Quando um tapete quase tirou a minha vida. Um “oferecimento” da Localiza

Localiza-quase-acidente-tapete-absurdo

Há alguns dias, passei por uma das piores e mais tensas experiências que já tive como motorista: um tapete quase tirou a minha vida. Antes de explicar o que aconteceu, antecipo que essa quase fatalidade é mais um “oferecimento” da Localiza.

Cheguei em Ribeirão Preto (SP) e fui ao guichê da Localiza no aeroporto para retirar o carro que eu tinha reservado. Como de costume, a locadora não tinha o veículo que estava na minha solicitação e, mais uma vez, me ofereceram um “upgrade”. O automóvel oferecido era um Fiat Linea Essence 1.8.

Como eu não tinha outra alternativa, nem tempo para ficar lá, aceitei e fui embora. Nos primeiros quilômetros, achei que o sedã ítalo-mineiro estava com algum problema na embreagem, que estava estranha. Quando cheguei ao meu destino, tudo estava mais ou menos normal, mas eu continuava desconfiado do carro.

Fiat-Linea-2015-Brasil-Essence-visual

Fiat Linea Essence preto parecia estar com problemas na embreagem e sem freio

No dia seguinte, pela manhã, bem cedo, por segurança, fiz alguns testes antes de sair com o sedã novamente, ainda mais porque eu pegaria estrada. Por precaução, fui até o meu destino com velocidade mais baixa. Mas eu continuava sem confiar 100% no veículo.

A hora do pesadelo

No mesmo dia, na hora em que fui embora, à noite, peguei a estrada novamente e estava tudo aparentemente normal. A rodovia estava bem cheia, mas os carros conseguiam manter a velocidade próxima ao limite da via – 110 km/h.

Eu estava a 100 km/h e, depois de superar um aclive, notei, pelo alto, que o trânsito estava parando, a cerca de 1 km à frente. Comecei a descer e toquei o pé no freio, mas nada aconteceu. O Linea continuava descendo e eu apertando o freio com mais força e a velocidade não reduzia. Lembrei então dos meus cursos de direção segura com a Fiat e com a Audi e usei o câmbio para me ajudar.

Fiat-Linea-2015-Brasil-Essence-design

Fiat Linea Essence foi alugado como um “upgrade” da Localiza

Reduzi para quarta e, depois, para a terceira. Fui forçado a costurar dois carros no meio do trajeto, que estavam mais lentos, para evitar uma colisão. Ao fazer isso, notei que o trânsito intenso estava se aproximando bem mais rápido do que imaginei.

Tapete maldito

Tentei, mais uma vez, usar os freios. Dessa vez pisei com o máximo de força que consegui e, pela primeira vez em alguns quilômetros, o Linea respondeu ao freio, mesmo que muito pouco. Quando percebi isso, pensei: “ainda tenho freio”. Foi então que, olhei o mais rápido que pude para os pedais e notei que o tapete estava totalmente afundado, debaixo dos pedais.

Tentei retirá-lo, mas ele estava enganchado no pedal do freio. Tentei de novo e nada. Joguei uma segunda marcha, fazendo o giro subir para as alturas e me preparei para puxar o freio de mão e para jogar o carro para o acostamento + grama, evitando fazer um strike automotivo.

Faltando poucos metros para chegar aos carros parados, praticamente na minha última tentativa, consegui retirar o tapete e, para o meu alívio absoluto, o freio funcionou! Finalmente consegui parar o sedã italiano.

Fiat-Linea-2015-Brasil-Essence-painel

Fiat Linea Essence estava com o tapete errado

Localiza sendo Localiza

Foi então que entendi o que estava acontecendo com a embreagem e o que aconteceu com os freios. A Localiza colocou no Linea um tapete que não era adequado para o carro, muito maior do que deveria. Para caber, algum funcionário dobrou o tapete, o enfiando de qualquer jeito, obstruindo a parte de trás dos pedais. Um ABSURDO completo!

Revoltado, voltei ao Aeroporto de Ribeirão Preto, onde retirei o veículo. Como demorei quase 1h para ir até lá, cheguei mais calmo e com cabeça para conversar com as atendentes. Eu disse a elas o que aconteceu e, como resposta, ouvi um “esse não é o padrão da Localiza”! A solução apresentada por elas foi trocar o veículo! Repito aqui a pergunta que fiz a elas: do que adiantaria trocar o carro se o problema era o tapete?

Se o afronte à minha vida não fosse o suficiente, nem um pedido de desculpas das funcionárias eu ouvi.

Já aluguei um carro fedorento; já me cobraram por um reparado de um vidro que eu não danifiquei; peguei um carro muito desalinhado; outro com a tomada 12V quebrada; me ofereceram carro sem ABS; me alugaram um GPS que não sabia o caminho; já tomei banho de um ar-condicionado quebrado de um carro da frota da empresa; já fiquei na fila um tempão para retirar um veículo; já peguei um Ka que bebia horrores; já me cobraram quantias erradas no meu cartão de crédito; já tomei banho de chuva porque a Localiza não tinha cobertura até o veículo; peguei um carro que estava com defeito no medidor de combustível; outro que o ar-condicionado praticamente não funcionava; peguei um veículo com os tapetes ensopados e com os limpadores velhos; quantas vezes fui obrigado a pegar outro carro porque o que eu tinha reservado não estava disponível; enfrentei uma situação absurda para retirar um Dobló, entre tantos outros problemas.

Mas, em nenhum momento, enfrentei um situação com a Localiza tão séria e grave quanto essa, que colocou a minha vida e a de outras pessoas em risco por um descuido que considero até simples, mas totalmente absurdo!

Comecei o ano de 2016 tentando esquecer os problemas antigos com a Localiza, preparado para dar uma nova chance à empresa. Mas, se no primeiro trimestre a situação não foi boa, o que devo pensar agora, depois desse preocupante episódio? Lamentar, mais uma vez, não vai adiantar nada.

Comentários (6)

      • Comigo também é assim. Então eu fico uns 30 minutos inspecionando o carro antes de sair da loja. Na última me deram um carro sem o limpador traseiro e certamente iriam me cobrar um na volta. Peço pra marcar todos o arranhões e verifico tudo. Tem dado certo.

          • Parizzi tente fazer com que sua empresa mude para a MOVIDA, até agora não tive problemas com ela e os carros parecem ser bem cuidados e inspecionados por ela.

          • Ótima dica, Marcus! Vou me lembrar na próxima vez!

            Espero que eu consiga me livrar da Localiza o quanto antes, mas Hertz eu não quero!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *