Conheça as linhas finais do Chevrolet Agile 2014

Chevrolet-Agile-Brasil-Argentina-2014-visual-dianteira

Há dez dias, a Chevrolet divulgou oficialmente duas imagens do Agile reestilizado, mostrando como ficou a dianteira e (parcialmente) o painel do modelo. As mudanças até pareciam mais promissoras. Mas agora, vendo o modelo em definitivo, meu pessimismo em relação ao sucesso do veículo aumentou…

O site argentino Info Sobre Ruedas divulgou algumas imagens do Agile Club Argentina que mostram o Agile reestilizado, nos permitindo avaliar não só a dianteira, como também a traseira e o painel (interior). Como comentei antes, notei uma bem-vinda reformulação na frente, que ficou bem mais proporcional com a adoção de novos faróis, para-choques e grade. Só não gostei muito da linha preta no centro mas, sem dúvida, o conjunto frontal ficou bem melhor.

Algumas pessoas comentaram comigo que a nova frente lembra o Celta, mas só vendo ao vivo mesmo para poder analisar com calma. A traseira do Agile recebeu mudanças mais sutis, com pequenos retoques no para-choque e nova distribuição das luzes das lanternas.

Chevrolet-Agile-Brasil-Argentina-2014-visual-traseira

A grande novidade do painel do Agile é o novo e bonito volante, que tem comandos do cruise control (piloto automático), do som (volume e mudança de faixas) e do celular (via conexão bluetooth) – para a versão LTZ (topo de linha e provavelmente a única que será vendida no Brasil). O sistema de som de um din também parece ser novo, embora seu aspecto continue antigo. Pelo visto, definitivamente o Agile 2014 não terá o sistema MyLink.

São esperadas ainda melhorias no acabamento do painel e das portas e na padronagem dos tecidos dos bancos. A Chevrolet da Argentina destaca como atrações do veículo o sensor crepuscular, computador de bordo, airbag duplo, ABS com EBD e as novas rodas de liga-leve de aro 16″ para versão LTZ. Por aqui, devemos ter ainda o “especial” câmbio manual automatizado Easytronic.

Chevrolet-Agile-Brasil-Argentina-2014-interior-painel

Na Argentina, o motor 1.4 8V não recebeu mudanças. Por aqui ele se chama Econo.Flex e desenvolve 97/102 cv. Se isso se repetir, o propulsor SPE/4 (98/106 cv) será exclusivo da dupla Onix e Prisma. Como comentei antes, do meu ponto de vista, a motorização 1.4 8V SPE/4 deveria ocupar todos os modelos da linha Chevrolet no Brasil: Onix, Prisma, Agile, Cobalt e Montana.

Para fechar, quando falei do pessimismo, me referi ao fato do Chevrolet Agile 2014 ter ficado parecido demais com o Agile lançado em 2009. De forma resumida: a dianteira mudou, o volante é novo (e multifuncional) e só. Não acho que isso seja suficiente para atrair a atenção dos consumidores para o “novo” Agile, que chega ao mercado nacional em outubro.

Acho que o Agile não tem jeito mesmo. O nascimento (e sucesso) do seu irmão mais novo Onix (e não Honix) decretou o seu fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *