Fiat lança o divertido e esportivo 500 Abarth por salgados R$ 79.300

Fiat-500-Abarth-2015Depois de anunciar as poucas novidades das versões Cult e Cabrio, a Fiat fecha a linha 2015 do 500 com o lançamento da versão esportiva Abarth! Com visual e interior diferenciados, o “pocket rocket” (foguete de bolso) se destaca mesmo pelo desempenho e pela diversão ao volante – tudo graças ao motor 1.4 turbo. Uma pena que ele seja um “brinquedo” para poucos, pois, seguindo o que a marca italiana fez com o seu compacto recentemente, o 500 Abarth tem preço sugerido de salgados R$ 79.300.

O pequeno esportivo chega importado do México trazendo como destaque o motor 1.4 16V MultiAir turbo, que desenvolve 167 cv de potência e 23 mkgf de torque, sempre com gasolina. Segundo a marca, o 500 precisa de 6,9 segundos para ser acelerado de 0 a 100 km/h e atinge 214 km/h de velocidade máxima. Com dimensões bem compactas e com um entre-eixos curto, o 500 Abarth é um carro bem divertido de dirigir. Ele é estável e tem uma arrancada que surpreende, especialmente quando o turbo entra em ação. Ele seria ainda mais divertido se o câmbio manual tivesse seis marchas ao invés de cinco.

Em termos visuais, o “foguete de bolso” pode ser facilmente identificado pelo duplo escapamento cromado, faróis e rodas de liga leve exclusivas de 16”, com pneus 195/45 R16, para-choques ligeiramente diferentes, faixas laterais e capa dos retrovisores externos acompanhando a mesma cor da faixa (disponíveis nas cores vermelho, branco e preto).

Mecânica

Para suportar o desempenho adicional dos 60 cv (em relação ao 500 Cabrio 1.4 16V 2015), o Abarth teve suas suspensões completamente revistas e adotam molas, amortecedores e barras estabilizadoras redimensionadas para maior estabilidade. Os discos de freios foram redimensionados e têm pinças vermelhas, maiores e com poder de frenagem realçado.

Fiat-500-Abarth-2016

Saída de escapamento dupla do Fiat 500 Abarth

O Fiat 500 Abarth chega com sete airbags (dois frontais, dois Side Bags, dois Window Bags e Knee Bag), freios ABS com EBD (Electronic Brake-force Distribution), ESS (Emergency Stop Signal), ESC (Electronic Stability Control), TCS (Traction Control System) e TTC (Torque Transfer Control). Segundo a marca, todas essas ferramentas eletrônicas – que visam a segurança – foram “reajustadas” ao estilo Abarth”, aumentando o prazer de dirigir esportivamente e ampliando a margem de pilotagem do motorista.

São três níveis de controle eletrônico de estabilidade, configuráveis através da tecla ESC. Quando se aciona a chave de ignição, o ESC automaticamente assume o primeiro patamar, com todos os controles ligados. Nesse modo, o ESC foi calibrado para manter a trajetória do veículo, atuando nos freios caso a eletrônica identifique um escorregamento de algum pneu e, se necessário, ele até reduz a potência do motor.

Fiat-500-Abarth-2015-painel

Volante com base reta é o destaque do interior do Fiat 500 Abarth

Se o motorista optar por desligar o sistema, apertando a tecla ESC, a assessoria eletrônica de estabilidade entra no segundo modo, alertado pela inscrição “ESC off”. O nível de “escorregamento” dos pneus é ampliado, aumentando a integração do carro com o motorista. Mas caso se queira mais domínio sobre o veículo, é só apertar e segurar a tecla ESC por mais de 10 segundos, e o controle eletrônico de estabilidade se reduz quase a margem zero, aumentando a responsabilidade do motorista.

Para ampliar a sensação de “piloto”, no painel, logo abaixo do rádio, a tecla Sport faz o quadro de instrumentos assumir novas funções, dando mais esportividade ao modelo. O contagiros ganha destaque e no canto direito surge uma tela que indica a posição do pedal do acelerador. Além dessas mudanças no painel, a função “Sport” aumenta automaticamente a pressão do turbocompressor na faixa de torque do motor, de 0,8 bar para 1,24 bar, o volante ganha “peso” e o pedal do acelerador responde ainda mais rapidamente.

Fiat-500-Abarth-2015-motor-turbo

Escorpião vai até no motor 1.4 16V turbo, de 167 cv de potência

São 16 exclusivos “detalhes Abarth” espalhados pela carroceria e também no interior: na dianteira, além do novo para-choque e dos exclusivos faróis, o logotipo do escorpião marca sua presença. O escorpião pode ser encontrado ainda nas laterais, na tampa do porta-malas, no volante de direção e até no motor (foto acima).

Por dentro e equipamentos

Internamente, os bancos tem formato concha e são revestidos em couro, assim como a alavanca de câmbio e o volante (de base reta). O painel vem com medidor de pressão do turbo em destaque (do lado esquerdo) e tem conta-giros, velocímetro, marcador de combustível e outras informações reveladas de maneira digital, através de uma tela de LCD TFT – a mesma da cara versão Cabrio Multiair.

Fiat-500-Abarth-2015-painel-LCD

Painel de instrumentos é um dos destaques. Medidor de pressão do turbo fica ao lado

Disponibilizado em três cores sólidas, Preto Gara, Vermelho Sfrontato e Branco Caldo, mais uma cor metálica, Cinza Nuvoloso, o Fiat 500 Abarth traz ainda a possibilidade de escolha das faixas laterais “Abarth” e calotas dos espelhos retrovisores externos nas cores vermelha, branca e preta.

Além dos itens citados, o modelo vem equipado, de série, com ar-condicionado, computador de bordo, rádio CD/MP3 Player (Blue&Me) com entrada auxiliar e USB, faróis dianteiros com regulagem elétrica de altura, predisposição para fixação de cadeira infantil ISOFIX; bancos dianteiros com easy-entry e com apoio de braço, memória e regulagem de altura (motorista), banco traseiro bipartido; retrovisores, travas e vidros elétricos; chave canivete com telecomando de abertura e fechamento das portas, follow me home, comando elétrico de abertura do porta-malas e da tampa de combustível, volante com regulagem de altura, tomada de 12V no console central, entre vários outros itens.

Fiat-500-Abarth-2015-sport

Visal do Fiat 500 Abarth é um pouco diferente em relação ao das outras versões

O pacote pode ser completado ainda com opcionais como o teto solar elétrico Sky Wind e o sistema de áudio Beats Premium Audio System, que chegou recentemente ao modelo na linha 2015.

Em termos de espaço, o 500 Abarth continua levando bem apenas dois adultos na frente e duas pessoas de baixa estatura atrás. O modelo mede 3,667 m de comprimento, 1,490 m de altura, 1,627 m de largura e tem 2,300 m de distância entre-eixos. O tanque de combustível continua com 40 litros de capacidade, assim como o porta-malas mantém os 185 litros de volume.

Resumo da obra

O Fiat 500 Abarth, sem dúvida, é um dos carros mais divertidos de dirigir do Brasil. Pesando 1.164 kg, mas com um motor 1.4 16V turbo, de 167 cv, o modelo anda muito, fazendo justiça ao lendário escorpião no seu capô. Uma pena mesmo que, assim como o 500 2015 (e o 2014), a marca italiana esteja cobrando tanto pelo carro. Por R$ 79.300, podemos investir em outros modelos mais interessantes e que entregam quase o mesmo desempenho, mas com mais espaço e tecnologia, como o Volkswagen Golf.

Para fechar, em relação aos concorrentes ditos diretos, o 500 Abarth é tão caro quanto eles: Citroën DS3 (a partir de R$ 79.900) e Suzuki Swift Sport (a partir de R$ 74.990). Nos EUA, o esportivo italiano tem preço sugerido de US$ 22.395 (R$ 57.331 com o dólar a R$ 2,56). A invés do Cinquecento, talvez seja mais interessante pagar R$ 62.980 e pegar um Punto T-Jet, ou até mesmo R$ 72.470 e comprar um Bravo T-Jet.

Comentários (3)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *