS NOÇOES, PALPITES E IDEAS, MUITAS DELAS SEM COMENTARIOS, DA ATÉ VERGONHA.
    O ECO SPORTE É UMA VERDADEIRA BOSTA, O DUSTER: SÓ O TEMPO DIRÁ. ENTAO COMENTARISTA DE IDEAS E SUPOSIÇOES: SEJAM MAIS CAUTELOSOS E PRUDENTES NO QUE DIZEM.
    SEM RECENTIMENTOS…!!

  27. Prezados,

    É muito chato ler um monte de coisas sem sentido, o melhor caro é o meu e pronto, mas quando der problemas eu vendo ou troco e lá vou eu novamente, só isso!!…Eu acabei de comprar um Duster por conta da minha velha e finada Scenic 2.0 16V que me arrastou por 8 anos entre Rio e São Paulo, nada a falar contra a Renault por esse motivo, a minha experiência valeu e vou repetir. Alguém aqui disse que não via donos de Ferrari, Porche, Mercedes e afins reclamando, gostaria de acrescentar que eu, enquanto usuário Renault, não tenho o que reclamar. Em relação aos preço praticados no Brasil, todos que possuem um automóvel pode pesquisar sites de revenda na Europa e Estados Unidos e babarem por preços de CARROS e não carros que temos aqui, mas esse é o momento e vamos aproveitar do melhor jeito. Opinião, cada um com a sua e a amizade continua!!!..

  28. Apenas para informar ao primeiro Sr. a comentar lá em cima em relação as vendas.
    O Duster começou a ser vendido na primeira metade de outubro e fechou o mês com mais de 1.700 unidades, um numero bom para um carro que não iria vender nada.

  29. Nota 10! Comprei Dynamique 1.6 16V. Nada a reclamar, apenas sugestão.
    Falta adesivo preto na coluna B do veículo. Em um carro claro, como o meu, não fica bem esteticamente.
    O para-choque do Dynamique poderia ser como o do Espression (duas tonalidades). Para um carro que passa robustez, isso faz diferença.

  30. Quanta bobagens! Quintanilha e prole, crente que tem razão em alguma coisa que não sabem! Eles nao tem o carro e querem falar o que? Como tenho um, posso falar. Carrinho bem bacana, gostoso de dirigir, confortavel e otimo custo beneficio. Nao tem comparação com o Ecosport. Já o novo Ecosport vai arrebentar, acho.

  31. Srs,
    Sem defesa de marcas, a realidade que no Brasil há um super lucro de todas as montadoras, que talvez, a entrada de novas marcas diminua, enquanto isso melhor apostar em lançamentos modernos, sem essa de marca de confiança que brasileiro adora… fiat. vw, gm, ford.

    Me informe quanto está o consumo da Duster dynamic 1.6 16v rodando na cidade…

    Magalhaes

  32. Olá senhores, estou na Renault já faz um bom tempo, 02 Scenic’s e 01 Logan, nunca tive problemas com a assistência, pelo menos aqui em Belo Horizonte, em especial na Minas France. Agora fui para a Duster 2.0 automática e estou adorando o carro. Quando ela fica lado a lado de sua principal concorrente (Eco Sport), o carro da Ford some.
    Levando-se em consideração os carros vendidos aqui, creio que é uma ótima opção no segmento.

  33. Automóvel Brasileiro e um assalto.. Voce paga o dobro do preco do mesmo aqui no pais.Comprei um Corola aqui por 78k, minha sobrinha que mora em Dalas, Texas comprou um igual completo por 15500’oo Us$. Qual e o problema do nosso pais? Somos mais ricos que nossos amigos do norte? Kleber Recife Pe.

  34. Fiz hoje um test drive com o Duster 1.6 Dynamique, nas fotos parece bem pequeno e feio, mas ao vivo é um carro enorme, bonito e ao dirigir me impressionei muito confortavel, macio, imponente e não faz um barulho na carroceria.
    Tenho um ford fiesta com o chassi igual da ecosport, parece uma carroça batendo tudo, com certeza vou comprar o Duster.
    Aos que só criticam, primeiro comprem ou andem com um Duster antes de falar o que não sabem.

  35. Quem apostou contra se lascou, o tal do Duster ta vindo com tudo, mas, a Ford que não é boba baixou radicalmente os preços do Eco, pra se ter uma idéia, um Eco auto, top de linha custava em 2010 70k, hoje, as concessionárias vendem por 62k e ainda dão emplacamento gratis, tapetes e sensor de ré. Aí o diabo do Eco em janeiro/12 superou o Duster

  36. Fiz um test drive do duster hoje e, pelo que se ele se propõe, gostei… tá certo que não vem com muitos opcionais (sensor de estacionamento, ar digital). Porém, não faz barulho, a dirigibilidade é excelente, tá com preço legal… Certamente eles melhorarão o acabamento. Acho que será bem vendido no Brasil, pelo preço e pelo tamanho… Essa é a mainha opnião.
    Ricardo – Brasília

  37. Ah, vi gente falando mal aí da Renault, mas eu gosto muito, tenho um Sandero, que é um carro de ótima qualidade, sem problemas. O próximo será o Duster ou Fluence… muito obrigada pelo post, me ajudou a tirar algumas dúvidas. Boa semana! =) Renata.

  38. Acabei de comprar um Duster Dinamic, branco, Amei. Me admiro que certas pessoas comparem o Duster e o Soul com o EcoSport, meu Deus esse carro já está ultrapassado há muito tempo, mas brasileiro compra o que está na oferta, gostando ou não gostando da coisa, foi por esse motivo que odinossauro bateu recorde de vendas esses dois meses.

  39. Carro bacana, Aos invejosos que comem sardinha e rotão caviar deveriam saber que gosto é igual a C´- Cada um tem o seu. a maioroa que criticam o carro devem ter em sua calçada uma gol mil ou um uno fire com parcelamento em 60 meses e com no mínimo umas 8 atrasada com mandato de busca e apreenção. Então galera da casa dos 55 a 70 mil comprem sem medo pois o carro é bonito de mais, e caso não gostem no ano seguinte troquem por outro modelo,Pois carro é para ter prazer em dirigir investimento é comprar imóvel, valeu

  40. Comprei um Duster Dinamique 12/13 (Aut) com kit estilo, o carro é fantastico, supera as dificuldades das nossas ruas cheias de burracos e passa bem por ruas alagadas. Aqueles que falaram mal no lançamento agora tem que se render e pedir desculpas a Renault que acertou em cheio com o Duster.

  41. O Duster me agradou muito. Será meu próximo carro. Tenho um FOX, que também nada tenho a reclamar. Após sete anos – acho um carro “valente”. Com relação ao Duster, gostei do Design, da qualidade no acabamento e do preço. Espero já estar com o meu nas ruas nos próximos dias.

  42. Não sou de dar ouvidos à críticas ou elogios – se gosto de um produto, ou serviço – pouco me importa o que os outros acham. Renault Duster, será meu próximo carro.

  43. Tenho um Ford Focus 2008, motor 1.6, “flex”, que nunca me deu problemas, só satisfação. Mas confesso que o Duster da Renault tem me chamado bastante atenção. Vejo-o circulando nas ruas e confesso que estou tentado a trocar meu Focus por um Duster. Só pretendo aguardar mais um pouco porque acho que a Renault brevemente irá equipar o Duster com o motor Nissan 1.8 . Aí, meus caros, ninguem segura esse caro. É só esperar e ver.
    Hamilton

  44. Após ler os comentários aqui “contra” o Duster, todos que meteram o pau, tiveram que fechar a boca!!! Em Maio/2012 o Duster foi o SUV mais vendido no Brasil!!!

    Comerciais Leves mais vendidos em maio/2012.Duster dispara frente a ecosport, o carro caiu no gosto dos consumirores!

    1º Fiat /STRADA 9.868
    2º VW /Saveiro 5.455
    3º GM /Montana 4.664
    4º GM /S10 3.362
    5º Renault/Duster 3.333

  45. Comprei um duster Dynamique, e pensar, que sai da loja da Eco, para buscar o dinheiro, mas entrei na Renault, e ponto final. Esqueci da Eco, que não tem porta-malas, e que é muito inferior na qualidade. Coloquem uma do lado da outra, e verão tudo. Só propaganda não vende converse com quem já tem uma duster, e com certeza não comprarão mais a eco.

  46. Olá Sr(a)s,
    Comprei um Duster 2.0L 4×4 há quase 1 ano e tenho gostado muito dele. Motor bom, câmbio de 6 marchas, sistema de tração muito legal de utilizar em trilhas e estradas de terra nos finais de semana (quando chove então é alegria pura!). Mas o melhor mesmo é pra viajar: espaço interno excelente, assim como o porta-malas.
    Vale a pena ir à concessionária ver.
    Um abraço.

  47. Andei numa Duster hoje e achei que o retrovisor causa tontura, alguém já observou esse problema.? Outra coisa, o carro visto por trás è feio que dói, parece que foram juntando peças e esticando latarias até parecer maior, mas, na minha estética, ficou esquisito, com a bunda levantada é as bochechas infladas, além de que o plástico de dentro é feio de doer e parece reciclado, enfim gosto não se discute.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *