Volkswagen disponibiliza manuais de seus veículos na internet

Volkswagen-Golf-2014-Highline-Brasil-TSI-turbo-VII-13

Uma notícia interessante. A Volkswagen do Brasil passou a disponibilizar os manuais de seus veículos na internet. Os arquivos eletrônicos são oferecidos para todo o portfólio da companhia, nacionais e importados, inclusive para as versões de ano/modelo anteriores de cada automóvel. Dessa forma, proprietários, entusiastas e curiosos podem ter acesso a um conteúdo rico e diversificado.

É realmente fácil acessar o manual do proprietário online: basta entrar no site da marca, em seguida ir à opção “Serviços” e, por último, “Manuais Volkswagen”. Mais fácil do que isso é só clicar aqui.

“A ação proporciona ao cliente consultar os manuais de veículos Volkswagen com muito mais praticidade e mobilidade, visto que também podem ser acessados via smartphone e tablet. O objetivo da marca é facilitar cada vez mais o acesso às informações sobre os nossos produtos a todos os clientes, pois é fundamental que ele observe o conteúdo do manual de instruções do veículo antes de utilizá-lo pela primeira vez e também durante a sua utilização, permitindo sempre o conhecimento abrangente do produto”, disse o gerente da área Técnica de Serviços da Volkswagen do Brasil, Claudio Patti.

manual-Volkswagen

Ilustração de um dos manuais disponíveis online pela Volkswagen

Todos os veículos da marca Volkswagen seguem com o material de literatura de bordo, que contempla o manual de instruções do modelo com detalhes sobre a vista geral do automóvel; orientações sobre condução; conservação, limpeza e manutenção; dados técnicos; abreviaturas utilizadas, entre outras informações. A literatura de bordo conta também com guia de manutenção, garantia e manual de instruções de recursos e sistemas opcionais.

Veículos e manuais

Amarok, CC, Fox, Fusca, Gol, Golf, Golf Variant, Jetta, Passat, Passat Variant, Saveiro, Space Cross, SpaceFox, Tiguan, Touareg, up! e Voyage têm seus manuais disponíveis (linhas 2014, 2015, 2016 e 2017).

Espero que essa prática seja geral entre todas as outras montadoras que comercializam seus carros no Brasil.

Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *