Nissan March e Versa ganham o bom câmbio automático CVT na linha 2017

Nissan-Versa-automatico-CVT-2017

Nissan Versa e March 2017

Depois de muita expectativa, os Nissan March e Versa, finalmente, ganharam o bom câmbio automático CVT XTronic na linha 2017, juntamente com mais alguns detalhes. A novidade está disponível para quase todas as versões com motor 1.6 16V e é muito bem vinda, especialmente porque o desempenho é interessante e a média de consumo atraente. Pena que os preços não tenham ficado tão animadores quanto eu esperava.

Mantendo os mesmos visuais, que não são nada excepcionais, mas também não são feios (gosto de ambos, especialmente o March), a dupla recebeu apenas um “XTronic CVT” na traseira para identificar as versões automáticas na linha 2017. Os motores são os mesmos: 1.0 12V de três cilindros, que desenvolve desenvolve 77 cv de potência e 10 kgfm de torque com gasolina e/ou etanol, e 1.6 16V de quatro cilindros, que gera 111 cv de potência e 15,1 mkgf de torque com gasolina e/ou etanol no tanque.


Modelo
     CONSUMO – KM/L
ETANOL GASOLINA
Cidade Estrada Cidade Estrada
Nissan Kicks 1.6 CVT 8,1 9,6 11,4 13,7
Nissan March 1.6 manual 8,5 9,9 12,6 14,4
Nissan March 1.6 CVT 7,8 9,8 11,7 14,5
Nissan Versa 1.6 manual 8,4 10,0 12,6 14,4
Nissan Versa 1.6 CVT 7,8 10,0 11,6 14,1

A transmissão automática CVT está disponível para as versões SV e SL do March e do Versa e, ainda, para a topo de linha do sedã, Unique, que não será mais ofertada com câmbio manual.

O câmbio funciona muito bem, uma vez que, por ser continuamente variável, você não sente as “trocas” de marcha. Esse sistema privilegia o conforto e o consumo de combustível que, como divulgado pelo Inmetro, são interessantes.

Nissan-March-automatico-CVT-2017

Nissan Versa e March 2017: câmbio automático CVT é a principal novidade

Além disso, há novidades nos acabamentos para a linha 2017. As principais para o Nissan Versa são mudanças de versões e conteúdo. A versão de entrada 1.0 passa a se chamar 1.0 Conforto. Os itens de série do pacote “Pack Plus” foram incorporados às versões de entrada e a versão 1.6 SV sem o “Pack Plus” passa a se chamar 1.6 S. Assim, as versões base ficam mais equipadas. O Versa conta agora com vidros elétricos nas quatro portas de série, além do ISOFIX disponível a partir da versão 1.6 SV.

Assim como o Versa, os conteúdos dos pacotes “Pack Plus” e “Pack Multi” para o Nissan March também foram incorporados nas versões de entrada. Sendo assim, tanto para o March quanto para o Versa, não haverá mais esses dois pacotes.

Nissan-Versa-automatico-CVT-2017-cambio-painel

Quadro de instrumentos do Versa é muito melhor do que o do March. No centro, o câmbio CVT

O que ficou faltando mesmo, que inexplicavelmente não faz parte da linha 2017 do March e do Versa automáticos, foi o cruise control (piloto automático), que não está disponível nem como opcional.

Preço das revisões

De acordo com a Nissan, os custos de manutenção do March e do Versa automáticos são rigorosamente os mesmos das versões equipadas com transmissão manual, sendo que as seis primeiras revisões (60.000 km), somadas, têm preço sugerido de R$ 2.344, com intervalos de 10.000 km para ambos os carros.

Quilometragem
10.000 km 20.000 km 30.000 km 40.000 km 50.000 km 60.000 km Preço total
March
Ano/Modelo 14/15 em diante
1.6 16V R$ 249
M.O Grátis
R$ 379
M.O. Inclusa
R$ 359
M.O. Inclusa
R$ 499
M.O. Inclusa
R$ 359
M.O. Inclusa
R$ 499
M.O. Inclusa
R$ 2.344
Versa
Ano/Modelo 14/15 em diante
1.6 16V R$ 249
M.O Grátis
R$ 379
M.O. Inclusa
R$ 359
M.O. Inclusa
R$ 499
M.O. Inclusa
R$ 359
M.O. Inclusa
R$ 499
M.O. Inclusa
R$ 2.344

M.O.: Mão de obra

Confira os preços da linha 2017 de March e Versa:

Nissan March 1.0 Conforto – R$ 38.790
Nissan March 1.0 S – R$ 41.690
Nissan March 1.0 SV – R$ 44.690
Nissan March 1.6 S – R$ 46.190
Nissan March 1.6 SV – R$ 49.290
Nissan March 1.6 SV CVT – R$ 54.090
Nissan March 1.6 SL – R$ 53.590
Nissan March 1.6 SL CVT – R$ 58.390

Nissan Versa 1.0 Conforto – R$ 44.690
Nissan Versa 1.0 S – R$ 47.990
Nissan Versa 1.6 S – R$ 50.690
Nissan Versa 1.6 SV – R$ 53.190
Nissan Versa 1.6 SV CVT – R$ 57.990
Nissan Versa 1.6 SL – R$ 59.890
Nissan Versa 1.6 SL CVT – R$ 64.690
Nissan Versa 1.6 Unique CVT – R$ 66.490

Resumo da obra

Algumas versões do March e do Versa ficaram mais equipadas na linha 2017, o que é bem-vindo. Mas, infelizmente, os preços subiram, mesmo para as versões manuais. Exemplos: o March SV 1.6 16V 2016 custava R$ 46.890 e agora foi para R$ 49.290; o March SL 1.6 16V 2016 podia ser encontrado por R$ 49.490 e subiu para R$ 53.590; o Versa SV 1.6 16V 2016 era R$ 49.490 e agora custa R$ 53.190; o Nissan Versa SL 1.6 16V 2016 valia R$ 50.690 e hoje pode ser encontrado por R$ 59.890 (!); enquanto o Nissan Unique 1.6 16V 2016 custava R$ 56.190 e agora vale R$ 66.490, mas com câmbio CVT.

Nissan-March-automatico-CVT-2017-cambio-painel

Nissan March 2017 carece de quadro de instrumentos mais refinado, como o Fine Vision do Versa

Uma coisa é certa: parte desse aumento e o preço acima do esperado pelas versões CVT são para absorver os custos desse câmbio, que é importado. Por isso, ao invés de uma elevação na casa de R$ 4.000 para as versões automáticas, o preço aumentou R$ 4.800. Resta ter a esperança que, com o dólar baixando, March e Versa Xtronic fiquem mais baratos.

Ainda sobre preços, embora alguns aumentos tenham sido surpreendentes, como o do Versa SL, os valores da dupla da Nissan ainda estão dentro de uma margem esperada do mercado atual, especialmente se comparados aos Chevrolet Onix, Prisma e Cobalt; Hyundai HB20 e HB20S, e Toyota Etios hatch e Sedan.

Comentários (3)

  1. Alguém poderia me explicar, como se eu fosse uma criança de 5 anos, por que o Versa tem consumo melhor com o novo cambio CVT, em comparação à versão manual, e o March tem o consumo PIOR, na mesma comparação?

  2. Na verdade, comparei errado…

    Tanto o March quanto o Versa tem consumos PIORES com o fabuloso ultra moderno caríssimo importada câmbio CVT.

    Ora, se o giro está sempre otimizado, e não há trocas de marcha, é óbvio se esperar que o consumo com câmbio CVT seja MELHOR, ainda que marginalmente.

    Mas nunca PIOR…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *