Impressões – Dirigir o Nissan Sentra SL 2017 CVT é quase uma terapia

Nissan-Sentra-SL-2017-CVT-LED

Dirigir o Nissan Sentra é quase uma terapia

Tenho ficado muito tempo parado em engarrafamentos, gastando 1h30 para percorrer um trajeto que normalmente se faz em 20 minutos, o que tem me tirado do sério. Isso até eu pegar o Nissan Sentra SL 2017 CVT para teste. Com seu conforto acima da média, ótimo espaço e câmbio automático, dirigi-lo é quase uma terapia.

Eu (ainda) não vivo do De 0 a 100. No dia a dia, trabalho com comunicação corporativa e tenho uma rotina estressante, especialmente pelas excesso de demandas e cobranças profissionais e pelo trânsito ruim de Belo Horizonte e da região metropolitana.

Nissan-Sentra-SL-2017-ajuste-eletrico-banco

Ajustes elétricos do banco no Nissan Sentra SL 2017 fazem a diferença

Mas dirigir o Sentra abriu os meus olhos. Não estou forçando a barra. Trocar o meu carro manual e mais apertado por um sedã médio automático fez uma diferença enorme. Sem contar o comportamento previsível, sóbrio e calmo do Sentra. A sensação é que tudo está bem, dentro e fora do carro.

A forma mansa como o sedã japonês fabricado no México se comporta realmente ajuda a relaxar, juntamente com o ajuste elétrico do banco do motorista, incluindo o lombar, e com o ajuste de altura e profundidade do volante, o que permite encontrar uma boa posição de dirigir. Você passa horas dentro do veículo sem se cansar (muito).

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-motor-2.0-flex

Motor 2.0 16V do Sentra tem 140 cv de potência

Tranquilo e favorável

A tranquilidade do Sentra se reflete no seu desempenho, pois não espere arrancadas vigorosas e ultrapassagens extremamente rápidas. Mas fique tranquilo: o motor 2.0 16V não te deixa na mão com 140 cv e 20 mkgf de torque com gasolina, etanol ou com a combinação dos dois combustíveis. Ele só tem um funcionamento suave, condizente com a proposta do automóvel.

Há duas semanas, enfrentei um trânsito de 1h20 do trabalho até em casa com o meu carro para fazer o mesmo trajeto que comentei acima. Cheguei com dores nas costas, nervoso e com uma sensação de que perdi parte da minha vida. Com o Sentra, gastei 20 minutos a mais (1h40), mas cheguei sem dores, calmo e preparado para ir fazer alguma atividade física.

Nissan-Sentra-SL-2017-CVT-painel

Painel no Sentra SL 2017

Terapia e relaxamento

Não imaginava que eu fosse notar tanta diferença, mas, com a frequência do péssimo trânsito da capital mineira, percebi que ter um veículo maior e mais confortável, mesmo que com uma média de consumo ruim com etanol (no caso do Sentra) quase não é um privilégio, mas sim uma necessidade para melhorar a qualidade de vida e o bem estar.

Se você está atrás de conforto, tranquilidade e calmaria na hora de dirigir, como um ótimo espaço interno e grande porta-malas, entre os sedãs médios, o Sentra, definitivamente, é uma excelente pedida. Mas, se procura mais agilidade e esportividade, melhor visitar outras concessionárias, especialmente aquelas que oferecem sedãs com motor turbo, como a Chevrolet, Citroën, Peugeot e a Honda.

Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *