Vale a pena comprar um Citroën C4 Lounge 2017?

Foto do Citroen C4 Lounge THP na versão Exclusive 2017

Citroën C4 Lounge 2017: vale a pena comprar um?

Se o Fiat (Palio) Weekend 2017 não é um bom negócio em termos de mercado (a não ser que você goste de verdade do modelo), o Citroën C4 Lounge é um outro assunto. O sedã da marca francesa chegou à linha 2017 com novidades. Mas a dúvida persiste: vale a pena comprar um?

Antes de responder, vamos saber o que mudou no C4 Lounge. A marca se apoiou em 3 pilares para tornar o seu sedã mais atraente: mecânica, redução de consumo e equipamentos (além do preço). Vamos a eles.

Mecanicamente

O C4 Lounge recebeu novos amortecedores na dianteira e novas “leis de amortecimento”, melhorando a dirigibilidade, segundo a marca. Mas a principal novidade da linha 2017 foi a aposentadoria do propulsor 2.0 16V, que, para a nossa alegria, deu lugar definitivamente ao motor 1.6 16V turbo (THP) bicombustível, único a ser ofertado.

Foto da traseira do Citroen C4 Lounge THP com câmbio automático na versão Exclusive 2017

Visual da traseira do Citroën C4 Lounge não mudou na linha 2017

Fruto da parceria entre PSA Peugeot Citroën e BMW Group, ele está debaixo do capô das três versões disponíveis, Origine, Tendance e Exclusive, e desenvolve 166 cv de potência com gasolina e 173 cv com etanol, ambos os números a 6.000 rpm. O torque, que já aparece em quase sua totalidade a 1.400 rpm, é de 24,5 kgfm com qualquer combustível.

Pensando na redução do consumo de combustível, o motor 1.6 16V THP agora é associado ao novo o câmbio manual de 6 marchas no acabamento Origine (o de entrada). Segundo a marca, a presença de indicador de mudança de marcha (GSI) no painel e o uso de óleo lubrificante de baixo atrito no câmbio também contribuem para o ganho de eficiência energética.

Outra novidade foi a introdução do sistema Volt Control (controle de gestão da energia da bateria). Por meio dele, o alternador identifica o modo de utilização do veículo e se adapta à necessidade de momento. Se a bateria estiver carregada, por exemplo, ela é “desacoplada” do alternador; se estiver descarregada, ela se “acopla” ao alternador, mas, no momento em que o motor estiver em baixa carga de utilização (em uma desaceleração, ele mantém o alternador ligado; em aceleração, o alternador é desacoplado). O fato de o alternador não precisar ficar ligado o tempo todo resulta em uma economia de combustível da ordem de 1%.

Foto do Citroen C4 Lounge turbo 2017

Citröen C4 Lounge 2017 agora é equipado unicamente com motor 1.6 turbo flex

Mas o comprador do C4 Lounge THP busca, normalmente, o câmbio automático. Por isso, a caixa AT6 III, de seis velocidades, recebeu alterações para também diminuir o consumo de combustível. A principal novidade é a função Eco Drive, que, ao ser acionada por uma tecla, busca mais economia alterando a relação das trocas de marcha para favorecer, segundo a marca, uma melhora de até 5% no consumo em ciclo urbano.

Consumo (e desempenho)

De acordo com a Citroën, todas essas mudanças foram fundamentais para uma melhora no consumo do modelo: cerca de 17% nas unidades com o novo câmbio manual e de 11% nas dotadas de câmbio automático. Com isso, todas as versões 2017 do Citroën C4 Lounge passaram de etiqueta C para etiqueta A de consumo no PBEV (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), do Inmetro.

A situação poderia ser ainda melhor se o sedã francês fosse um pouco mais leve, uma vez que ele pesa 1.355 kg Origine manual; 1.375 kg Origine automático; 1.388 kg Tendance automático; e 1.414 kg Exclusive automático. Segundo o Inmetro, a diferença de 39 kg entre as versões automáticas não influencia no consumo. Confira (o órgão não analisou a versão manual):

Consumo Etanol Gasolina
Cidade Estrada Cidade Estrada
C4 Lounge Origine 1.6 THP automático 7,1 km/l 9 km/l 10,5 km/l 13,2 km/l
C4 Lounge Tendance 1.6 THP automático 7,1 km/l 9 km/l 10,5 km/l 13,2 km/l
C4 Lounge Exclusive 1.6 THP automático 7,1 km/l 9 km/l 10,5 km/l 13,2 km/l

Na prática, só testando mesmo para saber a média de consumo de verdade. Se a marca quiser me emprestar uma unidade para teste, eu mesmo faço a análise. Ou, se alguém quiser contribuir com os números de consumo do C4 Lounge para a seção Consumo Real do De 0 a 100, fique a vontade!

Para fechar essa parte, segundo a marca francesa, o C4 Lounge THP atinge 215 km/h de velocidade máxima com qualquer câmbio e precisa de 9,3 s para ser acelerado de 0 a 100 km/h com gasolina e transmissão manual, 9,4 s com o mesmo combustível e caixa automática e 9,1 s com com etanol (não importa o câmbio).

Equipamentos

Visualmente, o C4 Lounge 2017 recebeu apenas luzes indicadoras de direção na cor cristal, criando uma “unidade visual dianteira”. Ou seja, não mudou nada.

Painel do Citroen C4 Lounge Origine THP com câmbio manual

Câmbio manual de seis marchas está disponível apenas para o C4 Lounge Origine 2017

Em termos de equipamentos, toda linha ficou mais interessante com a adoção de novos conteúdos de série como controle de estabilidade (ESP), tração (ASR) e assistente de partida em rampa/aclives (Hilll Assist / Hill Holder).

A versão Origine THP (manual e automática) vem equipada ainda com airbag duplo frontal, acionamento das luzes de emergência em caso de frenagem brusca, freios ABS com EBD, alarme periférico e volumétrico, cintos de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes (dianteiros com regulagem de altura e inclinação); faróis de neblina dianteiros e traseiro; fixação ISOFIX para cadeiras de crianças nos bancos traseiros; luzes de posição de LEDs; retrovisores externos com regulagem elétrica; travamento automático das portas e do porta-malas com veículo em movimento; ar-condicionado; computador de bordo com indicador de temperatura externa; para-brisa e vidros laterais dianteiros laminados; porta-luvas climatizado; tomada 12V; vidros elétricos dianteiros e traseiros com dispositivos “um toque” e antiesmagamento; central multimídia com CD/MP3 Player, com comandos no volante, conexão Bluetooth e entradas auxiliar e USB; apoio de braço dianteiro com porta-objetos; bancos traseiros rebatíveis (1/3, 2/3); volante com regulagem de altura e profundidade; rodas 16″ Sansiro (com pneus  205/55 R16), entre outros.

O Citroën C4 Lounge Tendance THP automático vem com os itens da versão de entrada, além de faróis com acendimento automático, limpador do para-brisa automático com detector de chuva e indexado à velocidade, retrovisor interno eletrocrômico, ar-condicionado automático digital de duas zonas, com filtro de partículas, função restore (ativa a ventilação durante alguns minutos enquanto o motor estiver desligado) e saídas de ar traseira; central multimídia touch screen de 7″ com CD/MP3 Player, espelhamento de celular e comandos no volante, que é revestido de couro com detalhes cromados; painel de instrumentos digital / analógico personalizável: 5 tons do branco ao azul e rodas 17″ Arena (com pneus 225/45 R17).

Painel do Citroen C4 Lounge Tendance e Exclusive 2017 THP com câmbio automático

Citroen C4 Lounge Tendance e Exclusive 2017: motor turbo e câmbio automático de seis marchas

A versão topo de linha, Exclusive THP automática, traz todos os itens acima com a adição de seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina); sistema de chave Keyless; botão start/stop (para ligar o carro sem chave); câmera de ré com tela colorida 16/9; sensores de obstáculos traseiros com indicação gráfica e sonora; teto solar elétrico; bancos revestidos em couro e rodas 17″ Arena Diamantada (com pneus 225/45 R17).

A Citroën também passou equipar o seu sedã médio com uma nova central multimídia, que oferece conectividade com o Link MyCitroën, Mirror Link e Car Play – tudo acessível por meio de uma tela sensível ao toque de 7″ a partir da versão Tendance.

É possível manipular todos os recursos de áudio, navegação e conectividade oferecidos pela sistema: rádio AM/FM, leitor de CD, Bluetooth (áudio streaming), USB (áudio com exibição de capas e photo viewer), entrada auxiliar, calculadora e calendário.

Detalhe do GPS no painel do Citroen C4 Lounge Tendance e Exclusive 2017 THP

MyCitroën é a novidade do painel do Citroën C4 Lounge 2017

A central oferece ainda MirrorScreen (MirrorLink + CarPlay); duplicação da tela do smartphone na tela da central multimídia; sistema de reconhecimento de voz por meio de smartphone; USB 2.0 input com corrente de 1A; reconhecimento de voz por meio de smartphone; Link MyCitroën, app que se conecta com o carro via Bluetooth, permitindo o armazenamento de informações sobre o veículo no smartphone do cliente, como consumo de combustível, autonomia, localização, percurso realizado, quilômetros percorridos, próxima revisão etc.;

Com 3 anos de garantia, o Citroën C4 Lounge 2017 está disponível nas cores Gris Aluminium (prata), Gris Moondust (cinza escuro), Noir Perla Nera (preto metálico), Blanc Nacré (banco perolizado) e Blanc Banquise (branco sólido).

Foto do Citroen C4 Lounge THP com câmbio automatico na versão Exclusive 2017

Citroen C4 Lounge Exclusive 2017 1.6 16V turbo (THP) tem câmbio automático

Modelo Preço – linha 2017*
Citroën C4 Lounge Origine 1.6 THP R$ 73.590
Citroën C4 Lounge Origine 1.6 THP automático R$ 82.490
Citroën C4 Lounge Tendance 1.6 THP automático R$ 84.990
Citroën C4 Lounge Exclusive 1.6 THP automático R$ 95.990

*: A Citroën comercializa ainda uma versão chamada de Origine Business, por R$ 69.990 (1.6 THP automática), que é voltada para pessoas com deficiência (PCD).

Mas vale a pena comprar um Citroën C4 Lounge?

Espaço interno interessante; porta-malas com capacidade para 450 litros; motor 1.6 16V turbo flex, que ficou mais econômico; lista de equipamentos atraente; visual satisfatório; e preços mais interessantes do que os dos principais (e mais populares) concorrentes: não há dúvida de que o Citroën C4 Lounge 2017 vale a compra.

Mas vale ter atenção em dois aspectos. O primeiro é o pós-venda da marca. Por mais que eu tenha percebido uma evolução nos últimos anos, esse continua sendo o calcanhar de Aquiles da empresa. Some a isso a desvalorização um pouco acima da média em relação aos adversários (compensada um pouco por custar menos).

Ainda assim, acho que vale a compra, ainda mais se esses dois últimos aspectos não te incomodarem tanto. Minha indicação seria a versão Tendance, que é um pouco mais cara do que a Origine automática, mas entrega mais equipamentos – além de custar bem menos do que a topo de linha Exclusive.

Comentários (32)

  1. Sempre valeu a pena o C4 L. Desde seu lançamento, junto ao primo da mesma família PSA, o 408, e vou um pouco além, juntando a eles o Nissan Sentra, sempre valeu a pena comprar seja qualquer um desses três porque sempre entregaram mais do que a concorrência, e pagando bem menos.

    O C4 L vem sofrendo significativas mudanças desde seu lançamento, e pra melhor! Agora, com a adoção do motor THP em toda a linha, mostra seu grau de maturidade e pra que realmente veio ao mercado. Chega de PRÉ-conceitos. O brasileiro tem que se render ao “novo” e sair dos modismos que só nos levam a ter um mercado precário, arcaico, com produtos de elevados valores que não condizem com o que realmente oferecem.

      • Acredito que existem casos e casos. Acompanho a evolução do pós-vendas da Citroën e percebo que ela vem se esforçando pra fazer o melhor, mas claro, ainda existem deficiências.

        Da mesma forma que você conhece pessoas que ainda não estão satisfeitas com esse tipo de serviço, ou passam “muito aperto”, como o seu irmão, também conheço outras que não têm nada a reclamar, muito pelo contrário. Ou seja, lado bom e ruim existe em qualquer marca. Abs!

        • Gostaria, de verdade, que o seu caso fosse referência, pois, de acordo com os e-mails que recebo, meu irmão é mais num na estatística, ao invés de ser uma exceção, infelizmente.

          • Entendo. Mas, minha referência é exatamente oposta a sua. Por isso afirmo, de verdade, que as informações que tenho de usuários são de uma boa convivência com a marca. E, a maioria dos comentários que também recebo dizendo algo contra a marca, são de NÃO usuários. Ou seja, daqueles que apenas “ouviu” falar.

          • Sem problemas. Tenho familiares e amigos que conseguiram revender numa boa. Ora, mas falando em carro 0km, acredito que buscamos este tipo de veículo para o nosso usufruto, durante o tempo necessário que ficarmos com ele, pois não podemos ficar pensando numa futura revenda. Penso que compramos um veículo para o NOSSO uso, e não do próximo proprietário. Abs!

          • Esse ai deve trabalhar pra Citroen, acorda pessoal, conversa com diversas concessionarias que vão ver que ao vender c4L perde-se muito dinheiro mas para esse ai deve estar sobrando , só pode ser enrolador.

          • Tenho um C4 l. Exclusive THP 2014, exelente carro, sempre troquei de dois em dois anos. Estou desde janeiro tentando negociar e não consigo nada mais do que 80% da fipe. Que tambem não e favoravel, desvaloriza muito. Isso nas revendas Citroen, porque varios lojistas nem aceitam seu carro nas trocas, é lamentavel. A melhor proposta que tive foi dar 75mil na volta para um 0 km.

      • Tenho um 408 mecânico 2013, com 140 mil km…Espaçoso, confortável, motor 2.0 antigo com 156 cv eficiente…Em 2013 quando tirei zero, era um carro em todos aspectos a frente da concorrência! Meu carro faz as revisões normais e alguns problemas que surgiram pela idade do mesmo. Meus carros eu troco geralmente com 60 mil km, este estou indo além..quero tirar ao máximo dele e esta valendo a pena, já estou pensando em trocar e fico com dúvidas! Estamos vivendo uma era Americana e não Europeia, quase 100% dos carros são automáticos e ainda prefiro os mecânicos…Os automáticos de verdade são acima de 200 mil, perdão! Estou de olho no Citroen C4 2017 Mecânico, com os opcionais mais importantes e sem surpresas de câmbios automáticos…

    • Concordo plenamente com os seus comentários , tenho um C4 Louge Tendance THP e posso afirmar categoricamente que esse é o melhor Sedan do mercado.
      O grande problema do mercado brasileiro de carros é que as pessoas não tem coragem de mudar e com isso o mercado gira em torno de duas marcas japonesas.
      As japonesas vendem os carros pelados a preços absurdos e se quiser algum acessório a mais terá que pagar outra furtuna .
      Quer saber o que é um carrão ?
      Dirija um C4 Louge THP numa BR e pise no acelerador , nessa hora você irá esquecer os carros caríssimos japoneses !

  2. Parizzi parabéns pela matéria,mas ficou faltando os preços.Gostaria de saber o preço de cada modelo pra ver se vale realmente a compra.O carro no meu conceito é excelente e concordo com você pois o pós venda incomoda muito.

  3. nunca mais coloco um citroen na minha garagem porque o serviço das ccs é ruim demais. em duas revisões seguidas ‘trocaram’ o filtro de ar do carro da minha irmã. ou trocaram por um ainda mais sujo, ou se esqueceram.

  4. Estou no meu 3º C4 Lounge THP, recomendo a compra se comparado aos concorrentes em: powertrain/custo/benefício…não tem nada melhor!!!.
    Esse negócio de pós/venda é muito relativo. Aqui em Niterói sempre tive ótimo atendimento com a CSS.

  5. Peguei o meu Pallas na revisão ontem na concessionária. Atendimento foi bom, mas o preço foi um absurdo! Sem contar que o carro, de novo, já está com problema na caixa automática…

    • Realmente esse problema do câmbio automático do C4 Palas é crônico e não vai ser resolvido , por isso que a Citroen mudou o câmbio antigo por um AISIN de fabricação japonesa.

  6. Ótima matéria!! Concordo cm a questão do preconceito em relação à marca. Tenho Citroen, já revendi e nunca tive problema com atendimento na concessionária. O que realmente ainda “pega” na marca é a relação FABRICA – CLIENTE. O SAC ou qualquer outro canal de atendimento ao cliente não funcionam e deixam o cliente em situação muito ruim quando algum problema que ultrapassa a alçada do concessionário. Adquiri ( há 49 dias e ainda não recebi) um C4 lounge THP ORIGINE BUSINESS. Gostaria de saber se é possível uma matéria com comparativo entre as versões ORIGINE e a ORIGINE BUSINESS.

  7. Comprei o meu C4 Lounge THP 1.6 na SAGA PARIS DE AGUAS CLARAS – DF. Atendimento péssimo, vendedor FABIO é um mentiroso.

    A 1ª mentira foi: após negociação via telefone informei que ia efetuar a compra do carro C4 Lounge 1.6 THP mas ele teria que ter a pronta entgrega. Ele confirmou que sim, tinha o veiculo. Quando chego na loja ele queria que eu efetuasse a compra sem fazer o batimento do numero do chassi com o veiculo presente (ou seja, ia fazer o pedido e mentir na data da entrega). A Mentira: O veiculo era de outra loja.

    Fui embora estressado, visto que moro na Asa Norte e me desloquei até aguas claras pra efetuar tudo em uma só viagem.

    No dia seguinte ele ligou informando que o carro estava na SAGA PARIS e efetuei a compra.
    Não deu nem o emplacamento do veiculo (paguei R$ 690).

    Ele prometeu como brinde (cada um trazendo um problema):

    – Película (mal instalada. Com bolha no vidro traseiro)
    – Sensor de estacionamento (Sensor XingLing de R$30 e de terceira qualidade, pensei que era algo serio, parece de brincadeira)
    – Jogo de Tapetes (Aparentemente o do C3, pois nas laterais de cada tapete falta pelo menos 5cm de cada lado)
    – Banco de couro (Sem a trava do banco traseiro e ao frear o carro bruscamente quase matei minha sogra devido o banco ter jogado ela no para-brisa dianteiro, a velha ainda quebrou um dente).

    A 2ª mentira do vendedor FABIO foi quanto a entrega do boleto do IPVA proporcional (antes da venda ele falava com o despachante e me entregava o boleto junto com o documento na css) depois que efetuei o pagamento, mudou a conversa dizendo que o despachante falou que não era possível e que eu que teria que ir pegar no DETRAN, junto com o DUT. Ainda não tinha retirado o veiculo já emplacado.
    Mandei que eles retirassem a placa do veiculo e me devolvessem o que paguei pra eu mesmo ir emplacar o veiculo. Ai mudaram de ideia e escreveram no recibo de pagamento do despachante que vão me entregar a documentação na própria css.

    Peguei o carro na sexta, com problemas em todos os “brindes”. No sábado quando fui solicitar o conserto do banco que não trava, podendo ate cuspir para fora do veiculo os passageiros do banco traseiro, a tal de gerente HELAYNE NUNES disse que eu teria que ir durante a semana ou deixar o carro lá.

    Somente agora que vi sobre todas as reclamações dessas css CITROEN, se visse antes não teria comprado.

    O governo deveria botar regras com multas nesses picaretas que só querem vender com enganações.

    Resumindo, transtornos mil.

  8. Olá, sou PCD e estou em dúvida entre Corolla GLI tecido (que é pele e osso) e Lounge Origine, uma máquina fantástica e que se apropriou do nome Lounge com muita propriedade. Lamentavelmente, precisamos pensar na revenda (em 2 anos), custo de manutenção, consumo e valor do seguro. Lamentavelmente em todos esses quesitos o lounge leva uma surra de dar dó… Fiz um estudo muito aprofundado comparando ambos os carros e conclui que, colocando todos os mimos possíveis no Corolla (bancos em couro, central multímidia, rodas, neblina, tudo respeitando a originalidade) no final de 2 anos, considerando ainda o consumo, para quem roda como eu 2.500 Km por mês, ainda teria um ganho de R$ 7.000,00 (interior de SP) isso fora a facilidade de revenda e algum ganho adicional por tantos acessórios que não são oferecidos.
    Óbvio que controle de tração e estabilidade, assistente de patartida em rampa, quebra sol com espelho, banco traseiro bipartido com apoio de braço e outros mimos, são inviáveis para instalação (ou sequer existem para o Corolla), agora se você não liga para andar num carro lindo por fora, e uma sala de estar da década de 80 por dentro e quer deixar de perder pelo menos R$ 7.000,00 sem dor de cabeça, seu carro é o Corolla. Agora, se você quer acelerar e afundar no banco, ter diversos recursos no carro e não se preocupar com a perda financeira e a dificuldade de revenda (quer viver os prazeres da vida) seu carro é o C4 Lounge.

    • Quem compra um C4 Lounge não precisa se preocupar com manutenção por 3 anos , a garantia cobre tudo e não tem jogo escondido , se você reclamar de algum problema a concessionária investiga e troca o que for necessário sem você gastar um centavo .
      As revisões hoje tem preços fixos de R$365,00 que equivale a R$1,00 ao dia , com esse valor a Citroen tem hoje a revisão mais barata do Brasil .
      para quem estiver pensando que eu trabalho na Citroen ou estou fazendo propaganda para a Citroen, estão totalmente enganados , eu sou um dono de C4 satisfeiro com o carro e com a garantia .

  9. Olá efetuei a compra em Curitiba de C4 lounge Tendance 1.6 THP 2017 na última semana de Dezembro dando como troca um Tendance 2016 2.0, as vantagens são os novos componentes de série inclusos: a motorização, controle de ESP e ASR, multimídia touch screen com espelhamento e comando de voz, hill assistence, Tudo isto me chamou a atenção para trocar o meu lounge com um ano de uso por um zero. Consegui na minha opinião uma ótima valorização na troca 92% da FIPE e quero ressaltar que para compra PJ estão dando um desconto de 12% no zero e mais taxa zero no financiamento, ou seja, um carro de 84.990,00 ficando por 74.790,00, um desconto de 10.200,00, se ainda quiserem incluir GPS, Camêra de Ré e bancos de couro tudo sai no pacote por 1.750,00 e também as 03 primeiras revisões por 365,00 reais, desafio a irem em qualquer concorrente como para comparar: Corola, Civic, Sentra, Cruze e ver se algumas destas marcas oferecem algo sequer parecido. É o terceiro carro que compro da marca Citroen e nunca tive nenhum problema mais sério de manutenção salvo: alarme que deu defeito na buzina e uma vela que não estava queimando corretamente, más resolvido na garantia. Se isto ajudar para quem está em dúvida, indico que façam teste drive nas demais marcas e comparem com o C4 lounge, depois postem seus comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *