Ford apresenta o novo e moderno EcoSport

Ford-EcoSport-Brasil-SUV-jipe-conceito

Finalmente a Ford revelou, oficialmente, as linhas finais do novíssimo EcoSport. Na verdade a marca mostrou o veículo conceito que dará origem à segunda geração do seu utilitário esportivo, que será lançado ainda em 2012 (como linha 2013) no Brasil (daqui a mais ou menos quatro meses).

O novo EcoSport é um dos produtos mais importantes da história da Ford brasileira, uma vez que o modelo é um projeto global 100% desenvolvido no Brasil. E o modelo realmente já nasceu global, já que foi apresentado simultaneamente em Brasília e em Nova Déli (na Índia).

Ford-EcoSport-Brasil-SUV-jipe-conceito-estepe

Derivado do New Fiesta, o EcoSport 2013 tem design bem mais moderno e agressivo que o atual, fazendo até seus concorrentes, como Duster (direto) e Tucson (quase direto), parecerem antigos. Seguindo a atual linha de design da Ford mundial, o novo utilitário se destaca pela enorme grade dianteira com os faróis com LED (que serão substituídos por convencionais).

Mas a frente (grade, faróis e mais alguns detalhes) e outras partes do veículo devem sofrer alterações para a versão final do modelo, que será produzia (em Camaçari/BA) e vendida no Brasil. O estepe externo na parte traseira será mantido.
Ford-EcoSport-Brasil-SUV-jipe-conceito-linhas-visual

Debaixo do capô, o EcoSport 2013 deverá ser equipado com a dupla de motores flex 1.6 16V Sigma e 2.0 16V Duratec. Na Índia, o novo Ford terá como destaque o propulsor 1.0 EcoBoost. A grande expectativa por aqui é para saber se o novo EcoSport terá como opção a transmissão automática de seis marchas (Powershift) de dupla embreagem que equipa o New Fiesta nos Estados Unidos – o atual EcoSport nacional usa o tradicional câmbio de apenas quatro marchas. Espero que sim!

Na fase final da sua vida, a primeira geração do EcoSport só conheceu seu primeiro grande adversário mais recentemente, quando o Renault Duster foi lançado. E o novato já mostrou para que veio, superando o modelo da Ford nas vendas.

Porém, com a segunda geração, o EcoSport não só ganha fôlego para brigar com o Duster, como também já mostra suas “garras” para disputar terreno com o futuro “Mini-Captiva” e com o mais longínquo utilitário compacto da Fiat.

Fotos: Ford/Divulgação

Comentários (8)

  1. Assim vai ficar dificil ganhar do Duster no Brasil.
    Esse “peneuzinho” na traseira e portamalas minúsculo, continua muito ruim.
    Virou um Crosfox. Off road de criança. Se ver lama, não vai, não.
    E pior, certamente o básico na casa dos 65K e top 80K, continuarão a vender o modelinho antigo por 55K.
    Não passa de um carro normal, com a suspensão calçada para elevar a altura do solo. Se entrar em uma vala mais acentuada,a carroceria torce e a porta não abre nunca mais como antes.
    Parabéns Ford!

  2. Traseira bonita, mas o pneu no porta-mala já era… frente de caminhão. Virá custando mais de 60mil, o 1.6 basicão ser ABS ou Airbag… e o que é pior: vai vender bem.
    Ah, esqueçam os faróis de led.
    Brasil, um pais de Tolos.

  3. A Ford precisa MUITO manter os preços do atual EcoSport para o novo modelo. E precisa também aposentar o atual modelo de vez.

    Como é uma plataforma global, a mesma do New Fiesta, a marca precisa arrumar um jeito de tornar o carro ao mesmo tempo rentável para o fabricante e acessível ao consumidor. Por isso, o EcoSport 2013 deveria custar entre R$ 50.000 e R$ 66.000.

  4. Ficou bacana, vou esperar pra trocar meu atual Ecosport por este. Preferia que o estepe não fosse de fora mas isso não impede de comprar este carro novamente.

  5. Este veículo eh extremamente maravilhoso, o preço esta atrelado a importancia deste projeto e lançcamento no país!

    Tenho um 2007, nunca apresentou defeito e já deixei o meu nome na loja da ford para ser uns dos primeiros de SP a fazer aquisição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *