Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro começam a ser exportados

Volkswagen-Gol-2017

Volkswagen Gol 2017

Junho foi um mês melhor do que maio, mas 2016 ainda continua com uma queda considerável nas vendas de automóveis no Brasil. Se o tiro no pé das montadoras continua, o jeito é partir para outras alterativas para comercializar mais unidades e, entre as melhores delas, está vender para fora do país. Com essa estratégia, os Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro começaram a ser exportados para mais de oito países!

Os modelos começam a chegar nos principais mercados da América Latina. Mais de 13 mil unidades foram embarcadas para Argentina, México, Bolívia, Colômbia, Chile, Peru, Uruguai e Paraguai.

A Saveiro 2017  acaba de abrir um novo mercado para a Volkswagen do Brasil e passa a ser exportada para a Jamaica, além do Panamá. A marca também vai iniciar a exportação da picape e do Gol para Honduras, enquanto o hatch também dará as caras em Curaçao.

O Gol é o carro mais exportado da indústria automobilística nacional, totalizando mais de 1,3 milhão de unidades enviadas para 66 países. Em 2015, além de ser o modelo mais exportado do País, o Gol também foi o modelo mais comercializado no mercado argentino. Em toda história, o Voyage acumula 400 mil unidades e a Saveiro 209 mil unidades exportadas.

Volkswagen-Voyage-2017

Volkswagen Voyage 2017

Recém-lançada no mercado nacional, a linha 2017 do Gol, Voyage e Saveiro é fruto de um investimento superior a R$ 560 milhões, para o desenvolvimento de engenharia veicular e de motor, aquisição de bens de capital para modernização do processo produtivo e treinamento dos colaboradores entre outros.

A Saveiro é produzida exclusivamente em São Bernardo do Campo (SP) e o Voyage na unidade de Taubaté (SP). Ambas as fábricas produzem também o Gol.

“Temos o desafio de buscar mercados que tenham relativa semelhança técnica com os produtos que desenvolvemos e produzimos aqui no Brasil. Quanto mais diversidade de mercados, com economias diferentes, mais sucesso teremos com nossas exportações, o que ajuda a trazer divisas para o País e manter ocupadas as capacidades de produção das nossas fábricas”, afirma o vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil, Jorge Portugal.

Volkswagen-Gol-Voyage-2017-painel

Painel da linha 2017 dos Volkswagen Gol e Voyage

Histórico de exportações

Ao longo dos seus 45 anos de exportação desde o primeiro embarque de veículos da marca, quando foram exportadas 13 unidades dos modelos Kombi e Variant, com destino ao México e países da América do Sul (1970) até os dias de hoje, a Volkswagen do Brasil já totaliza exportações de mais de 3,3 milhões de unidades montadas (automóveis e comerciais leves – sem contabilizar CKD) exportadas para 147 países nos cinco continentes.

Em 2015, marca aumentou em 35% o volume exportado em relação a 2014, totalizando 124.959 unidades embarcadas para 16 mercados. Os maiores são Argentina e México. O desempenho da Volkswagen foi 10 p.p. superior ao registrado pelo setor automotivo brasileiro, que fechou 2015 com 24,8% de crescimento nas exportações. A marca é responsável por 30% do total de embarques do setor.

Resumo da obra

Ótima a estratégia da Volkswagen de exportar os seus veículos – o que também acontece com outras montadoras por aqui. Do meu ponto de vista, Gol, Voyage e Saveiro nunca foram tão bons quanto atualmente – depois da chegada da linha 2017. Mas o preço dos modelos poderia ser bem melhor, especialmente o do Gol, que sofre com o alto valor do up!, que o empurra para cima, juntamente com o Fox.

Espero que a Volkswagen me empreste uma unidade para testes em breve.

Comentários (1)

  1. o gol ta sendo vendido mais caro q o fox, e este esta tendo bons descontos nas css mas tao cedo ira ganhar nova geracao, isso acontecera em 2018 e nesse msm ano chega o novo gol “tera a msm plataforma do atual mas de resto sera tudo diferente”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *