Jeep finalmente disponibiliza o Renegade para pessoas com necessidades especiais. Conheça outras opções

Jeep-Renegade-Sport-2016

Jeep Renegade Sport 2016

Com esse tiro no pé das montadoras (por que será que as vendas caíram de novo por aqui em janeiro de 2016???), que elevam seus preços cada vez mais, com “benção” da Anfavea, um público importante das marcas está ficando cada vez mais de lado: as pessoas com necessidades especiais. Agora, pelo menos, elas contam com mais uma opção, pois a Jeep, finalmente, começará a disponibilizar o Renegade automático abaixo de R$ 70.000 a partir de março.

Diferente de outras marcas, como a Honda, a Volkswagen e a Chevrolet, que reduzem cada vez mais a oferta de veículos que custam menos de R$ 70.000, valor que os torna sujeitos à isenção de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a Jeep criou uma versão especial do Renegade com propulsor 1.8 flex e com câmbio automático de seis marchas, um dos itens mais importantes e solicitados por Pessoas com Deficiência (PCD – termo usado oficialmente no setor).

Jeep-Renegade-Sport-2016-pcd

A lista de equipamentos é a mesma do 1.8 de transmissão manual: ar-condicionado, direção elétrica, rádio com Bluetooth, porta USB e entrada auxiliar, freio de estacionamento eletrônico e vidros, travas e retrovisores elétricos, controle eletrônico de estabilidade (ESC), auxílio de partida em rampa (HSA), freios a disco e suspensão independente nas quatro rodas, freios com sistema ABS (com EBD), airbag duplo, entre outros. Os pedidos já podem ser feitos para essa nova configuração, que chegará aos clientes a partir de março. O preço é de R$ 68.990, mas, além da redução do ICMS, o comprado ainda tem desconto de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), fazendo com que o Renegade saia por um preço honesto: R$ 54.655.

Outra novidade para o Renegade é a cor preto Carbon que foi nesse final de mês. Com acabamento metálico, esse tom estará disponível para as versões Sport, Longitude e Trailhawk.

Toyota-Corolla-2015-GLi-Brasil

Toyota Corolla GLi: uma das melhores opções entre os sedãs médios

Mais sobre a compra para pessoas com necessidades especiais

Como expliquei, no ato da compra de um carro por uma pessoa com necessidades especiais (veja mais abaixo), as isenções de ICMS e IPI são aplicadas. Caso o veículo seja financiado, pode ainda haver a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). E existe ainda a possibilidade de isenção do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), dependendo o estado, no caso do emplacamento e em todos os licenciamentos enquanto o carro permanecer com o mesmo dono.

Conforme dito na boa reportagem do UOL, “podem se beneficiar da isenção de impostos os portadores de deficiências físicas, visuais, mentais ou autismo, condutores ou não – o que conta aqui é a necessidade de uso do carro como meio de transporte e o quanto isso gera de despesa extra no orçamento doméstico (em muitos casos, ainda é necessário preparar o automóvel para atender ao grau de deficiência do comprador)”.

Peugeot-2008-Allure-2016

Peugeot 2008 Allure Business 1.6 THP

Para carros que custam acima de R$ 70.000, o desconto será apenas de IPI, podendo também haver a isenção do IOF. Ou seja, a isenção do maior dos impostos, o ICMS, está disponível para veículos produzidos no Brasil ou em países do Mercosul que custam até R$ 70.000. Como comentei, normalmente, esse carro precisa ter câmbio automático, e, na maioria das vezes, precisa ter um porta-malas mais espaçoso.

Opções de compra

Logo, sedãs e monovolumes, além de SUVs (e das cada vez mais escassas peruas), são muito requisitados. Mas como comprar um carro dessas categorias, com câmbio automático, se os preços estão exorbitantes? Na linha de carros da Honda, das quatro versões do City, quatro versões do HR-V, quatro versões do Civic e seis versões do Fit, apenas os Fit DX (MT e AT) e LX (MT e AT) e City DX (MT) e LX (AT) custam menos de R$ 70.000! Ou seja, de 18 opções, o consumidor se limita a seis!

Renault-Duster-Dynamique-2016

Renault Duster Dynamique

Ou seja, nada de HR-V com isenção de ICMS. Mas alguns concorrentes dessa categoria podem ser encontrados por menos de R$ 70.000. É o caro da versão Allure Business do Peugeot 2008 1.6 THP automático, que tem preço sugerido de R$ 68.390, e do Renault Duster Dynamique 2.0, que tem um preço semelhante com câmbio automático.

Se o Civic, infelizmente, não é uma opção, nem o Volkswagen Jetta, que, agora nacional, custa a partir de R$ 89.750, o Nissan Sentra S 2.0, mesmo custando R$ 69.990 com câmbio manual, não é uma opção válida para ter o desconto de ICMS porque vem importado do México – uma pena. Por outro lado, temos algumas possibilidades interessantes, como o Renault Fluence Dynamique 2.0, que tem preço preço semelhante ao do irmão Sentra, mas com câmbio automático CVT, especial para PCD. Essa transmissão é a mesma do Corolla GLi 1.8, disponibilizado pela Toyota por R$ 69.040. A Peugeot também vende o 408 Allure Business automático de seis marchas por R$ 69.990.

Peugeot-408-Allure-2016

Peugeot 408 Allure Business

Eu poderia ficar acrescentar mais alguns outros carros, mas acho mais interessante encerrar por aqui. O que precisamos agora, com urgência, é que as montadoras reveja as suas políticas de preços, uma vez que os carros, na sua maioria, estão caros demais no Brasil. Os governos Federal e Estadual também precisam rever seus respectivos impostos, que, como já acontece há anos, são altíssimos. E a Anfavea, com todo respeito, precisa parar com a cara-de-pau de dizer que automóveis no Brasil são baratos.

Como tudo isso que pedi é praticamente uma utopia, nos resta solicitar ao Governo Federal que suba o limite da isenção do ICMS de R$ 70.000 para R$ 75.000 (será que vale R$ 80.000?).

Renault-Fluence-Dynamique-2016

Renault Fluence Dynamique

Para fechar, veja alguns sites especiais para “vendas diretas”, voltados para pessoas com necessidades especiais, frotistas e outros clientes:

Comentários (2)

  1. in OFF – agora q o maior lançamento da fiat ja esta no mercado dentro de 40 dias em media sera lançado o MOBI, em outro site ja apareceu fotos do interior do carro q nao passa de um uno simplificado “mais ainda” em seu interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *