Série especial Grazie Mille marca a despedida do pequeno Fiat do mercado brasileiro

Fiat-Uno-Mille-Grazie-Mile-Brasil-2013

Com a garantia da obrigatoriedade de airbag duplo frontal e ABS para todos os carros fabricados no Brasil a partir de 1º de janeiro de 2014 (esse avanço na segurança automotiva nacional quase foi erroneamente adiado para 2016), vários veículos mais antigos estão dando adeus ao nosso mercado. Um deles é o Fiat Mille, que se despede com uma série especial chamada Grazie Mille.

Diferente da Volkswagen, que pediu um absurdo pela última versão da Kombi, batizada de Last Edition, e que irá gerar um faturamento de R$ 102 milhões à marca alemã (graças às 600 unidades extras), a Fiat pede um valor mais dentro da realidade do mercado, mesmo que o carro (assim como a “vovozona”), obviamente, não tenha airbag duplo e ABS. Por sugeridos R$ 31.200, você leva para casa uma das 2.000 unidades numeradas do hatch italiano – fazendo o cálculo, o faturamento da marca será de R$ 62,4 milhões.

Fiat-Uno-Mille-Grazie-Mile-Brasil-2013-traseira

Baseada na versão Economy 1.0 8V Fire Flex com quatro portas, a série especial Grazie Mille tem alguns conteúdos exclusivos, acabamento interno um pouco melhor, além de detalhes estéticos externos e internos que tornam o modelo mais “exclusivo”.

Equipamentos

Além de ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos; lavador desembaçador e limpador do vidro traseiro e retrovisor externo com comando interno, o Mille “do adeus” vem equipado com tecido exclusivo com bordado Grazie Mille, rádio Connect com CD/MP3, viva voz Bluetooth e entrada USB, subwoofer, nova grafia do quadro de instrumentos, pedaleiras esportivas, nova cor da caixa de ar (?), logo da série especial na soleira das portas, placa com numeração do carro no painel, apoio de cabeça banco traseiro (2), cobertura do triangulo de segurança e extintor, cobertura completa do porta malas, sobre tapetes em carpete e forro do teto na cor preta (inclui revestimentos das colunas internas).

Fiat-Uno-Mille-Grazie-Mile-Brasil-2013-lateral

Por fora, a “exclusividade” fica por conta dos velhos “truques” de sempre: faróis de máscara negra, rodas de liga leve aro 13” com pintura exclusiva, ponteira de escapamento esportiva, nova cor exclusiva Verde Saquarema (será oferecido também o Prata Bari), adesivos Grazie Mille, frisos laterais e pintura da caixa de roda.

Sentirei falta do Mille porque foi um carro que marcou uma parte importante da minha infância e porque foi nele que comecei a aprender a dirigir.
Fiat-Uno-Mille-Grazie-Mile-Brasil-2013-painel-interior
Obrigado Mille! Grazie Mille!

Comentários (8)

  1. apesar dele ter sido o 1° carro meu tmb a ter apredido a dirigir “da autoescola em 2007” eu nao vou sentir falta, o carrinho e bem agil e economico mas nao tem segurança nenhuma e vc sente isso a todo momento…

  2. Fiat mille pode ser um carro. Sem segurança sem. quase . Conforto mas ele. vai continua sendo um de passeio e. Nunca. Sera. Ruim. De venda VA com deus nosso carrinho………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *