A propaganda do novo Toyota Corolla 2015 é politicamente incorreta?

Toyora-Corolla-Altis-Brasil-2015-CVT-Multi-Drive-visual-LED

O novo Toyota Corolla 2015 foi lançado com o máximo de visibilidade possível, cheio de anúncios em diversas mídias e tudo mais – com razão, pois o carro é muito bom e é o principal representante da marca no Brasil. E foi um dos comerciais do modelo na TV (e na internet) que chamou a minha atenção por um detalhe específico. Por isso pensei: será que a propagando do novo Toyota Corolla 2015 é politicamente incorreta?

Primeiro, assista ao comercial abaixo. Repare na música tranquila e alegre, nos detalhes do carro, nas cores das paisagens (já que o veículo tem uma palheta pouco variada), nas pessoas sorrindo…

Mas, aos 43 segundos, chega o ponto que observei. Exatamente quando o motorista enxerga uma criança soltando pipa, ele aperta a tecla Sport, que serve para tornar a condução do Corolla mais esportiva. Logo, se ele acionou o modo mais esportivo do veículo, ele deve querer (ou precisar) dar uma acelerada, afinal, com o Sport ligado, o veículo estica mais as marchas antes da troca.

Mas por que ele faria isso logo ao avistar a criança? Ele não deveria fazer o oposto, reduzindo a velocidade, pois o garoto, subitamente, poderia correr para a rua brincando com a pipa? Reparem que o menino está até correndo de costas!

Realmente pode ser um exagero, ainda mais porque o motorista acelerou até chegar a 60 km/h, como mostra o velocímetro do Corolla, mesmo que o ambiente, aparentemente, não seja propício para essa velocidade, ainda mais com crianças brincando por perto.

Outra alternativa é o condutor ter acelerado, simplesmente, para fazer mais vento, ajudando a pipa do garoto a subir – pelo visto essa foi a ideia da marca.

De qualquer forma, para o comercial, talvez fosse mais prudente ligar o modo Sport na estrada, chegando ou saindo dessa “cidade feliz”, demonstrando a “força” extra do carro (do conjunto motor 2.0 16V + câmbio automático CVT Multi-Drive que simula sete marchas) ao fazer uma ultrapassagem. Acelerar perto de crianças brincando nunca é uma boa ideia.

Comentários (10)

  1. Acho que a propaganda ficou muito feliz, valorizando pouco os aspectos positivos e modernos do Corolla. Sobre a polêmica levantada, realmente a Toyota não deveria ter feito. Ficou muito estranho mesmo. Bem observado, Parizzi. Abraço!

  2. disseram ser stevie wonder; eu jurava não ser ele cantando naquele comercial do corola. Queria saber se foi regravação, se foi só para o comercial pois tenho a primeira gravação (de muitos anos atrás) e não está tão linda quanto esta: a voz está menos metálica e está mais melodiosa, apesar dos ‘breaks’ (???). Quero comprar o CD com esta gravação pois está tocando no meu coração (nem sei por que). Alguém sabe me dizer? Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *