Chinês (maluco?) destrói carro dos meus sonhos a marretadas em protesto: Maserati Quattroporte

Reprodução/cmjornal.xl.pt

Era para ser um dia comum na abertura do Salão do Automóvel de Qingdao, na província de Shandong, na China. Mas um fato inusitado (e triste), que aconteceu próximo ao pavilhão de exposições, chamou a atenção dos visitantes. Revoltado com o atendimento de uma concessionária da Maserati, um chinês destruiu o seu exemplar do belo sedã Quattroporte a marretadas!

Avaliado em R$ 850.000 (2,6 milhões de iuans), o modelo ficou bem amassado, embora eu não tenha encontrado uma imagem do “resultado final”. O proprietário do veículo fez todo este alvoroço em protesto contra o serviço de manutenção oferecido por uma revenda da marca.

Reprodução/carnewschina.com

Realmente não sei qual foi a gravidade do ocorrido, mas a história vem se arrastando desde 2011.  Pelo que entendi da história, a concessionária teria reparado o Quattroporte com uma peças semi-novas e cobrado o preço de uma peças novas. Além da concessionária, o proprietário do veículo ficou revoltado com a Maserati China e com a seguradora, os acusando de fraude e outras coisas.

Fico com a impressão deste chinês não ter mais onde enfiar dinheiro, pois a solução mais rápida seria vender o veículo. Outra ideia que provavelmente já aconteceu seria entrar na justiça ou levar o caso ao Procon da China – caso isso exista por lá.

De qualquer forma, destruir um maravilhoso Quattroporte de R$ 850.000 acaba saindo bem caro.

Quando eu disse que é um caso triste, me refiro, primeiro, ao fato de atendimentos ruins (e desonestos) acontecerem em todo mundo e com todas as marcas. Segundo porque ver o carro dos meus sonhos ser destruído desta forma me deixa sem palavras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *