Hyundai HB20S ganha a interessante e cara série especial Impress

Hyundai-HB20S-Impress

Tentando manter o modelo atraente e as vendas aquecidas antes da esperada reestilização, o Hyundai HB20S ganha uma interessante e cara série especial batizada de Impress. Limitada a 3.000 unidades, a novidade está disponível apenas com motor 1.6 e duas opções de câmbio: manual e automático. Os altos preços variam entre R$ 53.665 e R$ 58.320.

O HB20S Impress conta com ar-condicionado, direção hidráulica, travas elétricas e vidros elétricos nas quatro portas com acionamento one-touch, bancos revestidos em couro perfurados com costura na cor cinza, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores elétricos com repetidor de seta, sensor de estacionamento, chave canivete com abertura e fechamento automático dos vidros e sensor crepuscular (para acionamento automático dos faróis).

Hyundai-HB20S-Impress-sedan

Na parte visual, o ainda bonito mas já um pouco cansado HB20S ganha rodas de liga leve de 15” com acabamento diamantado e tampo preto, criadas especialmente para a série, emblema Impress nas laterais e acabamento cromado nas maçanetas. A edição também traz apenas três opções de cor: Preto Onix, Branco Polar e a única Prata Metal (R$ 1.095).

O HB20S Impress conta com central multimídia com comandos no volante blueMediaTV, com tela de 7” sensível ao toque, com funções como TV digital*, reprodutor de fotos e vídeos*, Bluetooth, acesso à agenda e histórico de chamadas, além de conexões USB e auxiliar.

Hyundai Preço
HB20S Impress 1.6 manual R$ 53.665
HB20S Impress 1.6 automático R$ 57.225

*Em função da legislação brasileira e prezando pela segurança do trânsito, o recurso de imagem da TV digital funciona exclusivamente com o carro parado. Com o veículo em movimento, apenas a funcionalidade de áudio se mantém ativa.

Hyundai-HB20S-Impress-painel-interior

As 3.000 unidades HB20S Impress estão disponíveis em todas as concessionárias Hyundai desde o início de junho. Embora seja uma série bem interessante, ela está muito cara – como a maioria dos carros no Brasil. Pagar quase R$ 60.000 num sedã compacto não vale a pena, mesmo para um carro excelente como o HB20S. Acho melhor investir num veículo maior e com um câmbio mais avançado, como o Honda City, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *