Enquanto o Tiida dá adeus ao Brasil, Versa muda na China. Nova fábrica da Nissan produzirá o sedã por aqui

Nissan-Tiida-2013-Brasil-flex

Com as alterações do acordo comercial entre Brasil e México, com as constantes mudanças no câmbio e, obviamente, com o aumento da concorrência, a Nissan a montadora que sofreu a maior queda de participação no mercado nacional (ao lado da Volkswagen) no primeiro semestre de 2013. A redução de 1,4% não parece grande, mas foi suficiente para a empresa cair do 6º para o 10º no ranking nacional. Atenta à esta questão, a marca japonesa já se move para recuperar o terreno perdido e a primeira ação é tirar o Tiida de linha por aqui.

Lançado em 2007, o hatch médio dá adeus sem deixar muitas saudades – embora seja um carro legal. No ano passado foram emplacadas 9.192 unidades do modelo, segundo a Fenabrave. De janeiro a  julho de 2013, foram vendidas apenas 719 unidades do Tiida. O modelo sumiu do site da Nissan do Brasil no final de julho.

Nissan-site-Brasil-2013

Tiida sumiu do site da Nissan

Enquanto a marca não decide se terá um novo representante para o segmento no país, a empresa deverá aproveitar a oportunidade para aumentar um pouco (já que o Tiida vendia pouco) a cota de importação da dupla March e Versa.

Falando desses dois, o sedã será o segundo modelo a ser produzido pela Nissan em sua nova fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, a partir do segundo semestre do ano que vem. Com capacidade anual de 200 mil veículos, a planta será inaugurada no primeiro semestre de 2014 com a produção do March. A decisão de nacionalizar a dupla faz parte da estratégia de crescimento da Nissan do Brasil, que pretende alcançar 5% de market share até 2016.

Nissan-Versa-2014-China

Versa 2014 na China

Enquanto isso, na China
Do outro lado do mundo, o site chinês auto.sohu publicou fotos do Versa reestilizado. As mudanças estéticas seguem o “padrão Altima”, sedã topo de linha da Nissan – assim como a nova geração do Sentra. Analisando as imagens, percebemos que as alterações estão concentradas na dianteira. Os faróis ficaram maiores e mais alongados; a grade muda de forma mais leve, enquanto o para-choque tem novo desenho, ficando um pouco melhor.

Nissan-Versa-2014-China-traseira

A traseira tem uma régua prateada de gosto duvidoso na tampa do porta-malas e uma ligeira mudança na parte de baixo do para-choque. Já a lateral tem como única novidade o novo desenho das rodas. As mudanças estéticas não chegam a ser uma evolução significativa, mas deixaram o Versa um pouco melhor.

Nissan-Versa-2013-Brasil-SL-flex-dianteira

Compare o Versa nacional (foto acima e abaixo) com o modelo chinês (vinho)

Nissan-Versa-2013-Brasil-SL-flex-traseira

Ficamos na expectativa também de mudanças no interior. Espero que o acabamento mude (para melhor) e que o painel evolua. O Versa reestilizado deverá  ser apresentado na China agora em setembro, enquanto o brasileiro deverá esperar pela nova fábrica nacional.

Comentários (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *