Governo Federal mantêm IPI reduzido para carros até dezembro de 2014

patio-cheio-Volkswagen-Brasil-carros

A história se repete. O governo anunciou o que todo mundo já esperada, por causa do mercado automotivo em queda: vai manter o IPI reduzido para carros até 31 de dezembro de 2014. Pela programação anterior, o “IPI normal”, que vigorava antes do início dos descontos, seria retomado a partir de amanhã. Com o Governo Federal fazendo a parte dele, resta saber se as montadoras vão parar de aumentar sistematicamente os preços dos seus veículos.

Logo, o  Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos carros vai continuar entre 3% e 25%, dependendo do motor, até o fim do ano. Como comentei acima, a intenção do governo é tentar aquecer os emplacamentos de veículos, que estão em baixa em 2014 se comparado a 2013. De janeiro a maio, a queda é de 5,4% sobre o mesmo período do ano passado.

IPI Até dezembro de 2014 Normal
Até motor 1.0 3% 7%
Motor entre 1.0 e 2.0 flex 9% 11%
Motor entre 1.0 e 2.0 gasolina 10% 13%
Motor acima de 2.0 flex 18% 18%
Motor acima de 2.0 gasolina 25% 25%
Utilitários 3% 4% e 8%

Em entrevista coletiva, o presidente da Anfavea, Luiz Moan, disse que a “expectativa com a manutenção destas alíquotas é ter um segundo semestre melhor do que o primeiro”. Resta saber se o Sr. Moan continua convicto que o preço do carro no Brasil é “bastante bom”, como ele mesmo disse em abril. Do meu ponto de vista, o Brasil tem carros muito caros e as montadoras parecem não estar fazendo a parte delas para mudar esse cenário, aumentando cada vez mais os preços de seus veículos.

A redução do IPI para carros começou em maio de 2012, também por causa da queda nas vendas, o que aumentou os estoques nos pátios das fábricas e nas concessionárias. A alíquota do imposto sofreu subiu no ano passado e, conforme o planejamento do Governo Federal, subiu novamente em janeiro deste ano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *