Volkswagen apresenta o novo Tiguan. Ficou bonito, viu?!?

Volkswagen-Tiguan-2016-new

Volkswagen Tiguan R-Line

A Volkswagen apresentou recentemente, durante o salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, o novo Tiguan. A segunda geração do modelo ficou bem bonita, passando um aspecto mais esportivo ao veículo que, na sua primeira geração, vendeu mais de 2,64 milhões de unidades em todo o mundo.

A Volkswagen exibiu quatro versões do novo Tiguan durante o salão alemão: o esportivo Tiguan R-Line, o tradicional Tiguan e uma versão off-road preparada especialmente para o uso fora de estrada. Ao mesmo tempo, o conceito Tiguan GTE, com propulsão híbrida plug-in e potência combinada do sistema de 218 cv (160 kW), mostra a visão da marca para o futuro desenvolvimento do seu SUV.

Volkswagen-Tiguan-2016-novo

Volkswagen Tiguan

A segunda geração do Tiguan é o primeiro SUV do Grupo Volkswagen baseado na plataforma modular transversal, também conhecida como MQB. Com isso, seu peso foi reduzido em mais de 50 kg se comparado ao do modelo anterior. Segundo informações da marca alemã, o espaço oferecido no interior e no compartimento de bagagem cresceu. O volume de bagagem subiu de até 505 litros para até 615 litros (carregado até o nível do encosto do banco traseiro). Com o encosto rebatido, a capacidade se eleva para 1.655 litros, o que representa um ganho de 145 litros.

Volkswagen-Tiguan-2016-R-Line

Volkswagen Tiguan R-Line

O Tiguan tem oito opções de motores, com potências variando entre 115 cv (85 kW) e 240 cv (176 kW). Todos os propulsores ganharam potência e ficaram até 24% mais eficientes em termos de consumo de combustível que os do modelo anterior, de acordo com a Volkswagen (redução de peso ajuda, mas só testando mesmo para saber). Resta saber se as motorizações a diesel estão com os dados corretos (e honestos) de emissões de poluentes.

Volkswagen-Tiguan-2016-R-Line-esportivo

Traseira do Volkswagen Tiguan R-Line ficou parruda

O novo sistema 4MOTION Active Control permite aos motoristas ajustar o sistema de tração integral de forma mais personalizada para todas as condições de rodagem. O Tiguan está habilitado a rebocar cargas de até 2.500 kg.

Volkswagen-Tiguan-2016-R-Line-painel-interior

Painel do Volkswagen Tiguan R-Line

A segunda geração do SUV da Volks é equipado, de série, com Front Assist com Frenagem Urbana de Emergência e Monitoração de Pedestres, Lane Assist (assistente de mudança de faixa) e com o sistema de Frenagem Automática Pós-colisão. Mas o mais interessante do carro alemão são os serviços online disponibilizados, que incluem notificação automática de acidente, informações online sobre trânsito e vagas de estacionamento e relatório sobre o estado do veículo.

Volkswagen-Tiguan-2016-GTE

Volkswagen Tiguan GTE

A eletrônica de bordo integra todos os atuais smartphones da Apple e Android (usuários do Windows Phone, o segundo sistema operacional mais usado no Brasil, continuam de fora) à funcionalidade dos sistemas de informação e entretenimento por meio do aplicativo App Connect. Até mesmo tablets podem se tornar parte integral do carro, por meio do aplicativo Media Control.

E no Brasil?

Ainda não sabemos quando exatamente a segunda geração do Tiguan chegará ao Brasil, mas, como o veículo é importado, não será surpresa se ele pintar por aqui em 2016 ou, no mais tardar, 2017.

Volkswagen-Tiguan-2016-GTE-hibrido

Volkswagen Tiguan GTE

O Tiguan é vendido hoje por aqui por R$ 134.990 (já incluindo o mais recente aumento) com motor 2.0 TSI de 200 cv de potência e 28,5 mkgf de torque. Com um preço desses, o modelo continuará sendo uma opção para (bem) poucos no Brasil.

Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *