Fiat Chrysler Automobiles expande capacidade de produção da Jeep na Índia

Jeep-logoSe, no Brasil, o mercado segue em retração (algo até esperado, pois seria impossível crescer sempre, como estava acontecendo), o jeito é investir em outras localidades para aproveitar o potencial da região. E a Fiat Chrysler Automobiles (FCA), sabendo disso, anunciou sua intenção de investir aproximadamente US$ 280 milhões em sua unidade produtiva Fiat India Automobiles Private Limited, uma joint venture com a Tata Motors Limited. O investimento na planta de Ranjangaon, Índia, possibilitará a produção de um novo veículo Jeep, a partir do segundo trimestre de 2017.

“Demos um importante passo ao continuarmos a expandir a disponibilidade de produtos Jeep em todo o mundo”, disse Sérgio Marchionne, CEO da FCA. “Anteriormente, indicamos que 2015 seria um ano de transformações na globalização da marca, e este anúncio reforça aquele compromisso. Estabelecer a produção de Jeep na Índia nos dará a oportunidade de oferecer a mais pessoas a chance de experimentar a liberdade e aventura atrás da direção de um Jeep”, completa Marchionne.

jeep_renegade_9Com isso, a FCA e a Jeep investem, com o aumento da capacidade produtiva, em dois dos mais promissores mercados do mundo: Brasil, com a já inaugurada planta de Goiana (PE) e com a expansão de Betim (MG), e Índia.

Em 2014, as vendas da Jeep superaram um milhão de unidades no mundo, alcançando um novo recorde pelo terceiro ano consecutivo. Para alcançar uma clientela global ainda maior, Ranjangaon será a quarta planta fora dos Estados Unidos para produção em escala de veículos Jeep. Carros da marca também são fabricados na Itália e no Brasil, e começarão a ser produzidos na China no quarto trimestre de 2015.

Agora, sobre o novo carro produzido em solo indiano, alguém apostaria no Renegade? Ou será que teremos um inédito veículo feito por lá?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *