Toyota RAV4 2017 fica mais simples para vender mais

Toyota RAV4 2017

Toyota RAV4 2017

O Toyota RAV 2017 já pode ser encontrado em todas as concessionárias da marca no Brasil. Para ficar mais popular, a companhia adotou a estratégia da simplificação: versões 4×4 deram adeus, concentrando tudo agora num único acabamento. Vai dar certo?

Lançado em 1994 no Japão, o RAV4 nunca repetiu no Brasil o sucesso de outros mercado. Parte desse fato está no preço do veículo que, na linha 2017, continua alto: R$ 159.290. Por outro lado, a Toyota tornou o seu “anti-CR-V” mais bonito e atraente para tentar conquistar o consumidor brasileiro.

Isso porque o RAV4 2017 está disponível apenas na versão TOP 4×2 com motor 2.0 16V e câmbio automático do tipo CVT. Se perder a tração 4×4 pode ter sido um erro, manter um único acabamento deve facilitar a vida de quem compra, que terá seis opções de cor: Bronze Metálico (nova), Prata Névoa, Cinza Granito, Preto Eclipse e Branco Pérola.

Toyota RAV4 2017 automático

Traseira é o ponto mais conservador do Toyota RAV4 2017, que é vendido apenas com câmbio automático

Design e tamanho

Seguindo a tendência global de design da Toyota, o RAV4 2017 trouxe novos para-choque e grade frontal, com uma linhas mais interessantes. As laterais do modelo ganharam saias e rodas de  liga leve de 17” com design alterado. A traseira também recebeu aplique na tampa do porta-malas. O conjunto ficou realmente legal.

O SUV adotou o LED tanto para os faróis integrados no para-lama com luzes diurnas quanto para os faróis com ajuste de altura e lanternas traseiras. Os faróis de neblina são envolvidos por uma nova moldura cromada.

O modelo cresceu por fora um pouco: 4,605 m (4,570 m da linha 2016) de comprimento e 19,1 cm de vão livre do solo (era 17,6 cm). Na prática, ele terá menos chances de raspar no chão (ou em pedras), mas mantêm o mesmo espaço interno, uma vez que o entre-eixos e a largura não mudaram: 2,660 m e 1,845 m, respectivamente.

Toyota RAV4 2017 tem câmbio automático do tipo CVT

Com mais altura em relação ao solo, Toyota Toyota RAV4 2017 tem novas rodas e câmbio automático do tipo CVT

Equipamentos

O Toyota RAV4 2017 vem equipado agora com o Smart Entry para o destravamento das portas por proximidade da chave e com o botão Push Start, sistema de partida sem chave, capaz de acionar a ignição apenas ao toque de um botão.

O painel passou a apresentar informações em TFT colorido com sete funções, incluindo hodômetro total e parcial, temperatura externa, consumo médio e instantâneo de combustível, indicador de direção econômica ECO, autonomia e velocidade média do veículo.

O RAV4 2017 vem com sistema multimídia Toyota Play em tela de 7’’ sensível ao toque, com interface de acesso à internet (Wi-Fi), rádio AM/FM, CD e MP3 player, leitor de DVD, conexões USB, auxiliar e Bluetooth, seis alto-falantes e nova antena no teto, agora do tipo shark. Câmera de ré e GPS integrado também acompanham o pacote de acessórios.

Painel do Toyota RAV4 2017

Painel do Toyota RAV4 2017 – câmbio automático simula sete marchas

Além do sensor traseiro, o RAV4 2017 ganhou sensor de estacionamento dianteiro. Outro diferencial é o teto solar elétrico, item exclusivo somente nas extintas versões 4×4 da antiga gama. O Toyota tem ainda retrovisor interno eletrocrômico; retrovisores externos (pintados na cor do veículo) eletrorretráteis com regulagem elétrica, indicação de direção e desembaçador; vidro do motorista vem com abertura e fechamento “one touch” e sistema antiesmagamento.

Complementam a lista: ar-condicionado digital de duas zonas, piloto automático, indicador de marchas digital, aviso sonoro de faróis ligados e chave na ignição no painel; bancos, manopla de câmbio e laterais internas das portas revestidos em couro e material sintético; volante em couro com comandos de áudio integrados; banco do motorista com ajuste elétrico (distância, inclinação, altura e lombar); coluna de direção ajustável em altura e profundidade; três tomadas 12V, entre outros.

Segurança

O RAV4 2017 recebeu controles eletrônicos de tração e estabilidade, além de assistência de arranque em subida. O modelo tem ainda sistema de freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de força de frenagem) e BAS (assistência em frenagem de emergência).

A nova linha do Toyota tem agora sete airbags: dois frontais, dois laterais, dois laterais do tipo cortina e um para o joelho do motorista (novidade). O modelo conta ainda com cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos, sistema universal ISOFIX, entre outros.

Toyota RAV4 2017 tem sete airbags

Toyota RAV4 2017 tem sete airbags ao todo

Motorização e transmissão

O novo RAV4 comercializado no Brasil é equipado com o melhor conhecido motor 2.0 16V de quatro cilindros, que equipa o Corolla, mas que, no SUV, desenvolve 145 cv de potência a 6.200 rpm e 19,1 kgfm de torque a 3.600 rpm única e exclusivamente com gasolina.

Se no sedã a motorização é bicombustível (flex), o câmbio dos dois carros é o mesmo: automático do tipo CVT que simula até sete marchas no modo manual sequencial. Segundo o Inmetro, esse conjunto proporciona a média de 9,5 km/l na cidade e 10,9 km/l na estrada.

Resumo da obra

Simplificar um carro que não tem grande apelo de vendas é uma estratégia bem-vinda em muitos casos, mas será que foi o melhor momento para fazer isso com o Toyota RAV4 2017?

Pergunto porque o segmento de SUVs é um dos poucos que está aquecido no Brasil e a marca tem apenas o RAV4 e o Hilux SW4 para disputá-lo. Ou seja, carece de uma opção menor e mais em conta. Por isso fico pensando se não seria melhor deixar o RAV4 com mais opções até o aguardado C-HR ser lançado.

De qualquer forma, ter o RAV4 com visual renovado, mais equipado, com um conjunto mecânico confiável (embora seja um erro o motor 2.0 não ser flex) e numa versão mais em conta (embora longe de ser barata) é uma estratégia interessante.

Comentários (7)

  1. Será que a Toyota já não está preparando o terreno para o C-HR com opção Híbrida? Ao que parece seus preços podem ser um pouco acima do arquirrival H-RV, porém com um motor híbrido que faz toda a diferença.

    • será mesmo amigo? penso que a Toyota está adotando a estratégia de manter a versão que dá mais lucro possível, tirando que as rendem menos.

  2. Tem que ter muito amor pela Toyota pra pagar 160 mil nesse carro.
    E olhe que o carro melhorou bastante em equipamentos, porém continua absurdamente caro.
    Antes de ganhar controles de estabilidade e tração e mais air bags o rav4 era o pior custo benefício do Brasil.

  3. Olá amigo, estou na duvida da compra de uma q3 ambition top ou a nova rav4
    Hj tenho uma rav4 2014 … a ambition top esta saindo mais barato do q a rav pra mim. por ter descontos para minha classe de profissional.
    Qual vc indicaria? tenho receio de comprar a audi e me decepcionar com a qualidade do carro, pois nunca tive um prob com a minha rav

      • Renato, ainda nao e vou pegar a rav4 mesmo!..eu preferia a q3 por ter mto mais tecnologia embarcada, porem o carro é pra minha mulher e ela eh apaixonada na rav, então pra evitar prob futuro vou continuar na toyota..rs
        Porem vejo a q3 mto mais carro, mais nova mais motor mais equipada enfim…

  4. Muito bonito, mas o motor 2.0 da 2017 é menos potente que o da RAV4 2.0 2002! Também não tem mais tração 4×4.
    Com todo respeito ao carro, que é ótimo, mas no Brasil tá caro demais e perdeu a essência RAV4 sendo 4×2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *