Sem surpresas: preços dos carros zero quilômetro sobem mais que a inflação em 2014

Toyora-Corolla-XEi-Brasil-2015-CVT-Multi-Drive-capa

Toyota Corolla XEi 2015 – “vilão” para a inflação dos carros no Brasil

De janeiro a abril de 2014, os preços de veículos zero quilômetro subiram mais do que a inflação. Analisando os sites das montadoras, vejo essa informação sem surpresas: como os automóveis no Brasil, de maneira geral, estão caros!. O aumento médio foi 3,32% nos preços dos carros novos, enquanto a inflação no mesmo período citado foi de 2,86%, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

O levantamento, feito pelo WebMotors, utilizou como base os 44 modelos mais vendidos no primeiro quadrimestre, conforme divulgado pela Fenabrave.

Dentre os modelos que obtiveram os aumentos de preços mais expressivos está o Toyota Corolla XEi 2.0 16V, equipado com câmbio automático. O preço do sedã médio aumentou 17,8%, saltando de R$ 71.587, em janeiro, para caros R$ 84.313, em abril. Tal discrepância explica-se, em parte, pelo lançamento da nova geração do modelo no Brasil, em março, possibilitando que lojistas e concessionárias praticassem preços mais competitivos, para reduzirem ao máximo os estoques do antigo.

Também apresentaram variação acima da média o Ford New Fiesta S 1.5 16V com câmbio manual, que teve reajuste inesperado aumento de 12,2%, passando de R$ 36.598 para R$ 41.077 – reduzindo consideravelmente a sua boa relação custo/benefício. Já o Peugeot 308 Allure 2.0 16V automático sofreu um incremento de 8,2%, subindo de R$ 59.779 para R$ 64.662 – indo contra a estratégia que a marca francesa deveria adotar no Brasil, de ter valores mais agressivos.

Nissan-Sentra-SL-2014-CVT-dianteira

Nissan foi destaque na redução de preços em 2014

A Toyota também encabeça a outra ponta do levantamento. O Etios, nas versões sedã 1.5 XLS e hatch 1.3 X, ambas com câmbio manual, obtiveram retração de 4,3%. Mesmo sendo um carro interessante, o painel central e uma série de limitações, provavelmente fizeram a marca japonesa rever os seus preços. O Ford Focus 1.6 S hatch manual ficou mais em conta no quadrimestre, com redução na casa dos 3,5%.

Dentre as marcas, a Nissan se destacou, com a maioria de seus modelos assumindo valores mais vantajosos em abril, comparado a janeiro. O March 1.0 S e o Livina 1.8 X-Gear automático apresentaram queda de 1,4%. Já o Versa SL 1.6 16V manual e o Sentra SV 2.0 16V automático registraram baixa de 2% e 0,3%, respectivamente.

 

Comentários (2)

  1. PARABÉNS AOS RESPONSÁVEIS PELAS TAXAS DE AUTOMÓVEIS QUE SOBEM DIA A DIA, COMO SE NÃO BASTASSE OS PREÇOS JÁ NAS ALTURAS!!!!!!!!!!!!!……………………………

    AFINAL, TEM TODA RAZÃO CARRO NO BRASIL NÃO É PRA PLEBEU, P/ PÁRIA, NEM PENSAR.

    PARABÉNS CASTAS FECHADAS. A HISTÓRIA É CÍCLICA…………..

  2. VIVA A COPA, FIFA E AFINS……………….

    MORTE PRO POVÃO, EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA, ETC, ETC…………….

    PARABÉNS! ESSA É A ESTRADA QUE LEVA A CAMINHO NENHUM. DESCULPE-ME, LEVA SIM, ELEVA OS JÁ ELEVADOS AOS CUMES
    MAIS E MAIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *