Mesmo com mercado em retração, Audi emplaca quase 8.000 carros em 2016 no Brasil até agora

Audi-A3-Sedan-Flex-2016

Audi A3 Sedan com motor bicombustível

Repetindo o desempenho anterior, a Audi emplacou 7.989 unidades nos oito primeiros meses do ano no Brasil, volume que, segundo a marca, a mantém no topo do ranking de vendas do segmento premium no País no acumulado do ano de 2016. Quem foi o principal responsável? A resposta é fácil!

O A3 Sedan é a grande estrela da montadora, sendo responsável por 2.731 emplacamentos.

“Olhando em retrospectiva, os resultados, mesmo em um ano difícil, refletem a continuidade dos nossos investimentos e da nossa estratégia 360° para o país. Em 2016, trouxemos, em média, um novo carro por mês, apresentamos serviços inovadores, como o Airport Service, e seguimos com a capacitação intensiva dos nossos colaboradores. Tudo isso tem contribuído para solidificar a força da nossa marca no país”, destaca Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi do Brasil.

Foto do Audi A4 Avant

Audi A4 Avant

Até o final do ano chegam ao mercado brasileiro, por exemplo, o R8 Coupé V10, o A1 Sport e a nova versão do A4 Avant. A marca promete ainda “grandes novidades para o Salão do Automóvel”, que será realizado em novembro, em São Paulo.

“Estamos seguindo com o nosso planejamento para o Brasil. Mesmo com o arrefecimento das vendas no segmento, os resultados alcançados até aqui mostram que temos diferenciais importantes que pesam nas decisões de compra, como a alta qualidade dos nossos produtos e serviços e a nossa relação com o consumidor no pós-vendas”, finaliza o presidente e CEO da Audi do Brasil.

Para fechar, o que eu gostaria mesmo de ver é se a grande estrela da Audi no momento no País, o A3 Sedan, juntamente com seu irmão maior, o A4, realmente superam os “aspirantes a premium” Honda Civic Touring 1.5 turbo e Chevrolet Cruze LTZ 1.4 turbo. Seria uma bela disputa entre os quatro!

Comentários (2)

  1. Considero a Audi uma marca de excelência. Mas acho que as vendas expressivas do A3 ocorreram devido a falta de concorrentes atualizados. O novo Cívic e Cruze tem tudo para abocanhar uma fatia das vendas do A3. Além disso, temos que observar o preço de peças e do seguro que são bem altos no A3. Um ponto positivo para Audi e o seu marketing que começa nas concessionárias em BH a noite quando deixam alguns veículos com os faróis de Led acessos após o fechamento. Funciona melhor que qualquer outdoor. É uma vitrine e tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *