Toyota lança série especial Dynamic para manter o Corolla em evidência

Foto da série especial Toyota Corolla Dynamic 2017

Faróis de LED se destacam na dianteira do Toyota Corolla Dynamic 2017

Líder absoluto de mercado da categoria em 2016, mas enfrentando uma lista de concorrentes cada vez mais moderna e atual, o Corolla precisava de algum diferencial para se manter em evidência. E foi exatamente isso que a Toyota fez com a série especial Dynamic.

Posicionada entre a versão topo de linha Altis e a intermediária XEi, a edição especial Dynamic tem preço sugerido de R$ 95.800. Na prática, você paga R$ 2.080 a mais em relação aos R$ 93.720 do Corolla XEi e leva luzes diurnas de LED (inéditas para a família Corolla), acabamento em preto das rodas de liga leve de 16’’, espelhos retrovisores externos pintados na cor Preto Eclipse, emblema Dynamic na parte traseira do veículo, revestimento interno das portas e assentos em padrão couro na cor preta e tapetes personalizados.

Foto de traseira da série especial Toyota Corolla Dynamic 2017

Rodas escurecidas fizeram bem ao Corolla Dynamic

No mais, a lista de equipamentos de série do Dynamic é a mesma do Corolla XEi, composta por ar-condicionado automático digital, computador de bordo que exibe a velocidade instantânea em formato digital, acionamento dos vidros elétricos por um toque disponível nas quatro portas, bancos traseiros bipartidos (60/40), com descanso de braço central e porta-copos, controle de velocidade de cruzeiro e retrovisor interno eletrocrômico, sistema multimídia em tela de 6.1″, com funções do áudio, GPS, câmera de ré, conexões USB para smartphones e dispositivo Bluetooth, além de reproduzir DVD e TV digital.

Entre outros itens de série, o modelo conta ainda com cinco airbags (dois frontais, dois laterais nos bancos dianteiros e um de joelho para o motorista), sistema de ancoragem ISOFIX para cadeira infantil nos bancos traseiros, travamento automático das quatro portas a 20 km/h, cintos de segurança com pré-tensionador e limitador de força, freios ABS nas quatro rodas e sistemas auxiliares EBD com distribuição eletrônica de força de frenagem.

Foto do painel da série especial Toyota Corolla Dynamic 2017

Toyota Corolla Dynamic 2017 está disponível apenas com câmbio automático CVT

Disponível nas cores Branco Pérola, Preto Eclipse e Prata Super Nova, o Corolla Dynamic possui motor 2.0 16V que desenvolve 143 cv de potência a 5.600 rpm e 19,4 mkgf de troque a 4.000 giros com gasolina e 154 cv a 5.800 rpm e 20,3 kgfm a 4.800 giros com etanol. A única opção de transmissão disponível é a automática do tipo CVT, que simula sete marchas, com a possibilidade de trocas manuais sequenciais pelas borboletas localizadas atrás do volante. Segundo a Toyota, outro diferencial da série especial é a tecla “Sport Mode” que, quando acionada, altera o mapeamento do software de gerenciamento da transmissão e proporciona ao Corolla um comportamento dinâmico e mais esportivo.

Mercado brasileiro

No acumulado de janeiro a setembro, segundo a Fenabrave, foram 48.635 unidades do Corolla vendidas, o que representa cerca de 50% das vendas totais no segmento de sedãs médios. O segundo colocado da categoria é o Honda Civic, com 12.707 unidades, seguida pelo Chevrolet Cruze, com 7.611 unidades, Volkswagen Jetta, com 6.024 unidades, Nissan Sentra, 5.266 unidades, e Focus Sedan (Fastback), 4.127 unidades.

Foto de perfil da série especial Toyota Corolla Dynamic 2017

Série especial Toyota Corolla Dynamic 2017

Além disso, o Corolla é o quinto carro mais vendido do Brasil em 2016 (janeiro a setembro), atrás apenas do Chevrolet Onix (105.157 unidades), Hyundai HB20 (85.898 unidades), Ford Ka (55.366 unidades) e Fiat Palio (48.653 unidades).

Resumo da Obra

A série especial Dynamic até consegue dar um ar de exclusividade ao Corolla, especialmente pelas luzes diurnas de LED e pelas bonitas rodas em tom escuro. Entretanto, o sedã da Toyota, embora ainda atual, ficou defasado não pelo tempo, mas sim pelos dois concorrentes, Civic e Cruze, pelo menos em termos visuais (externo e, principalmente, interno) e de motorização.

Mas isso não significa que o Corolla perderá o trono no Brasil. O sedã da Toyota fechará 2016 com folga na liderança no seu segmento. Mas a marca precisa ficar atenta (e sei que ela está), pois o modelo, cada vez mais, precisa de uma atualização, que deve ficar para o ano que vem.

Comentários (4)

Deixe uma resposta para Leônidas Júnior Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *