Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Fortaleza conseguem a proeza de ter o trânsito pior do que o de São Paulo

Brasil-transito-congestionamento

Crédito: Reprodução do Terra

Por essa quase ninguém esperava! Um estudo analisou o tráfego de veículos nas nove maiores capitais do Brasil e o resultado mostrou uma surpresa: Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Fortaleza conseguem a proeza de ter o trânsito pior do que o de São Paulo! E tem mais! Entre as 120 maiores cidades do mundo, Rio de Janeiro e São Paulo conseguiram “representar” muito bem o Brasil, figurando entre as cinco com o pior trânsito do planeta!

Os resultados do estudo revelaram que os motoristas brasileiros gastam cada vez mais tempo no trânsito e, globalmente, estão aumentando mais 50% de tempo em seus deslocamentos. No Brasil, nos horários de pico, 60% das vias (ruas, avenidas etc.) ficam congestionadas em Recife, a “vencedora” nacional. Na capital baiana, Salvador, o número é de 59%. No Rio de Janeiro, 55% das vias enfrentam o trânsito parado, enquanto, em Fortaleza são 48%. São Paulo veio em seguida, com 46% (sem levar em consideração dias caóticos como hoje).

Curiosamente, São Paulo tem mais de 10 vezes o número de carros de Recife, conforme números oficiais do Denatran, referentes a abril de 2014. Veja mais informações sobre isso no final do post.

Voltando à pesquisa, ela revelou que congestionamentos nas vias secundárias são piores do que nas principais. Os motoristas de todo o mundo estão gastando, em média, oito dias úteis por ano presos no trânsito. Enquanto no resto do mundo os piores dias são quartas-feiras, no Brasil, as manhãs de segunda e sextas-feiras à tarde lideram com o maior índice de trânsito nas estradas.

Brasil-transito-congestionamento-Sao-Paulo

O estudo foi feito pela TomTom, empresa de tráfego (mais conhecia pelos navegadores), que publicou o seu 4º Índice de Trânsito global e o 1º exclusivo do Brasil. Os dados foram coletados de aplicativos de celulares e tablets que usam a tecnologia desenvolvida pela empresa e dos aparelhos GPS da marca espalhados pelo mundo. Os dados são baseados nas informações levantadas nos últimos anos e analisa tanto as estradas locais quanto rodovias.

Um dado curioso é que medição do tráfego não leva em conta o tamanho dos congestionamentos, mas sim a densidade do congestionamento. Segundo a TomTom, seria uma “comparação entre a quantidade de ruas existentes na cidade e quantas delas estão congestionadas”.

mundo-transito-congestionamento

“Recentemente, foram feitas várias alterações nas vias para suportar os eventos esportivos que o Brasil está prestes a receber, mas a tendência é que o tempo de deslocamento aumente nas principais cidades do país, inclusive nos fins de semana, por causa de atrasos em torno de estádios. O principal objetivo da TomTom é aliviar esta situação com soluções mais inteligentes para minimizar o tráfego e oferecer uma experiência positiva para os motoristas,” comenta Julio Quintela, Gerente de Vendas da TomTom no Brasil.

A piora no trânsito de algumas capitais do nordeste podem ter como explicação as obras para a Copa do Mundo, como citou Quintela, o aumento do número de veículos nas ruas com a expansão das possibilidades econômicas dos cidadãos e a falta de infraestrutura para receber esses carros, além da carência de transportes públicos eficientes e de qualidade.

Segundo 1º Índice de Trânsito do Brasil, houve um aumento significativo em todas as cidades sede da Copa, inclusive Curitiba e Brasília, que são áreas planejadas. Confira:

Cidades brasileiras mais congestionadas Índice
1. Recife 60%
2. Salvador 59%
3. Rio de Janeiro 55%
4. Fortaleza 48%
5. São Paulo 46%
6. Belo Horizonte 42%
7. Porto Alegre 38%
8. Curitiba 34%
9. Brasília 27%

Brasil “brilha” no mundo
Além do Brasil, o 4º Índice de Trânsito global também comparou a densidade do trânsito nas 120 maiores cidades do mundo. Para a nossa “alegria”, o Brasil “brilhou”, colocando duas entre as cinco cidades mais congestionadas do mundo!

De acordo com o estudo, Moscou, na Rússia, tem o pior trânsito com 74% das vias saturadas nos horários de pico. Em segundo lugar veio Istambul, na Turquia, com 62% das vias congestionadas, seguida pelo Rio de Janeiro, com 55%. Esse número foi ligeiramente superior à Cidade do México, que obteve 54%. São Paulo fecha o Top 5 com 46%.

Não estranhe o fato de Recife não estar na lista mundial. Segundo a TomTom, o estudo levou em consideração uma lista prévia das maiores cidades do mundo.

As dez principais cidades do mundo com mais trânsito, classificadas por nível geral de congestionamento em 2013, foram:

Cidades mundiais mais congestionadas País Índice
1. Moscou Rússia 74%
2. Istambul Turquia 62%
3. Rio de Janeiro Brasil 55%
4. Cidade do México México 54%
5. São Paulo Brasil 46%
6. Palermo Itália 39%
7. Varsóvia Polônia 39%
8. Roma Itália 37%
9. Los Angeles Estados Unidos 36%
10. Dublin Irlanda 35%

Frota nacional de carros
Um fato curioso sobre a pesquisa é que, mesmo quinto lugar no ranking brasileiro de piores trânsitos, São Paulo tem a maior frota de carros do Brasil, com 5.025.321 unidades, segundo dados oficiais do Denatran de abril de 2014. O estado de São Paulo também é o maior do país, com 24.949.064 veículos. de veículos de todos os tipos, sendo que, desse número, 15.867.401 são automóveis.

Se somarmos o número total de carros de Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Fortaleza, ainda não teremos o mesmo números de automóveis da capital paulista. Da lista com as nove cidades brasileiras acima, veja quantos carros cada uma delas tem:

Cidade Número de carros
1. São Paulo 5.025.321
2. Rio de Janeiro 1.848.620
3. Brasília 1.118.508
4. Belo Horizonte 1.109.135
5. Curitiba 1.011.420
6. Salvador 540.858
7. Porto Alegre 577.101
8. Fortaleza 518.670
9. Recife 375.360

Fonte: Denatran/Abril 2014

Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *