Pós-venda Citroën: marca investe para melhorar o seu maior problema

Citroen-C4-Lounge-2015-Tendance-THP-turbo-Brasil

Citroën Ca Lounge

Os carros vendidos pela marca francesa no Brasil são bons, entregando conforto e uma lista de equipamentos até legal. Porém, os modelos sofrem com dois problemas que estão diretamente ligados: desvalorização e pós-venda Citroën. Para tentar melhorar o segundo, ajudando também o primeiro, a montadora franco brasileira lança um serviço de reboque gratuito válido por oito anos.

O Citroën Assistance XL (CAXL) permite que todo cliente da marca passe a contar com serviço de reboque gratuito até o oitavo ano de vida de seu veículo. A cobertura é válida para qualquer modelo da empresa, independente de pertencer ao primeiro dono ou de o plano de revisões periódicas ter sido cumprido.

Como o limite de idade é de oito anos, o CAXL inicia com cobertura a todos os veículos da marca comercializados a partir de março de 2009 (sendo retroativo à data da venda do veículo zero quilômetro).

O serviço compreende reboque 24 horas por dia, 7 dias por semana, para casos de pane ou colisão, e remove o veículo até o concessionário Citroën mais próximo (limitado a 100 km de distância). Nesse momento, a revenda fará uma análise e, claro, um orçamento sem compromisso para reparar o que for necessário.

Logo, a concessionária, em boa parte dos casos, poderá executar o serviço, movimentando a sua oficina. Mas, para esse serviço realmente vale a pena, a Citroën precisa se lembrar de algo muito importante: o valor do orçamento precisa ser honesto e justo. Caso contrário, todo o esforço irá por água abaixo.

Veja os principais diferenciais de Pós-venda oferecidos pela Citroën

Manutenção a R$ 1 por dia

Revisões de 10.000, 20.000 e 30.000 km a preços fixos de R$ 365 – além do preço competitivo e da verificação dos itens indicados no plano de manutenção periódica, os proprietários do modelo terão a possibilidade do parcelamento dos custos em quatro pagamentos mensais.

Serviços com Preço Fixo Citroën

Os proprietários dos modelos C3, Aircross e C4 Lounge podem contar com valores pré-fixados de diversos serviços de manutenção nos concessionários da marca (inclui peças e mão de obra). É o caso da troca de óleo + filtro de óleo, do jogo de palhetas do limpador dianteiro, da substituição das pastilhas de freio, do jogo de velas, do kit de embreagem, do kit correia de distribuição, entre outros.

Garantia

Toda a linha Citroën de veículos de passeio possui 3 anos de garantia contratual e 6 anos de garantia anticorrosão perfurativa.

Citroën Assistance

Serviços de emergência disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, em qualquer localidade do Brasil.

Citroën iCheck

Após deixar o carro na concessionária da marca para revisão ou reparo, o cliente receberá um SMS e um e-mail com um número PIN. Esse código que deve ser usado ao acessar o site icheck.citroen.com.br.  A seguir, estará disponível um vídeo, no qual o consultor da concessionária mostra e explica eventuais serviços, cuja necessidade tenha sido detectada na oficina. Na mesma tela, estarão visíveis os orçamentos de cada serviço extra, que poderão ser aprovados pelo cliente em conjunto ou separadamente, ou simplesmente recusados.

Chrono Service (Box de Serviços Rápidos)

Troca de pastilhas, correias, velas, escapamento, alinhamento, balanceamento e até instalação de acessórios, tudo em até duas horas.

Carrosserie Express

Pintura e pequenos reparos.

A Citroën diz ainda que “qualidade” é um dos diferenciais do pós venda da marca, pois apenas pelo “concessionário o cliente tem acesso às operações padrão da marca, além de poder contar com mão de obra capacitada e formada pela fábrica, peças de reposição originais e ferramental específico”.

Isso não deixa de ser verdade, mas é subjetivo, como acontece com quase todas as montadoras – algumas mais, outra menos.

Citroën Xsara Picasso Exclusive

Citroën Xsara Picasso Exclusive 2.0 automático: grande candidato a usar o serviço de reboque

Resumo da obra

Com sinceridade, não sei se oferecer oito anos de reboque é uma boa. Fica a sensação que os carros precisarão desse serviço com alguma frequência, o que não costuma ser verdade.

Apenas os modelos dotados com a antiga e problemática caixa de câmbio automática de quatro marchas, como o Xsara Picasso Exclusive 2.0, serão grandes candidatos a usar o serviço.

Mas, de qualquer forma, o ponto mais válido aqui é que o Assistance XL e os outros serviços de pós-venda demostram que a Citroën sabe que precisa e evoluir nesse aspecto e, principalmente, que está investindo exatamente para isso.

Comentários (4)

  1. Hoje os carros da PSA são muito mais robustos que no início dos anos 2000. Aqueles problemas de suspensão e câmbio ficaram para trás.
    Só espero que o preço das peças seja “justo” não é Citroen?

  2. Tive um C3 (2012), na epoca até o Renato postou essa questão no site quando estava com dúvidas na compra dele ou um Nissan se não me engano. Tenho saudades do carro , porém o pós venda é terrível. Não tive problemas com ele durante os 4 anos e a venda não foi difícil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *