Embalado pelo Q5 de número um milhão, Audi comemora quase sete mil carros emplacados no Brasil em 2016

Foto do Audi A3 Sedan 2017 com motor Flex

Audi A3 Sedan 2017

Embalado com o marco histórico mundial de um milhão de Q5 produzidos na Alemanha, a Audi comemora o expressivo número de 6.980 carros emplacados no Brasil em 2016. Como já acontecia antes, A3 Sedan e Q3 2017 são os destaques da marca de janeiro a julho desse ano.

“O cenário da economia brasileira ainda impõe muitos desafios, especialmente ao setor automotivo. Mesmo assim, seguimos na liderança do segmento no acumulado do ano e investindo em nossas principais áreas de negócios. Sete modelos foram lançados até agora (A1 Sportback, Q7, TT Roadster, RS3 Sportback, TTS Coupé, o novo A4 e Q3 nacional) e, até o fim de 2016, traremos mais novidades ao consumidor brasileiro, como o novo A4 com motor de 252 cv e o RS7 Performance”, ressalta Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi do Brasil.

Foto do novo Audi R8 2017

Audi R8 2017

A nova geração do esportivo R8 também será apresentada em breve. Teremos também o A4 Avant e o S4. Além disso, de acordo com o executivo, os investimentos anunciados pela marca no país estão mantidos e sendo destinados às frentes de negócio da empresa. Parte desse esforço será para a área de pós-venda, que, ainda em agosto, terá “uma grande novidade, um serviço pioneiro no país”.

“Apesar dos grandes desafios, esse tem sido um ano muito intenso para a Audi do Brasil. Vamos dar continuidade ao nosso planejamento para que possamos crescer no longo prazo, de maneira sustentável. Os resultados alcançados até aqui nos mostram que estamos no caminho certo para alcançar esse objetivo”, finaliza Hofmann.

Sem dúvida, para uma marca que tem carros com preços iniciais na casa de R$ 100.000, emplacar praticamente 7.000 unidades num ano de redução de mercado é mesmo importante.

Foto da celebração de 1 milhão de Q5 produzidos na fábrica da Audi na Alemanha

Celebração de 1 milhão de Q5 produzidos na fábrica da Audi na Alemanha

Q5 um milhão

Outra número de destaque da Audi foi a produção do Q5 um milhão na planta de Ingolstadt, na Alemanha. O carro, um SQ5 em azul Sepang, será entregue a uma família local. O sucesso internacional do modelo – que foi o segundo “Q” da marca, depois do Q7 – começou ainda em 2008, quando foi lançado no segmento de SUVs de “médio porte”. Desde então, segundo a companhia, o Q5 tornou-se um dos carros preferidos dos consumidores, sendo comercializado em mais de 100 países.

Mundialmente, a montadora entregou 266.968 unidades do Q5 no 00ano passado, o que representa um volume 8% maior do que em 2014, quando foram emplacados 247.446 carros. As vendas unitárias apresentaram crescimento de 4,7% na primeira metade deste ano e, de acordo com a Audi, o modelo continua a ser o mais vendido em seu segmento.

Foto do Audi Q5 de frente

Audi Q5 tem visual mais sóbrio

Mais de 650 Q5 são produzidos em Ingolstadt todos os dias. Além disso, a Audi também fabrica o modelo em Changchun, na China, e Aurangabad, na Índia, para os respectivos mercados locais. Ao todo, cerca de 1,6 milhão de Q5 foram vendidos no mundo desde o início da produção, em 2008. O SUV é especialmente popular na China, nos Estados Unidos e na Alemanha.

O Q5 também passa a ser produzido, a partir de setembro, na linha de San José Chiapa (México), para o mercado mundial. Espero que, dessa nova fábrica, ele passe a vir para o Brasil aproveitando o acordo fiscal de importação entre os países, chegando aqui com preços mais atraentes, permitindo que mais brasileiros possam entender, na prática, porque o Q5 é tão bom.

Foto do Audi Q5 de costas

Audi Q5 já vendeu mais de 1,6 milhão de unidades no mundo

“O Q5 sempre teve ótima procura por ter um tamanho intermediário e atender a públicos diferenciados. O carro possui todo estilo, conforto, desempenho e segurança característicos da montadora. Quem faz o test drive no Q5 percebe que ele é um desses veículos polivalentes e que não decepcionam em nenhuma aplicação”, afirma o superintendente da Audi Center BH, Miguel Albino.

Rápida experiência

Infelizmente, minha única experiência com o Q5 foi muito curta; mas proveitosa. Rodei com eles por poucos minutos durante um deslocamento que fiz numa das minhas viagens e fiquei bem satisfeito com o que vi em termos de desempenho (graças ao motor turbo), acabamento e comportamento dinâmico.

Uma pena mesmo foi a rapidez do encontro. Realmente eu gostaria de testar um exemplar com mais calma.

Fotos: Audi/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *