Renault Clio 2013 chega mais bonito e competitivo, mas falta de espaço e segurança continuam

Renault-Clio-Brasil-2013

Voltando a pensar com mais carinho na categoria de entrada do mercado nacional, a Renault lançou a linha 2013 do Clio com novidades para ganhar mercado e continuar crescendo na disputa com a Ford pelo quarto lugar no ranking nacional. As principais atrações do hatch compacto são o visual e os preços, que evoluíram em relação à versão anterior. O motor também ficou mais econômico, segundo a marca. Mas, infelizmente, segurança foi deixada de lado – sem contar o espaço interno, que continua ruim.

Com queda de quase R$ 1.000, o Clio Authentique com duas portas tem preço sugerido de R$ 23.290, enquanto o quatro portas pode ser encontrado a partir de R$ 24.290.

Esta versão vem equipada com alarme sonoro de advertência de luzes acessas, apoios de cabeça dianteiros reguláveis em altura, apoios de cabeça traseiros (2) reguláveis em altura, banco traseiro rebatível, barras de proteção lateral nas portas dianteiras e traseiras; brake light, calota das rodas integrais, computador de bordo com oito funções; conta giros com zona demarcada para economia de combustível (Eco-Monitoramento), fechadura inviolável (giro-falso); hodômetro total e parcial digital, iluminação interna central dianteiro, limpador de parabrisa com temporizador e cadência variável, para-choques dianteiro e traseiro na cor da carroceria, porta-objetos no painel de bordo e console central, pré-disposição para rádio (antena e cabos até o local de instalação dos alto-falantes dianteiros e traseiros), relógio digital, revestimento dos bancos em tecido “Kario”, retrovisores externos com regulagem manual interna, travas de segurança nas portas traseiras, tomada 12V e vidros verdes. Por R$ 2.500, ar-condicionado é o único opcional.

Clio pode ser personalizado com adesivos, como este horroroso colado no teto

Mas nem pense na versão de entrada, pois ela, definitivamente, não vale a pena. Ar quente, desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro, que deveriam ser de série, não estão disponíveis nem como opcionais! Lamentável…

Invista R$ 24.950 no Clio Expression, vendido apenas com quatro portas. Ele custa um pouco mais, mas a diferença compensa, ainda mais se pensarmos em como a linha Clio é pelada em relação a itens de segurança.

Além dos itens da versão Authentique, a Expression vem equipada ainda com ar quente, botões do painel central com acabamento cromado; desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro, manopla do câmbio com acabamento em alumínio, porta-luvas com dois porta-copos, porta-objetos nas portas dianteiras, revestimento dos bancos em tecido “Bertone” e filete amarelo; e volante com o contorno central do logo cromado. Completo, com os dois opcionais disponíveis, ar-condicionado (R$ 2.500) e direção hidráulica (R$ 1.100), o preço final é de R$ 28.550.

Quer mais segurança com airbag duplo e ABS? Então compre um carro de outra marca ou um Sandero Fluence, pois, mais uma vez, estes equipamentos não estão disponíveis nem como opcionais no Clio. Pelo visto vai ser assim, no mínimo, até a linha 2014 – ou até 31/12/2013, último dia em que os carros vendidos por aqui poderão ser comercializados sem estes dois itens de segurança.

Visual agrada
Um das melhoras mais visíveis do Clio 2013 é o seu visual, que a marca já havia mostrado antes – sem contar os flagrantes. Inspirada no Clio europeu, que, infelizmente não é vendido no Brasil, a dianteira recebeu novos para-choques, capô e faróis. Mas o destaque fica para a entrada de ar, que está maior, valorizando a logo da Renault no centro.

Na traseira, as lanternas tem nova disposição de luzes e a tampa do porta-malas tem dois vincos nas laterais. Por dentro, aproveitando para cortar gastos, o quadro de instrumentos ficou igual ao do Logan e do Sandero, incluindo os imprecisos marcadores de temperatura e nível de combustível. O conta-giros tem quatro áreas demarcadas (branco, verde, amarelo e vermelho) para indicar as zonas de rotação do motor mais adequadas para economizar combustível – mantenha o giro no verde para poupar e no amarelo para ter mais desempenho. Evite o vermelho.

O espaço interno continua o mesmo, ou seja, bastante limitado. Pequeno, o porta-malas tem capacidade de 250 litros, enquanto o tanque de combustível leva bons 50 litros. Com 912 kg de peso, o Clio 2013 mede 3,811 m de comprimento, 1,417 de altura, 1,639 m de largura (1,940 m com os retrovisores) e 2,472 m de entre-eixos.

Motor “novo”
Debaixo do capô, a Renault aposta no motor 1.0 16V Hi-Power para o Clio, uma evolução do seu propulsor anterior. Entre as mudanças, a “nova” motorização tem bielas e bomba de óleo do motor 1.2 16V turbo usado na Europa, nova junta de cabeçote, borboleta de aceleração, injetores, coletor de admissão de ar e pistões (agora refrigerados por jato de óleo) – são 71 peças novas de acordo com a marca, que ainda alterou a taxa de compressão de 10:1 para 12:1.

O motor 1.0 16V Hi-Power desenvolve 77 cv de potência e 10,1 mkgf de torque com gasolina e 80 cv e 10,5 mkgf com etanol. A potência é alcançada com 5.750 rpm, enquanto o torque máximo chega com 4.250 rpm.

De acordo com a Renault, com etiqueta A do Inmetro e já atendendo às normas de emissão que entram em vigor em 2015, o Clio passa a ser o modelo mais econômico da categoria. A garantia de três anos está mantida, e as revisões agora têm preços fixos.

O Renault Clio 2013 está disponível nas cores sólidas Branco Glacier, Preto Opaco, Vermelho Vivo e Branco Creme; e sólidas Prata Etoile, Cinza Quartz, Vermelho Fogo e Bege Poivre.

Segundo dados da Fenabrave, foram emplacados 14.511 unidades do Clio de janeiro a outubro de 2012, uma média mensal de 1.451 carros. A Renault espera que as vendas cresçam 30% com as novidades introduzidas na linha 2013.

Personalização
Seguindo a onda dos concorrentes, o Clio também aposta na personalização para se destacar, especialmente entre o público mais jovem. Veja abaixo os preços dos kits interno e externos e de outros acessórios. Reparem como o vidro elétrico traseiro custa um olho da cara.

Kit Adesivo Modelo Sport – R$ 299
Kit Adesivo Modelo Geométrico – R$ 299
Kit Sport – R$ 1.405

Kit Look – R$ 632
– Baquete Lateral Personalizada
– Capa do Retrovisor

Kit Estilo – R$ 449
– Máscara dos Aeradores Laterais
– Máscara do Console Central
– Máscara do Painel Central

Kit Elétrico 3P – R$ 1.146
– Vidros Elétricos Dianteiros
– Travas Elétricas
– Alarme

Kit Elétrico 5P Traseiro – R$ 1.544
– Vidros Elétricos Traseiros

Kit Music – R$ 411
– Rádio Hbuster CDMP3 com entrada AUX, USB
– Alto-Falantes
– Antena Interna

Rodas de liga leve aro 13″ – R$ 879
Rodas de liga leve e pneus aro 14″ – R$ 1.979

Fotos: Renault/Divulgação

Comentários (3)

  1. “Quer mais segurança… compre um Sandero”
    Ficou louco?
    No Latin NCAP o Sandero ficou com 1 estrela. Se aqui fosse um pais sério, e se o governo preocupasse com os cidadãos, esta vergonha da Renault seria proibida de ser vendida no Brasil. Um verdadeiro lixo que a Renault empurra para o brasileiro a preço de ouro.

  2. Se aqui fosse um País sério, todos os carros, seriam obrigados a fazer o mesmo teste. E todos os carros que tirassem notas inferiores a 3 para impacto frontal e menor que 4 para criança, deveriam ter sua fabricação paralizada por lei.

    Existe algum carro sem Air bags que consegue nota melhor que 1???

    Lembrem-se que o Sandero(Dacia), tem 3 estrelas no EuroCap. Mais completo é claro!

    Preservação da vida em primeiro lugar!

    Um motorista que morre em um acidente, por falta de segurança, é menos um consumidor de carros.

    hugoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *