Conheça o novo Chevrolet Spin sem disfarces

A revista Car and Driver conseguiu um dos flagrante mais esperados do mercado nacional em 2012: revelou o novo Chevrolet Spin sem disfarces. O modelo é bastante esperado porque chega para substituir, de uma só vez, Meriva e Zafira.


Esperei alguns dias para escrever sobre isso porque fiquei lendo a repercussão do aparecimento das imagens na internet: a maior parte das pessoas está profundamente decepcionada com o visual do veículo, que parece já nascer ultrapassado, como aconteceu com o Agile.

Eu prefiro esperar para conhecer o veículo de perto, mas compartilho da decepção inicial. Achei a “maçaneta sorriso” estranha na traseira, assim como a pequena janela localizada atrás da porta traseira. A dianteira segue a linha de design atual da Chevrolet. Mas vou esperar para analisar com mais calma.

Vejam o caso do Logan: ele é feio, mas tem boa relação custo/benefício e ótimo espaço interno e no porta-malas. Pelo visto a Chevrolet deve seguir pelo mesmo caminho – ou talvez apenas pela parte do espaço, se levarmos em consideração os altos preços do Cobalt e, principalmente, do Cruze Sport6.

O nome Spin foi revelado pelo amigo Marlos Ney Vidal, do Autos Segredos. O novo Chevrolet compartilha uma série de coisas com o espaçoso irmão Cobalt, como a plataforma. Os motores também devem ser os mesmos: 1.4 8V Econo.Flex, que desenvolve 97 cv de potência e 12,8 mkgf de torque com gasolina e 102 cv e 13 mkgf com etanol, e o “novo” 1.8 8V Econo.Flex, que nada mais é que o 1.8 Flexpower, mas desenvolvendo 106 cv e 16,4 mkgf com gasolina e 108 cv e 17,1 mkgf com etanol – dados revelados recentemente na Reatech, uma feira voltada a deficientes físicos.

Ainda sobre a motorização 1.8, a Chevrolet pode ter “fechado o bico”, fazendo com que o motor trabalhasse de forma suave, o que diminuiria o nível de ruídos, melhoraria a média de consumo e, por consequência, reduziria o desempenho. Mas não será surpresa se o Spin 1.8 tiver alguns cavalos extras em relação ao Cobalt (como já aconteceu com o 1.4 do Corsa, Agile e Prisma). E, também,  não vou achar surpresa se a Chevrolet resolver não lançar o Spin com o propulsor 1.4 (o que seria um diferencial se o preço for competitivo).

De acordo com a C&D, o Spin deverá ser vendido em, pelo menos, duas versões: LT e LTZ (flagrada). Não será surpresa se tivermos ainda uma LS, de entrada. A LTZ, topo de linha, provavelmente será equipada com ar-condicionado, direção hidráulica, rádio com Bluetooth, ABS e airbag duplo, piloto automático, roda de liga leve de aro 15″ e terá a opção de câmbio automático de seis marchas (AT6), o mesmo do Cruze.

Os preços do Spin, que será vendido com opções de cinco e sete lugares provavelmente a partir de agosto, deve variar entre R$ 45.000 (valor do Meriva Joy 1.4) e R$ 76.500 (Zafira Elite 2.0 automática)  para agosto.

Fotos acima: Reprodução Car and Driver

Atualização 

Veja uma foto do interior do Spin, publicada pelo blog Auto Realidade:

Atualização 2 (01/05/2012)

A revista Quatro Rodas (edição 630 – maio/2012) afirmou que o Spin será equipado com o motor Ecotec 1.8 16V, que já equipe o Cruze e o Cruze $port6. Eu acho que isso nunca irá acontecer.

Comentários (25)

  1. R$ 76mil é muita grana. Este eSPINho só vai ferir os engenheros da GM que criaram um carro com design cansado e preço exorbitante, mas como você disse vamos esperar para ver no que dá.

  2. A Chevrolet começou a dar tiros nos pés! Recentemente foi o “esportivo” cruze hatch a preços totalmente fora da realidade, agora, esta aberração que mais parece uma mistureba de Agile com o J6 da Jac Motors!! Ao contrário do que diz o slogan; a vovó Chevrolet “continua pensando velho, de novo”!

  3. Não achei esse exagero de feio que vocês estão falando. A dianteira é até bonita e a traseira não é mais feia que uma Livina. Podia ser melhor? Claro, mas diante da concorrência, provavelmente vai ser líder de mercado, assim como o Cobalt está nadando de braçada. Aparência é importante, mas não é a única qualidade num carro… O brasileiro valoriza muito espaço, porte, status e um painel bonito. E esse carro tem tudo isso (vi fotos do painel na web). Tenho certeza que vai ter muita senhorinha que não entende nada de auto que vai pensar que é uma minivan importada, por causa do porte. Vai vender muito.

  4. Não achei esse exagero de feio que vocês estão falando. A dianteira é até bonita e a traseira não é mais feia que uma Livina. Podia ser melhor? Claro, mas diante da concorrência, provavelmente vai ser líder de mercado, assim como o Cobalt está nadando de braçada. Aparência é importante, mas não é a única qualidade num carro… O brasileiro valoriza muito espaço, porte, status e um painel bonito. E esse carro tem tudo isso (vi fotos do painel na web). Tenho certeza que vai ter muita senhorinha que não entende nada de auto que vai pensar que é uma minivan importada, por causa do porte. Vai vender muito.

  5. Pessoal dêem uma olhada no site “reclame aqui” e verão uma enxurrada de reclamações que o Cobalt com esse motor 1.4 não está conseguindo subir ladeiras……

    Agora pergunto como pode acontecer isso, se a linha 1.4 da FIAT com motores menos potentes não há reclamações e para este motor 1.4 da GM que é mais potente há????

    Desse jeito a medio prazo o Cobalt vai micar….

    Um abraço

  6. Feia ou bonita a GM possui o motor 1.8 de 8V que hoje eu considero o melhor custo beneficio, tenho colegas que usam gás natural e já rodaram mais de 250m km original. Se esse carro tiver a mesma durabilidade da Meriva e da Zafira, terá boas vendas. Se ficarmos considerando beleza, quais os carros bonitos temos no Brasil Da pra contar nos dedos de uma mão.

  7. design um pouco estranho e previsível…a questão é o custo.
    espero que o automático seja mesmo automático e não igual ao easytronic;

    ass: familia melo.

  8. Vai vender bem pelo menos até a chegada da Lodgy, simplesmente porque não tem concorrência no mercado de 7 lugares, por esse preço. A líder Zafira vai ceder lugar ao monstrinho. A Dobló é veículo comercial, que só vende bem pela falta de opção, mas que é feia pra xuxu. Picasso e Freemont são muito caras. A Carens é cara e tem manutenção ainda mais carens, e a chinoca, bom só sendo meio louco pra comprar um chinoca e meter sua família dentro…
    Pelo que estou vendo de feiura, motores atrasados, etc. (retrato da GM atual), acho que vou acabar esperando pela Lodgy, que pelo menos deve ter motor melhor que o da espinhuda.

  9. Aliás, esqueci da Livina rabecão (parece carro de funerária), ou melhor deveria ter é esquecido mesmo, porque ela é tão pateticamente estreita para um carro supostamente familiar, que só cabem 6 ali dentro (apenas dois no banco de trás). Pra quem tem duas cadeirinhas, acho que não cabe nem o pacote de bolachas ali no meio delas.

  10. Parece fea , nomàs. Van a tener que hacer un esfuerzo muy grande en ponerla linda.Ademàs no nos podemos olvidar que este es un diseño hecho en Indonesia. YO NO QUIERO COMPRAR UN AUTO DESEÑADO EN INDONESIA. TAMPOCO LOS RENAULT DISEÑADOS EN LOS PAISES DEL ESTE DE EUROPA.
    Ademàs el nombre no la favorece “SPIN”. Spin es que gira como un trompo. Me recuerda un R12 que tuve y frenè en la panamericana y empezò a SPIN como un trompo.
    Tambièn SPIN suena a un SPIN OFF. (Desde el A_GILES no estàn muy afortunados con los nombres. mejor le dejan PM7 ò PM5. )
    Este nombre no va a andar!!!, si le sumamos un producto poco atractivo , chau!! Sres de GM, es hora que dejen de joder con las plataformas globales!!!. QUEREMOS LAS PLATAFORMAS ALEMANAS !!! o AMERICANAS. NO TUVIMOS LA ZAFIRA B, MENOS LA TOURER, TAMPOCO LA NUEVA MERIVA QUE ABRE LAS PUERTAS COMO VENTANAS. basta de autos de cuarta!!!EDGARDO , escreve da Argentina.

  11. vou uzar o espasso para parabenisar os enjenherros qui cometeram eçe ero gravicimo de progetar uma mutassao bisara. kero ainda felissitá-los pelo achumulo de eros que a xevrolet-GMB vem cometteno ao longo dos anus quanto au Pressos fora do padrao nacional.
    parabens chevrolete!!parabens por mais essa feiura prestes a nascer!

  12. Vou por pimenta no tempero. Acabo de falar com uma vendedora na concessionária que veio do curso ontem e me disse que essa “pérola vem com motor 1.8 8V!
    Nem em pesadelo….
    Jorge

  13. TEM UM AÍ EM CIMA QUE DISSE Lodgy, RENAULT (DACIA PERTENCE A ELES) EU NÃO QUERO NUNCA MAIS, VAI DESVALORIZAR ASSIM LÁ NA CASA DO CACHA PREGO….COMPREI UMA SCENIC E PARA VENDE-LA TIVE QUASE QUE FAZER UMA DOAÇAO…

    VAMOS AGUARDAR PARA VÊ-LA AO VIVO E CONFIRMAR AS MOTORIZAÇÕES, EU VI O SONIC ONTEM NUM FEIRÃO EM IPATINGA…ESTE FICOU LINDÃO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *