Parabéns Renault pelo novo Kwid? Marca foi desafiada!

Renault Kwid Intense 2018R$ 29.990! Sei, ainda é cedo para comemorar. Mas a marca francesa anunciou os preços do seu novo compacto e será que podemos dizer “parabéns Renault pelo novo Kwid”?

O que companhia tentará vender como SUV dos compactos chega pelos valores que o Fiat Mobi e o Volkswagen up! deveriam custar hoje sempre. Tudo bem que o Kwid nem chegou ainda, mas sua pré-venda, por R$ 29.990 (promocional), parece promissora.

O Kwid será vendido unicamente com motor 1.0 em três versões: Life, Zen e Intense – nas cores Orange Ocre, Vermelho Fogo, Branco Marfim, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré.

SUV compacto Renault Kwid Intense 2018Diferenciais positivos

O Kwid será o primeiro carro compacto nacional a vir, de série, com quatro airbags – título que poderia ter sido do Fiat Argo. Além disso, o carro tem dois suportes para cadeiras infantis (Isofix) e teve a sua estrutura reforçada – tudo para deixar o veículo mais seguro, uma vez que o modelo indiano foi péssimo nos crash tests.

Renault promete ainda um veículo espaçoso (DESAFIO A MARCA – veja abaixo) e econômico, barato de manter (R$ 1,00 por dia), com três anos de garantia.

Painel do Renault Kwid Intense 2018Pontos negativos

Conta-giros será um item de luxo. Além disso, os botões para acionar os vidros elétricos, infelizmente, não ficarão na porta, mas sim no painel (economia besta). Outro ponto que não me agrada é a fechadura no porta-malas – feia e mais fácil de arrombar.

Acabamento e qualidade da carroceria só conseguirei avaliar conhecendo o carro pessoalmente.

Renault Kwid Life 2018

Renault Kwid Life 2018

Renault Kwid Life – R$ 29.990

Principais itens: tomadas 12V, abertura interna do porta-malas, porta-objetos nas portas dianteiras com suporte para garrafa de 1 litro, apoios de cabeça dianteiros fixos, apoios de cabeça traseiros laterais, para-sol do motorista e do passageiro; espelho de cortesia lado passageiro; indicador de troca de marcha e de estilo de condução; para-choques da cor da carroceria; retrovisores e maçanetas pretos; rodas com aro 14”; desembaçador do vidro traseiro; retrovisores externos com regulagem manual interna; freios ABS com EBD; 4 airbags (2 frontais e 2 laterais); 2 Isofix; predisposição para rádio; ajuste de altura dos cintos de segurança nos bancos dianteiros, entre outros

Renault Kwid Zen – R$ 34.990 (R$ 35.390 com rádio)

Principais itens: Life + ar-condicionado; dois alto-falantes; stripping preto inteiro na parte inferior da porta; revestimento interno do porta-malas; direção elétrica; travas e vidros dianteiros elétricos; retrovisor interno dia/noite; alarme de aviso luzes acesas; alças de segurança traseiras.

Opcional: Rádio Continental 2DIN (Bluetooth, USB, auxiliar, Apple Device Connectivity).

Traseira do Renault Kwid Intense 2018

Renault Kwid Intense 2018

Renault Kwid Intense + Pack Connect – R$ 39.990

Principais itens: computador de bordo; tacômetro + Rev Meter; apoio de cabeça traseiro central; bolsas integradas na parte traseira dos bancos traseiros; MEDIA Nav 2.0 com tela de 7″; câmera de ré; chave canivete; abertura elétrica do porta-malas a distância; retrovisores elétricos; grade frontal cromada; faróis de neblina com detalhes cromados; retrovisores preto brilhante; maçanetas internas cromadas; elementos interiores branco marfim; banco e volante com design personalizado; rodas de 14” Flex Wheel em cinza antracite; maçanetas externas na cor da carroceria; Stripping Connect ??? (alguém me explica o que é isso); revestimento interno do porta-malas e faróis de neblina.

Motor do Kwid

O Kwid é equipado unicamente com o motor 1.0 12V SCe de três cilindros, o mesmo do Sandero, mas que ficou mais fraco no pequeno, desenvolvendo 66 cv de potência e 9,4 mkgf de troque com gasolina e 70 cv e 9,8 kgfm com etanol – Sandero: 79/82 cv e 10,2/10,5 mkgf.

Motor 1.0 SCe do Renault Kwid Intense 2018

Motor 1.0 12V SCe de três cilindros do Renault Kwid desenvolve 66/70 cv de potência

De acordo com a Renault, o Kwid é o carro mais econômico da categoria, fazendo 15,2 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol – trecho misto.

SUV dos compactos? DESAFIO

A Renault trabalha com a ideia de que o Kwid é o SUV dos compactos em virtude do seu visual mais estilo off-road e por outras características: posição de dirigir mais alta, altura do solo (18 cm, similar à de SUVs médios, segundo a marca) e os ângulos de entrada (24°) e de saída (40°).

Espaço interno do Renault Kwid Intense 2018

Renault promete que o espaço interno do Kwid será destaque – DESAFIO A MARCA

De acordo com a marca francesa, o Kwid dá a impressão de ser maior que os seus 3,68 m de comprimento. A Renault afirma que “o espaço para quem viaja atrás é surpreendentemente confortável, inigualável entre os modelos compactos”. Com os meus 1,97 m de altura, eu DESAFIO a Renault nesse quesito. Será que a marca vai topar ou vai amarelar?

Kwid X Mobi X up!

Renault Kwid Fiat Mobi Volkswagen up!
Comprimento (m) 3,680 3,566 (3,596 Way) 3.689
Largura (m) 1,586 1,633 (1,685 Way) 1,645 (1,649 Cross)
Altura (m) 1,474 1,501 (1,542 Way) 1,504 (1,529 Cross)
Entre-eixos (m) 2,423 2,305 2,421
Altura do solo (cm) 18 15,6 (Way: 17,1) 16
Porta-malas (litros) 290 215 285
Tanque (litros) 38 47 50

Resumo da obra

Muitos engenheiros dizem que a qualidade dos carros pode ser medida pelo número de parafusos que ele tem nas rodas. O Fiat Uno tem quatro (número mais comum); o Honda Civic tem cinco. Já o Renault Kwid tem apenas três. Mau sinal?

Ainda é cedo para saber, mas o novo compacto da marca francesa, que não é um SUV, chega no final de julho/início de agosto com bom potencial de mercado e com algumas qualidades que podem levá-lo a ter vendas mais consistentes.

Dianteira do Renault Kwid Intense 2018

Renault Kwid Intense 2018

Estou ansioso pela sua chegada na esperança da Renault manter o veículo sempre com preços mais atraentes, diferente da Fiat e da Volkswagen, que não apostam mais nesse quesito para seus respectivos compactos.

Também quero saber se a Renault vai aceitar o desafio proposto aqui no texto. Vamos só ver…

Fotos: Renault/Divulgação

Comentários (15)

  1. Tem tudo para ser o segundo carro de uma familia. Uso somente na cidade. Se tiver baixo custo de manutenção e seguro tem excelente possibilidade de vender muito bem. Mobi parece que é fabricado com as sobras do Uno e o Up tem o preço nas alturas. O terreno está aberto para o Kwid.

    • Com esse motorzinho fraco? só para fanboy da renault mesmo… Mobi e Up dão uma surra nesse “suv” de rodas com 3 parafusos e motorzinho mais fraco que fiesta antigo… Aceita que dói menos!

      • Sou fan de Honda(carro atual) e Toyota. Disse no meu comentário que na cidade este carro fará a diferença, até parece que motor faz diferença no engarrafamento urbano. Meu comentário se refere ao Mercado e o produto. Acho que vai vender mais que Mobi e Up.

  2. Estou Chando esse motor muito fraco porque não colocam o motor do sandero de 82 cv com esse motor do kwid de 66cv estragou o carro vai encalhar as vendas pois tem carros mais completos com motores mais potentes a venda no mercado por exemplo o new QQ 75cv a partir de 30000 completo

  3. Com este motorzinho de enceradeira e rodas com três furos não fará sucesso algum.Ninguem compra um veiculo só pra andar na cidade e
    quando necessitar viajar a casa cai.Na verdade tentaram salvar o Sandero não dando ao Kwid um motor decente.Mais um tiro no pé da Renault.

  4. Carro, pra mim, em primeiro lugar, é SEGURANÇA.

    Aponte algum outro concorrente que vem DE SÉRIE com 4 airbag!
    Nesse quesito a Renault vem se destacando. Maior exemplo disso, as 4 estrelas do Captur no Latin Ncap, dando uma goleada nos concorrentes diretos.

    O brasileiro deveria aprender com o resto do mundo que antes de uma rodinha da moda, uma central multimídia, ou até mesmo o motorzão (que de nada valerá, já que não temos nenhuma Autobahn) deveria dar mais valor a sua vida, que se traduz em equipamentos de segurança no veículo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *