Conheça a história resumida do Toyota Etios no Brasil

Toyota+Etios+sedã+sedan+hatch+2013+dianteria+frente

Toyota Etios hatch 2013

Quando foi lançado, simpático, com preços premium e meio sem emoçãocom um painel feio e de leitura difícil, o Toyota Etios não estava pronto no Brasil. Prova disso foram as vendas iniciais mornasAté os artistas apareceram mais do que o carro nos comerciais de lançamento.

A marca então promoveu mudanças, que foram boas, mas não suficientesEu testei o modelo e pude provar que ele é excelente em vários aspectos. Pouco depois, a família cresceu com o curioso “aventureiro” Cross e com o “refinado” Platinum. Veio então a linha 2015, que melhorou bem o veículo, mas fiquei com a sensação que faltava “A” evolução que, infelizmente, também não apareceu na versões 2016.

Toyota-Etios-X-XS-XLS-hatch-seda-sedan-interior-painel-2013

Toyota Etios 2013: bizarro, painel era o seu principal problema

2017, 2018 e 2019

Mas a linha 2017 fez o Toyota Etios atingir a sua maturidade, trazendo motores mais potentes e econômicos, novos equipamentos, transmissão manual de seis velocidades e o tão esperado câmbio automático (mesmo que apenas de quatro marchas).

Quando o modelo 2018 apareceu, falei que o Etios avançou e chegou “ao ponto”, pois, além da manutenção das novidades da linha 2017, a marca corrigiu alguns erros e deixou toda a família com o visual atualizado (melhor, mas longe de ser um primor).

Toyota-Etios-Sedan-X-XS-XLS-2014-Brasil-flex

Toyota Etios Sedã 2014 recebeu evoluções

Agora, na linha 2019, o Etios passa a sair de fábrica com controles de tração e de estabilidade para quase toda linha, deixando de fora, infelizmente, apenas a nova (e sem sentido de existir) versão de entrada X-STD.

Nunca o modelo teve tanto potencial de venda!

E no mercado?

Ao longo de sua trajetória, o Etios se tornou um dos modelos mais vendidos pela Toyota no Brasil, embora tenha demorado para embalar.

Toyota-Etios-XLS-XS-interior-painel-2014-Brasil

“Segunda geração” do painel do Toyota Etios melhorou, mas ainda continuou ruim

Em 2015, a marca comercializou 61 mil unidades no mercado interno, e exportou outras 22 mil para Argentina, Paraguai e Uruguai, fazendo com que a fábrica de Sorocaba (SP), onde o veículo é produzido, operasse acima da sua capacidade nominal, de 74 mil unidades por ano – antes da ampliação da capacidade produtiva para 108 mil unidades anuais.

Finalmente emplacou

No ano de 2017, a linha Etios superou a marca de 70 mil unidades (somando as carrocerias hatch e sedã) vendidas no território nacional, atingindo sua melhor performance desde o início das vendas.

No cenário internacional, as vendas do Etios ultrapassaram as 40 mil unidades no ano passado, na soma de todos os destinos: Argentina, Paraguai, Uruguai, Peru, Costa Rica e Honduras, fazendo com que a fábrica de Sorocaba, mais uma vez, operasse acima da sua capacidade nominal, de 108 mil unidades por ano.

Toyota Etios XLS 2019

Toyota Etios XLS 2019 teve sua dianteira escurecida

Números de mercado desde o lançamento

Analisando o levantamento feito pela OLX, reparo que o Etios realmente teve uma vida movimentada à medida que o brasileiro foi se acostumando com ele – graças também às evoluções que a Toyota aplicou no carro.

  • Entre 2013 e 2017, a venda de Etios cresceu ano após ano (+232% ao ano);
  • A venda de Etios em 2017 cresceu 54% se comparado ao ano anterior;
  • A venda do primeiro trimestre de 2018 mostrou crescimento de 26% frente ao primeiro trimestre do ano passado;
  • Desde 2013 até agora, 138.540 Etios foram anunciados na plataforma;
  • 66% dos Etios vendidos na plataforma foram sedãs e 34% foram hatches.

Evolução do preço do Toyota Etios

Desde o início, preço nunca foi o forte do Etios. Entretanto, a relação custo/benefício melhorou consideravelmente com as evoluções do veículo. Ainda assim, o que a Toyota pede pela versão Platinum, não importa a carroceria, é alto demais.

Veja os preços e versões do Etios no decorrer dos anos:

Toyota / PREÇO Linha 2014 (9/14) Linha 2015 Linha 2016 Linha 2016 (4/16) Linha 2017 Linha 2018 Linha 2019
Etios X-STD R$ 47.270
Etios X 1.3 R$ 37.960 R$ 38.380 R$ 40.890 R$ 41.890 R$ 43.990 R$ 45.990 R$ 48.400
Etios X 1.3 AT R$ 47.490 R$ 50.890 R$ 53.440
Etios XS / X-Plus 1.5 R$ 41.520 R$ 42.620 R$ 45.290 R$ 46.490 R$ 48.995 R$ 51.190 R$ 54.920
Etios XS / X-Plus 1.5 AT R$ 52.495 R$ 56.090 R$ 59.960
Ready 1.5 AT R$ 59.780 R$ 59.840
Etios XLS 1.5 R$ 45.090 R$ 46.220 R$ 50.290 R$ 51.390 R$ 53.895
Etios XLS 1.5 AT R$ 57.395 R$ 61.390 R$ 64.640
Etios Platinum 1.5 AT R$ 47.090 R$ 49.120 R$ 52.090 R$ 62.490 R$ 64.990 R$ 67.690
Etios Cross 1.5 R$ 48.240 R$ 49.190 R$ 53.390 R$ 54.790 R$ 57.395
Etios Cross 1.5 AT R$ 60.895 R$ 64.290
Etios Sedã X-STD 1.5 R$ 52.110
Etios Sedã X 1.5 R$ 42.030 R$ 42.470 R$ 45.190 R$ 46.390 R$ 48.495 R$ 50.690 R$ 53.240
Etios Sedã X 1.5 AT R$ 51.995 R$ 55.590 R$ 58.270
Etios Sedã XS / X-Plus 1.5 R$ 44.070 R$ 45.190 R$ 47.990 R$ 49.190 R$ 51.695 R$ 53.990 R$ 57.770
Etios Sedã XS / X-Plus 1.5 AT R$ 55.195 R$ 58.890 R$ 62.820
Etios Sedã XLS 1.5 R$ 47.740 R$ 48.880 R$ 53.090 R$ 54.290 R$ 56.795
Etios Sedã XLS 1.5 AT R$ 60.295 R$ 64.190 R$ 67.320
Etios Sedã Platinum 1.5 AT R$ 49.740 R$ 51.780 R$ 54.990 R$ 57.050 R$ 65.990 R$ 68.390 R$ 71.150
Traseira do Toyota Etios sedã X-Plus 2019

Traseira continua feia no Toyota Etios sedã X-Plus 2019

Resumo da obra

Depois de tantas bem-vindas e necessárias evoluções, a geração atual do Etios entra agora na sua fase final de vida. A Toyota mexeu na picape Hilux, no Corolla, no Prius e agora concentra todos os seus esforços no Yaris (que deverá mexer com as linhas Corolla e Etios) e, em paralelo, no SUV CH-R.

O próximo da fila será o Etios, que, na sua segunda geração, será mais moderno do que o atual carro. Ainda é cedo para dizer, mas se a nova geração chegar com a mesma qualidade mecânica e confiabilidade, além de trazer um visual mais bonito, mantendo preços razoáveis, com certeza a Toyota um veículo com ainda mais sucesso no Brasil.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Comentários (3)

  1. Eu comprei o Etios antes dele virar modinha. Na época que ninguém queria saber dele…em agosto de 2015. Se tinha 6 vídeos dele sendo avaliado no YouTube é muito. Ainda ganhei desconto de 6 mil reais na compra.
    A Toyota usa bloco de alumínio,velas de irídio,virabrequim de titânio,dual vvt-i, tuchos hidráulicos.Injeção sequencial DENSO!Uma bobina por cilindro, coletor de escapamento integrado ao cabeçote, partida com linha de combustível aquecida nas partidas a frio, baixa taxa de compressão em relação aos concorrentes ( menos atraso de ignição por parte da ECU). As peças e o carro em si são desenhadas de uma forma que diminui o atrito,vibrações,ruídos,trepidações,consumo e calor. E aumenta muito a durabilidade.O Calor se dissipa rápido. Não usa correia dentada,usa corrente. O Motor é feito para durar mais de 500 mil quilômetros. O motor ele na verdade,tem 136 cavalos. Mas a Toyota botou um limitador para diminuir as emissões. Os 965 quilos ajudam também.Além do duplo comando na admissão e no escape.É bem estável. E esses 965 quilos + freios bem dimensionados dão a ele o carro que freia em menor espaço do segmento.
    Seus rivais tem motores MANCOS e barulhentos. Etios 1.5 consegue fazer 0 a 100 em 9,7 segundos Hatch e manual. Sedan 10. Outros nem sonham com isso. Sofrem em ultrapassagens. Vou nem falar nada. Motor com várias queixas de aquecimento e problemas na homocinética.
    O Etios é super equipado. A Toyota antes que era criticada por não instalar ESP no Corolla,agora VIROU O JOGO! O Etios tem ESP e assistente de partida em rampa em TODAS as versões. Os rivais nem SONHAM com isso ou só tem na versão top de linha. Tem 5 cintos de 3 pontos e 5 encostos de cabeças para todos os ocupantes. Tem Painel em TFT, Indicador de Economia de combustível,indicador de temperatura do motor,tem 562 litros no porta-malas, tem ajuste elétrico nos retrovisores(Virtus aspirado nem sonha com isso). Ainda consegue fazer boas médias de consumo sem ser nada manco. É muito silencioso. O Acabamento não é soft touch,mas é bem encaixado e tem borrachas na fixação. Tem um tecidinho onde apoia o corpo.Até o porta-malas tem acabamento,nenhuma lata ou parte da carroceria aparece.Tem muito isopor no estepe pra não fazer barulho. Algo raro no segmento.Enquanto na Honda temos um City que a Honda fala na revisão que é normal e ainda te cobra uma grana para tirar os grilos, e não resolve o problema em definitivo..
    Fiat e GM ainda usam blocos de ferro de 8 válvulas. Motores beberrões. Até a Dacia (Renault) um tempo também usava. As duas primeiras usam os mesmos blocos que usavam há 30 anos. Esse papo de “16 válvulas dá problema” Dá problema nada! A Maior parte dos carros premium usa motor assim desde os anos 80.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *