Racional e com os “pés no chão”, novo Nissan Sentra chega ao Brasil mirando o 4º lugar no segmento

Nissan-Sentra-2014-Brasil-CVT-flex-Xtronic-LEDsA categoria de sedãs médios acaba de ganhar um novo representante. Na verdade é a nova geração de um velho conhecido, o Nissan Sentra. Não escrevi sobre ele antes porque ainda não tinha visto o carro de perto, já que não fui convidado para o lançamento do veículo. Por isso, achei melhor esperar uma oportunidade para conhecê-lo em detalhes. E a espera valeu a pena! Não temos um novo candidato ao topo da categoria, mas temos mais um ótimo carro disponível no Brasil – uma evolução e tanto em relação à geração anterior, que, de forma racional e com os “pés no chão”, tem tudo para assumir o 4º lugar no segmento.

O Sentra sempre foi um carro legal. A versão que está saindo de linha agora começou a ser vendida no Brasil com uma estratégia diferente do Renault Megane (praticamente um verdadeiro case de ações mal sucedidas), focando nas versões topo de linha, sempre com motor 2.0 (nada de um 1.6). Mas a (“não tem”) cara de tiozão foi um problema para o carro. O que fazer então? Simples: pegue o melhor que o Sentra antigo tinha (conjunto mecânico), coloque numa nova e mais moderna plataforma e acrescente um visual que não comprometa o conjunto – sempre deixando os preços mais baixos do que dos líderes. Pronto, temos a receita do novo Sentra.

Nissan-Sentra-2014-Brasil-CVT-flex-XtronicTotalmente renovado, com nova plataforma e “repensado a partir do zero”, como a Nissan gosta de dizer, o novo Sentra é um carro global que passa a ser vendido no Brasil com preços muito interessantes, que variam entre R$ 60.990 e R$ 71.990 – valores que deveriam ser copiados por Honda, Chevrolet, Toyota e Volkswagen.

Visual

Visualmente, o novo Sentra chama a atenção mais pelas linhas sóbrias do que pela ousadia. É um exemplo prático do “bonito e discreto”, características muito bem vindas para essa categoria. Eu até esperava um pouco mais de agressividade na dianteira, mas isso pode ficar para a primeira reestilização. Um detalhe importante é que as linhas da carroceria do sedã permitiram chegar a um coeficiente de arrasto aerodinâmico menor que o da geração anterior (de 0,34 para 0,29 cx), ajudando a reduzir o nível de ruídos e o consumo de combustível.

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-traseira-porta-malas

Porta-malas cresceu, mas poderia ser maior ainda se usasse o sistema pantográfico

Ainda em relação ao antigo Sentra, a nova geração ficou mais longa, baixa, estreita e mais leve. O tanque de combustível diminuiu (de 55 litros para 52 l), mas a capacidade do porta-malas aumentou: de 442 l para 503 l.

Enquanto o aumento no comprimento do veículo ajudou no espaço do porta-malas, o alongamento do entre eixos para de 2,70 m (medida relativamente próxima à do sedã grande Altima – 2,776 m) colaborou para a melhoria do espaço interno, especialmente para quem vai no banco de trás.

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-CVT-Xtronic-interior-painelNa dianteira, o painel é totalmente novo, outro ponto bem-vindo. O acabamento melhorou e está de acordo com a categoria. Já a lista de equipamentos de série também está bastante competitiva, mesmo na versão S, a de entrada, que parte de sugeridos R$ 60.990. Veja abaixo os principais itens.

Velho Nissan Sentra Novo Nissan Sentra
Motor 2.0 16V 2.0 16V
Potência (cv) (e/g) 143 a 5.200 rpm 140 a 5.100 rpm
Torque (mkgf) (e/g) 20,3 a 4.800 rpm 20 a 4.800 rpm
Comprimento (m) 4,567 4,625
Altura (m) 1,512 1,509
Largura (m) 1,790 1,761
Entre-eixos (m) 2,685 2,700
Porta-malas (litros) 442 503
Tanque (litros) 55 52
Peso (kg) 1.310 (S), 1.359 (SL) 1.288 (S), 1.322 (SV) e 1.348 (SL)

Debaixo do capô, o novo Sentra traz o motor MR20DE (variação do MR18DE utilizado no Livina e no finado Tiida), 2.0 16V flex, que desenvolve 140 cv de potência a 5.100 rpm e 20 mkgf de torque a 4.800 rpm com qualquer combustível. São números interessantes, mas já superados pela maioria dos concorrentes. Entretanto, na prática, o carro anda bem, não deixando nada a desejar em relação aos adversários.

Assim como o Honda Civic 2.0 FlexOne, a nova geração do Sentra elimina o tanquinho auxiliar da partida a frio com a adoção do sistema Flex Start Bosch.

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-motor-2.0-flex

Sem tanquinho de partida a frio, motor 2.0 16V tem 140 cv

Um dos pontos mais elogiados do Sentra antigo era a sua transmissão automática CVT. Batizado de Xtronic, ela recebeu uma série de melhorias para equipar o novo sedã da Nissan. Segundo a marca, as mudanças tornaram o funcionamento do conjunto mais suave, eficiente e econômico. Com cerca de 60% dos componentes novos, o CVT está 13% mais leve e produzindo 30% menos atritos em comparação à geração anterior.

Com motor e câmbio repaginados, o novo Sentra recebeu nota “A” na categoria dentro do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), do INMETRO, tanto nas versões equipadas com o câmbio manual de seis velocidades (2.0 S) como nas com câmbio Xtronic CVT (2.0 SV e 2.0 SL).

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-visual-LEDs-dianteiraConcorrência dura

A Nissan tem consciência de que não pode disputar a ponta do segmento de sedãs médios com o novo Sentra nesse momento. Não é que o modelo seja ruim ou que não tenha qualidades suficientes para isso. Mas existem duas questões principais: Honda Civic, Toyota Corolla e Chevrolet Cruze são muito mais (re)conhecidos e consolidados no Brasil; e o modelo tem limitações de vendas pelo fato de ser importado do México.

Quando todo o projeto de expansão da Nissan no país estiver pronto, com a nova fábrica no Rio de Janeiro e tudo mais, aí sim a marca poderá pensar em uma nova estratégia para brigar pela ponta. Até lá, a nova geração do Sentra deixará de lado a briga com o atual Civic (que tem previsão de reestilização para 2014, finalmente), com o Corolla (que terá uma nova geração em 2014, finalmente²) e com o Cruze (que precisa de mudanças visuais, de motorização e de equipamentos – borboletas atrás do volante, por exemplo).

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-visual-LEDs-traseiraO sedã da Nissan vai mirar no Volkswagen Jetta, que já tem nova suspensão traseira independente Multilink (como a do Civic e do Focus) e motor 2.0 TSI mais potente (211 cv) e que, em breve, perderá o ultrapassado propulsor 2.0 8V flex (116/120 cv), dando lugar ao 1.4 TSI do Golf; e no Renault Fluence, seu irmão meio torto que, assim como o Sentra, tem ótimo custo/benefício.

Veja abaixo os emplacamentos de janeiro a setembro de 2013, de acordo com a Fenabrave:

1. Honda Civic – 42.081 unidades
2. Toyota Corolla – 37.692 unidades
3. Chevrolet Cruze – 20.201 unidades
4. Volkswagen Jetta – 10.724 unidades
5. Renault Fluence – 10.589 unidades
10. Nissan Sentra – 4.093 unidades

Resumo da obra

O novo Nissan Sentra me agradou mais do que eu imaginava. Com preços competitivos, bom conjunto mecânico, boa lista de equipamentos e visual bonito e discreto, tem potencial para assumir a sexta posição do segmento, brigando em igualdade de condições com Jetta e Fluence pelo quarto lugar.

Fica agora a expectativa em relação ao pós-venda da Nissan, que sempre foi alvo de muitas críticas (de acordo com os e-mails que recebo). A marca está de olho nisso e já anunciou o pacote de revisões do novo Sentra, que tem três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem, e dos dois anos de uso do programa de assistência 24 horas “Nissan Way”. Os preços estão abaixo (mão de obra incluída). Vamos torcer para dar certo.

E vamos torcer para a Nissan não aumentar os preços do Sentra como a Chevrolet tem feito inúmeras vezes com seus modelos.

Quilometragem Substituições Inspeções Preços (R$)
10.000 Óleo do motor – 4,4 l
Anel bujão do cárter
Filtro de óleo do motor
Filtro de combustível
14 itens 189
20.000 Óleo do motor – 4,4 l
Anel bujão do cárter
Filtro de óleo do motor
Filtro de combustível
Filtro de ar (tipo viscoso)
Filtro do ar condicionado
20 itens 589
30.000 Óleo do motor – 4,4 l
Anel bujão do cárter
Filtro de óleo do motor
Filtro de combustível
14 itens 399
40.000 Óleo do motor – 4,4 l
Anel bujão do cárter
Filtro de óleo do motor
Filtro de combustível
Filtro de ar (tipo viscoso)
Filtro do ar condicionado
24 itens 699
50.000 Óleo do motor – 4,4 l
Anel bujão do cárter
Filtro de óleo do motor
Filtro de combustível
14 itens 389
60.000 Óleo do motor – 4,4 l
Anel bujão do cárter
Filtro de óleo do motor
Filtro de combustível
Filtro de ar (tipo viscoso)
Filtro do ar condicionado
20 itens 589

Vídeo feito pela Nissan sobre o novo Sentra:

Preços e equipamentos de série do novo Nissan Sentra 2014:

Nissan Sentra 2.0 S (R$ 60.990)

Transmissão manual de 6 marchas
Abertura e fechamento das portas, abertura do porta-malas e acionamento do alarme através de controle remoto
Acabamento dos bancos em veludo na cor preta
Alarme de advertência sonoro para chave no contato e lanternas acesas
Ar-condicionado
Banco do motorista com regulagem de altura
Banco traseiro bipartido 60/40, dobrável (180 graus)
Chave inteligente presencial (I-Key)
Computador de bordo com funções de medição de consumo médio de combustível, tempo de viagem, velocidade média, autonomia, temperatura externa e aviso de abertura das portas
Console central dianteiro com tampa e apoio de braço integrado
Conta-giros
Controle de áudio no volante
Desembaçador do vidro traseiro com temporizador
Direção elétrica com assistência variável
Display digital de quilometragem total e parcial e mensagens de alerta
Iluminação interna central
Pára-sol com espelhos cortesia e iluminação para motorista e passageiro
Porta-copos dianteiros (2)
Porta-luvas com sistema de amortecimento e chave
Porta-óculos
Relógio integrado ao display do equipamento de áudio
Retrovisores externos com regulagem elétrica
Sistema eletrônico de ignição (botão push start)
Sistema de Partida a frio Flex Start
Tampa de combustível com abertura interna
Tapete em carpete
Tomada de 12V integrada ao console central
Vidros dianteiros e traseiros elétricos sendo função um toque para vidro do motorista
Volante com acabamento em couro
Volante de três raios e coluna de direção com regulagem de altura e profundidade
Maçanetas externas de abertura das portas cromadas
Maçanetas internas de abertura das portas cromadas
Retrovisores externos rebatíveis na cor do veículo com luzes indicadoras integradas
“Rodas de liga leve de 16″ e pneus 205/55 R16
Lanternas traseiras em LED
Faróis e lanternas traseiras em LED
Airbags frontais para motorista e passageiro
Faróis de neblina
Alarme perimétrico
Alças de teto retráteis (3) para os passageiros
Apoios de cabeça dianteiros (2) e traseiros (3)
Bloqueio de ignição através de imobilizador do motor
Cintos de segurança dianteiros reguláveis em altura e 3 cintos traseiros de três pontos
Freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e Assistência de frenagem(BA)
Fixadores traseiros para cadeiras de crianças (ISOFIX)
Limpador de pára-brisa com 2 velocidades e controle intermitente variável
Sistema elétrico de travamento central das portas
Travamento das portas e do porta-malas com o veículo em movimento
Rádio CD Player com MP3, função RDS e 4 alto-falantes
Bluetooth com comandos no volante

Nissan Sentra 2.0 SV (R$ 65.990)

Todos da S mais:
Câmbio XTRONIC CVT com função overdrive (sobremarcha)
Ar-condicionado automático digital de duas zonas
Porta-copos traseiros (2) integrados ao descansa braço
Controlador automático de velocidade de cruzeiro (piloto automático)
Luz de leitura para motorista e passageiro dianteiro
Rádio CD Player com MP3 com display 4,3″ colorido, função RDS, entrada auxiliar para MP3 Player/IPod, USB no console central, e 6 alto-falantes

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-CVT-Xtronic-interior-painel-GPSNissan Sentra 2.0 SL (R$ 71.990)

Todos da SV mais:
Acabamento dos bancos de couro na cor preta (com partes sintéticas)
Airbags laterais e de cortina
Acendimento automático dos faróis (sensor crepuscular)
Retrovisores externos rebatíveis eletricamente
Retrovisor interno eletrocrômico
Teto Solar com controle elétrico
Rodas de liga leve de 17″ e pneus 205/50 R17
Sensor de estacionamento
Rádio CD Player com MP3 com display 5,8″ colorido, função RDS, entrada auxiliar para MP3 Player/IPod, USB no console central, e 6 alto-falantes
Câmera traseira com imagem integrada ao display do rádio
Sistema de navegação integrado ao painel (GPS)

Cores disponíveis para todas as versões:
Sólida – Preto Premium
Metálicas – Prata Classic e Azul Grafite (opcional)
Perolizada – Branco Diamond (opcional)

Comentários (29)

    • Boa colocação Rodrigo. Eu penso apenas em uma explicação: concorrência. Teoricamente, a vida do Focus Sedan é muito mais difícil do que a do hatch.

  1. Parizzi, parabéns pela matéria, pois ela veio em boa hora. Já estava para te perguntar qual a melhor compra entre os sedans na casa dos 70 a 80 mil reais.

    Portanto, aí está a pergunta: Entre lançamentos que pretendem alcançar as primeiras colocações de vendas no segmento, e os que sempre brigam pela liderança, qual a melhor opção de compra na faixa dos 70 a 80 e poucos mil reais?

    Será que Civic e Corolla são realmente justos pelo que cobram?

    • Olá Bernardo!

      Sua dúvida é bem interessante e a resposta é bastante pessoal, você você deve escolher aquele carro que vai te proporcionar mais felicidade e satisfação.

      Analisando o mercado, Peugeot 408, Renault Fluence, Citroën C4 Lounge e Nissan Sentra possuem preços mais agressivos do que os 4 líderes do segmento: Honda Civic, Toyota Corolla, Chevrolet Cruze e Volkswagen Jetta.

      Repare que Civic, Corolla e Cruze oferecem também versões 1.8 (único motor no caso da Chevrolet) e o Jetta tem o ultrapassado motor 2.0 8V flex, além do moderno 2.0 turbo. Os 3 franceses e o Sentra são vendidos ao consumidor comum apenas com propulsor 2.0 16V flex.

      Logo, vale avaliar qual deles vai te agradar mais em termos de conforto, desempenho, consumo, segurança e custo/benefício (preço de compra, revisões, peças, revenda, etc.). Vamos conversando com mais calma. Se quiser, me mande um e-mail: renatoparizzi@mail.com.

      Para terminar, respondendo à sua pergunta: Corolla e Civic tem qualidades suficientes para compensar os preços que custam. MAS, o preço deles está alto demais, especialmente das versões mais luxuosas. Com certeza os dois deveriam custar menos, mas não vão ter redução de preço porque vendem muito. Logo, por que Honda e Toyota reduziriam suas altas margem de lucro com os dois carros? É complicado…

      Nos falamos! Um abraço!

      • Obrigado por responder aos questionamentos, Parizzi. Mas, acredito que os franceses estão com tudo perante os líderes da concorrência, oferecendo muito mais por menos. Acredito que só isso já justificaria a compra de um desses modelos, incluindo os top com motores turbo. Ou seja, para equipar um Honda ou um Toyota com os mesmos equipamentos dos franceses, gastasse muito mais, mesmo alguns desses equipamentos não estando disponíveis nos japoneses.

        Vejo que a confiança dos líderes está na solidez que eles já conquistaram ao longo dos anos no mercado e no produto, mas com isso se esqueceram de se modernizar, tanto em nível de equipamento, quanto a conforto e até mesmo no desing. Nesse quesito, ponto para os que não estão no topo de vendas.

        Na questão custo/benefício acredito que os franceses e o Nissan Sentra estão na liderança, até mesmo porque precisam ganhar espaço no mercado e, acima de tudo, confiança. Dessa maneira, basta uma simples pesquisa para observar a quebra no conceito de que esses veículos são caros de se manter. Vê-se justamente o contrário, pois no quesito plano de manutenção, além de ser tabelado, todos eles apresentam os menores valores do mercado. Então, além de o consumidor levar em consideração o que você bem citou quanto ao carro que melhor nos agradar na condução etc, na ponta do lápis, os que estão abaixo na tabela dão um salto nesse quesito, despontando os líderes.

        • Concordo em tudo, Bernardo!

          Definitivamente a confiança dos líderes está na solidez que eles já conquistaram ao longo dos anos no mercado e no produto. Mas eles estão ficando para trás, até por isso o Corolla terá uma nova geração no ano que vem; o Civic ganhou motor 2.0 e deve ser reestilizado no ano que vem; o Jetta recebeu suspensão independente na traseira, motor 2.0 turbo 11 cv mais potente e terá motor 1.4 TSI num futuro próximo; ficará faltando o Cruze, pois a única coisa que a Chevrolet tem feito ultimamente é aumentar os seus preços…

          Sobre o contexto da nossa conversa, acho que o quesito dirigibilidade será essencial na escolha.

          Um abraço!

      • Não adquiro carro de montadora que não consegue “entrar” no maior mercado do mundo, o americano !
        Os Japoneses foram la e abocanharam grande fatia de GM e Ford, mas “francês” não tem qualidade e não “emplaca”.

        • Isso é apenas uma questão estratégica. O mercado europeu é muito exigente e muito forte, lá a Renault tem uma grande fatia de mercado, e os americanos nem tanto.

  2. Gostaria que opinasse acerca do seguinte:
    – vale a pena comprar um Corolla 0KM, no modelo de entrada (1.8), sabendo que daqui a poucos meses o modelo sofrerá radicais transformações, ou o melhor seria comprar o Novo Sentra na versão intermediária?
    Parabéns pela objetividade da matéria.

    • Boa tarde, Vitor Hugo.

      Sua pergunta é muito interessante. A resposta é muito pessoal. Se você ficar mais feliz com o Corolla atual (mais do que o Sentra) e não se importar com a chegada do novo no ano que vem, vale a pena, especialmente porque o modelo vive um momento de promoções. Se você ficar mais satisfeito comprando o novo Sentra, vale a pena também, pois o carro ficou muito interessante. Agora, o que não pode acontecer é você comprar um dos dois sendo que, no fundo, você quer o novo Corolla. Logo, você sempre ficará pensando nele e considerando o carro escolhido inferior. Nesse caro, valeria a pena esperar pela chegada da nova geração do Toyota.

      Um abraço!

      • Renato, obrigado pela tua pronta resposta.
        No entanto, acho que, por razões de custo/benefício, comprarei o Sentra SV, muito embora entenda (equivocadamente, talvez) que deva aguardar a virada de ano, para “pegar” um 2014/2014.
        Abraço!

  3. Boa noite. Estou com uma dúvida com relação ao tanque de combustível. O anterior era de 55 litros e o atual de 51 litros. Mas todas as vezes que vou ao posto abastecer meu Sentra 2.0 SV, não cabe mais do que 38 litros, isso quando no painel já está mostrando que entrou na reserva. O que será que está acontecendo . Liguei na concessionária e por enquanto não me deram uma resposta convincente. Obrigado.

    • Olá Emerson. Normalmente, a reserva do tanque tem, em média, 10 litros. Esse número pode variar, mas, pelo que li, essa é a média.

      Logo, somando esses 10 litros com os 38 litros do seu abastecimento, chegamos a um número bem próximo ao tranque do seu carro.

      Mas acho que vale conversar com a concessionária e com a marca. Depois me avise!

      Um abraço!

  4. Sai do Honda Civic e mudei para o Nissan Sentra SV. Rodei até agora 1000 km e estou aprovando, exceto o consumo que ainda está um pouco alto (6, 8 km/l gasolina). A relação custo/benefício dele é imbatível.

  5. Senhores, comprei um Sentra SV o carro é bom demais!!!! da concessionária direto para rodovia dos Bandeirantes fez a média de 12,7 km/l cambio espetacular 1800rpm a 120 km/h não se escuta nada só tenho elogios, custo beneficio imbativel , alguns vendedores da Toyota estão dizendo que a versão de entrada do novo Corolla parte de R$85.000,00, com este valor tenho mais certeza de ter feito a escolha certa pelo Sentra SV

  6. Coloquei um pedido no sentra SL 2014/14, preto (cor sólida) por R$ 63.201,40 (14% de desconto para PJ). Ai sim o custo x benefício ficou imbatível. Estou saindo de um peugeot 408 griffe THP 2012 (top) que só me deu problemas desde 0km, carro francês, ainda mais montado na argentina, nunca mais!!! Não vejo a hora de pegar o japonês/mexicano.

    • Esse desconto de 14% é tabelado para todo o Brasil? Eles mantem a taxa 0 para financiamento com entrada de 60%?
      Qual o prazo prometido para entrega?

      • Não, o desconto pode variar de acordo com a ccs. No meu caso, liguei para uma de minha cidade (jundiaí) e me falaram em 10% só para as versões S e SV. Ai liguei na AR Motors (São Paulo) e o desconto era entre 12,5 e 14% também para as versões S e SV. Queria a SL, então pedi para o consultor me ligar quando abrisse essa opção. Então passou cerca de 1 semana e ele me ligou. Informou-me que conseguia 14% de desc. na SL, porém 13/14 e demoraria cerca de 20 a 30 dias para faturamento. Ai insisti na 14/14 e o consultor me informou que conseguiria, porém de 45 a 60 dias corridos para a entrega. Bom, passaram-se cerca de 35 dias, então estão dentro do prazo. Ah, detalhe…como o consultor trabalha direto com a NISSAN fábrica, ele pode faturar para o carro sair na concessionária AR ou na de minha cidade (minha opção foi a última). Parece tudo muito bom para ser verdade, por isso, vamos esperar o prazo para ver se isso se concretiza. Só pagarei quando o carro estiver na minha frente e eu com a NF em mãos, isso eu já adiantei ao vendedor. Outro detalhe importante, a empresa não precisa ter frota, apenas o CNPJ ativo e sem restrições já basta. Os dados do vendedor são: Marcelo Rocha – vendas diretas AR MOTORS
        Fone: (11) 5525-9302
        Nextel: (11) 7746-0611
        ID: 97*136927

        • Ótima notícia… moro em Belém/PA, se não conseguir um desconto desse nível na ccs daqui, será que consigo falar com ele, para conseguir esses 14% e fazer pagamento/entrega aqui em Belém? Por favor, não deixe de nos atualizar quando seu carro chegar! Muito obrigado

        • Eduardo sou de Fortaleza e estou pensando em comprar um sentra, gostaria de saber se já recebeu seu carro, a entrega foi conforme o prometido e se o desconto PJ foi realmente válido??? Seu comentário é muito importante pra nós.

  7. Ainda bem que não modificaram o comportamento do câmbio CVT, que tem “infinitas” marchas, com a instalação de 6 ou 7 marchas “artificiais” que limitam o desempenho, comente para agradar o consumidor, porque não entende o ganho de eficiência que este comportamento original do CVT proporciona. Este câmbio automático é, de longe, o mais eficiente.

    Pena que a Nissan não empregue este câmbio em todos os seus carros vendidos no Brasil, como o faz em países de primeiro mundo.

  8. Eduardo sou de Fortaleza e estou pensando em comprar um sentra, gostaria de saber se já recebeu seu carro, a entrega foi conforme o prometido e se o desconto PJ foi realmente válido??? Seu comentário é muito importante pra nós.

  9. SENTRA é ótimo carro. Tinha um 2012/2013, andei com ele em um ano e meio cerca de 16.000km e foi só alegria.Bom de tudo: motor, conforto, segurança e durabilidade. Agora comprei o novo Sentra 2014 é show. É disparado o melhor carro dá categoria. O consumidor de sedans médios devem fazer justiça e ver o Sentra com outros olhos. O carro é show.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *